A osteoporose é sempre uma deficiência?


0

A osteoporose é uma condição de saúde óssea que aumenta a probabilidade de fraturas ósseas. A condição pode levar à incapacidade se sintomas, como dificuldade para caminhar, impedirem você de trabalhar ou de realizar os cuidados pessoais diários.

A osteoporose é um problema de saúde óssea e ocorre quando a perda de massa e densidade óssea causa o enfraquecimento dos ossos. A condição pode levar à fratura de ossos e causar sintomas como dor, dificuldade de movimento e postura curvada.

A osteoporose não é considerada uma deficiência por si só, mas quando a osteoporose causa sintomas ou complicações que afetam a vida cotidiana de uma pessoa, como fraturas ósseas repetidas ou dor crônica, pode levar à qualificação de incapacidade. As regras e requisitos exatos sobre deficiência variam de acordo com a agência, benefício e serviço.

O que é osteoporose?

A osteoporose é uma condição que afeta os ossos. Essa condição ocorre quando os ossos perdem massa e densidade, levando a uma alteração na força. À medida que a doença progride, os ossos enfraquecem ainda mais e o risco de fraturas aumenta.

As fraturas causadas pela osteoporose são mais comuns no quadril, nas vértebras espinhais e no punho.

A osteoporose é uma deficiência?

A osteoporose normalmente não atende aos padrões para ser qualificada como uma deficiência por si só. Se a osteoporose causou complicações, como fraturas repetidas que o impedem de realizar tarefas diárias, sua condição pode ser qualificada.

Por exemplo, se você sentir dor intensa ou dificuldade para caminhar como resultado de fraturas por osteoporose, poderá atender aos requisitos.

O que é uma deficiência?

A definição exata de deficiência depende da agência ou organização que supervisiona os benefícios ou serviços. A Administração da Segurança Social dos EUA define deficiência como uma condição que se prevê ser fatal ou durar pelo menos um ano e que impede uma pessoa de trabalhar.

Qualquer pessoa que pretenda obter benefícios por invalidez da Administração da Segurança Social, incluindo pessoas com osteoporose, terá de cumprir estes requisitos.

Quais são os sintomas da osteoporose?

A maioria das pessoas nos estágios iniciais da osteoporose não apresenta sintomas. É comum que a osteoporose passe despercebida até que um osso se quebre. Quando as pessoas têm osteoporose, as fraturas ósseas podem ser causadas por eventos menores que não causariam danos significativos a alguém sem essa condição. Esses eventos menores podem incluir:

  • caindo da altura de pé
  • flexão
  • levantando objetos
  • tosse

Quando a osteoporose causa fraturas na coluna, pode causar sintomas como dor nas costas, perda de altura, dificuldade para caminhar e curvatura anormal da coluna vertebral.

O que causa a osteoporose?

A osteoporose é causada pela perda de massa óssea e pelas alterações que a perda de massa óssea causa na estrutura do tecido ósseo.

Perder massa óssea é normal e acontece com todos. A velocidade de perda de massa óssea aumenta com o tempo e a capacidade do corpo de substituí-la diminui.

Quais são os fatores de risco para osteoporose?

Qualquer pessoa pode desenvolver osteoporose a qualquer momento. Embora a osteoporose seja por vezes considerada uma doença que afecta as mulheres, os homens – especialmente os de 70 anos de idade – também correm risco de contrair a doença.

Existem vários fatores conhecidos que tornam mais provável o desenvolvimento da osteoporose. Esses fatores incluem:

  • Idade: O risco de osteoporose aumenta com a idade.
  • Níveis hormonais: Níveis reduzidos de estrogênio estão associados a um risco aumentado de osteoporose.
  • História de família: É mais provável que você desenvolva osteoporose se alguém da sua família tiver a doença.
  • Corrida: Pesquisar demonstra que a osteoporose ocorre com mais frequência em populações brancas e em populações de ascendência asiática.
  • Tamanho do corpo: Pessoas com uma estrutura corporal menor têm maior risco de osteoporose.
  • Dieta: Dietas pobres em cálcio, vitamina D ou proteínas podem aumentar o risco de osteoporose.
  • Saúde geral: Existem muitas condições de saúde que aumentam o risco de desenvolver osteoporose, incluindo:
    • condições autoimunes
    • condições endócrinas
    • condições hormonais
    • condições gastrointestinais
    • muitos tipos de câncer
    • HIV
  • Medicamentos: Alguns medicamentos podem aumentar o risco de osteoporose. Esses medicamentos incluem:
    • medicamentos hormonais
    • medicamentos esteróides
    • medicamentos antiepilépticos
    • inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS)
    • inibidores da bomba de protões
    • alguns medicamentos para diabetes
  • Nível de atividade: Pessoas que praticam menos atividade física e exercícios correm maior risco de osteoporose.
  • Álcool: O uso pesado de álcool está associado a um risco aumentado de osteoporose.
  • Fumar: Os fumantes correm maior risco de desenvolver osteoporose.

Qual é o tratamento para a osteoporose?

Existem várias opções de tratamento para a osteoporose. Normalmente, os planos de tratamento dependem do risco de fratura nos próximos 10 anos. As opções de tratamento incluem:

  • Mudancas de estilo de vida: Melhorar os fatores de risco controláveis ​​e trabalhar para prevenir quedas costuma ser o primeiro passo no tratamento.
  • Medicamentos: Os medicamentos mais comuns para a osteoporose são usados ​​para retardar a perda óssea e pertencem a uma classe chamada “bifosfonatos”. Outras opções incluem medicamentos para construção óssea, como teriparatida, abaloparatida e romosozumab.
  • Terapia hormonal: A terapia hormonal costuma ser uma opção para a osteoporose. A terapia com estrogênio é mais comumente usada, mas os tratamentos podem variar.

Qual é a perspectiva para as pessoas que têm osteoporose?

A osteoporose é uma condição crônica. Não há cura para a osteoporose, mas os medicamentos podem ajudar a retardar a perda de massa óssea e reduzir o risco de fraturas.

Se um indivíduo tem uma doença subjacente que causa ou contribui para a osteoporose, o tratamento dessa condição melhora a densidade óssea.

Por exemplo, se um indivíduo tem doença celíaca e mantém uma dieta sem glúten, esse indivíduo retoma a absorção típica de cálcio e vitamina D assim que o trato gastrointestinal cicatriza, e a osteoporose pode melhorar.

Outro exemplo poderia ser a interrupção ou redução do uso de esteróides prescritos para outra condição. Se outra opção de tratamento for encontrada ou se a dose de esteróides for reduzida, a massa e a densidade óssea podem retornar a um equilíbrio saudável.

Perguntas frequentes

Você pode aprender mais sobre osteoporose e deficiência lendo as respostas a algumas perguntas comuns.

Você pode prevenir a osteoporose?

Não existe uma maneira garantida de prevenir a osteoporose, mas tomar algumas medidas pode reduzir o risco. As etapas incluem:

  • fazendo bastante exercício
  • comer uma dieta nutritiva
  • mantendo um peso moderado
  • não fumar ou parar se você já fuma
  • evitando beber muito

Como a osteoporose é diagnosticada?

A maneira mais comum de diagnosticar a osteoporose é um teste de densidade óssea. Este teste pode medir sua massa óssea e confirmar a osteoporose. Às vezes, também são realizados exames adicionais, como exames de imagem.

A osteoporose causa dor crônica?

A osteoporose pode causar dor crônica quando as fraturas ósseas não cicatrizam corretamente.

Remover

A osteoporose é uma condição de saúde óssea que pode causar fraturas, dor, dificuldade para caminhar e muito mais. Quando os sintomas ou complicações da osteoporose limitam as atividades diárias e impedem o autocuidado, às vezes isso pode ser classificado como uma deficiência.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *