Um exame de sangue pode detectar câncer de esôfago?


0

Os exames de sangue não podem confirmar o diagnóstico de câncer de esôfago, mas fazem parte do processo de diagnóstico. Testes adicionais, como tomografia computadorizada, endoscopia, deglutição de bário e biópsia, são necessários para confirmar o diagnóstico.

Os exames de sangue fazem parte do processo de diagnóstico do câncer de esôfago, mas não podem confirmar o diagnóstico. Em vez disso, os médicos normalmente usam exames de sangue para procurar sinais de progressão do câncer de esôfago.

Por exemplo, você pode fazer exames de sangue para verificar se a contagem de glóbulos vermelhos caiu ou se o fígado ainda está produzindo uma quantidade saudável de proteínas e enzimas.

Para confirmar um diagnóstico, você precisará de testes adicionais, como:

  • Tomografia computadorizada
  • Deglutição de bário
  • endoscopia
  • biópsia

Esses testes mostram a presença de um tumor. Assim que o médico confirmar seu diagnóstico, o tratamento poderá começar.

Continue lendo para aprender sobre os tipos de exames de sangue que os médicos usam para detectar o câncer de esôfago e os exames adicionais que eles usam para confirmar um diagnóstico.

Que tipos de exames de sangue são usados ​​para detectar a presença de câncer de esôfago?

Um exame de sangue por si só não é suficiente para detectar câncer de esôfago. No entanto, seu médico pode usar exames de sangue para verificar certos sinais e ajudar a confirmar um diagnóstico.

Os testes comuns solicitados incluem:

  • Hemograma completo (CBC): Um hemograma completo mede diferentes tipos de células, como glóbulos vermelhos ou brancos, no sangue. Isso pode ser feito porque o câncer de esôfago pode causar uma contagem baixa de glóbulos vermelhos.
  • Painel do fígado: Um painel do fígado analisa as enzimas, proteínas e outras substâncias que seu fígado está produzindo. Você pode fazer este teste se o seu médico suspeitar que o câncer de esôfago se espalhou para o fígado.

Quais testes adicionais são usados ​​para diagnosticar o câncer de esôfago?

Provavelmente, você precisará de vários testes para confirmar o diagnóstico de câncer de esôfago.

O processo começa com uma visita ao médico. Eles revisarão seus sintomas, histórico médico e histórico médico familiar. Em seguida, eles solicitarão exames para procurar câncer de esôfago.

Esses testes podem incluir:

  • Deglutição de bário: A ingestão de bário é uma radiografia especializada realizada após a ingestão de bário líquido. Ele permite que os médicos vejam o interior do seu esôfago.
  • Tomografia computadorizada: Uma tomografia computadorizada usa imagens de raios X para criar imagens 3D do esôfago e dos órgãos adjacentes.
  • ressonância magnética: Uma ressonância magnética usa campos magnéticos para criar imagens que permitem aos médicos visualizar o interior de órgãos e tecidos. Isso pode ajudá-los a observar de perto os tumores.
  • PET scan: Uma PET scan é uma tomografia computadorizada que envolve a injeção de um açúcar radioativo que destaca áreas do corpo que podem ser câncer nas imagens de tomografia computadorizada. Você pode fazer este teste se o seu médico suspeitar que o câncer se espalhou.
  • Endoscopia: A endoscopia é um exame que utiliza um tubo pequeno e fino denominado endoscópio, com luz e câmera em uma das extremidades. Este tubo é inserido no esôfago para que os médicos possam obter uma visão detalhada. As ferramentas cirúrgicas geralmente são anexadas ao endoscópio, portanto, uma biópsia pode ser realizada junto com a endoscopia.
  • Biópsia: Uma biópsia remove uma amostra de tecido tumoral para testá-la em laboratório em busca de células cancerígenas. Uma biópsia normalmente é necessária para fazer um diagnóstico final.
  • Endoscópio ultrassom (EUS): Uma EUS é feita anexando um ultrassom ao tubo do endoscópio. Este teste geralmente é feito para procurar câncer nos tecidos circundantes e nos gânglios linfáticos.
  • Teste genético: Às vezes, são feitos testes genéticos para procurar marcadores tumorais e biomarcadores, como mutações genéticas. Isso pode ajudar os médicos a criar o melhor plano de tratamento para você.

Quais são os primeiros sinais e sintomas de alerta do câncer de esôfago?

O esôfago nem sempre causa sintomas nos estágios iniciais. Quando isso acontece, o primeiro sintoma geralmente é dificuldade para engolir. Depois disso, os sintomas podem incluir:

  • dor no peito
  • perda de peso involuntária
  • rouquidão
  • tosse
  • vômito
  • fezes pretas (de sangramento no trato gastrointestinal)

O câncer de esôfago compartilha sintomas com muitas outras condições. No entanto, se sentir algum destes sintomas por mais de 1–2 semanas, é sempre melhor fazer um exame médico.

Como acontece com todos os tipos de câncer, o câncer de esôfago é mais tratável quando detectado precocemente.

O que causa o câncer de esôfago e quem está em risco?

A causa exata do câncer de esôfago é desconhecida. Acredita-se que esteja ligado a alterações genéticas e mutações. Às vezes, essas alterações podem ser herdadas. Outras vezes, outros fatores podem causá-los.

Alguns fatores de risco associados ao câncer de esôfago incluem:

  • sexo masculino
  • idade avançada (acima de 55 anos)
  • fumar ou usar produtos de tabaco
  • consumo pesado de álcool
  • sobrepeso ou obesidade
  • doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)
  • Esôfago de Barrett
  • acalasia
  • tilose
  • Síndrome de Plummer-Vinson
  • história de câncer de pulmão, boca ou garganta
  • Infecção por HPV
  • uma dieta rica em carnes processadas
  • estilo de vida inativo
  • lesão no esôfago

Remover

Um exame de sangue por si só não pode diagnosticar o câncer de esôfago, mas provavelmente você fará um exame de sangue durante o processo de diagnóstico.

Um exame de sangue pode verificar níveis baixos de glóbulos vermelhos ou danos ao fígado. Essas duas coisas podem acontecer quando o câncer de esôfago se espalha.

Além dos exames de sangue, você provavelmente fará exames como deglutição de bário, tomografia computadorizada e ressonância magnética, endoscopia, PET scan, biópsia e ultrassom endoscópico. Esses testes ajudam a confirmar seu diagnóstico para que você possa iniciar o tratamento.

Não há causa conhecida para o câncer de esôfago, mas certos fatores de risco, incluindo idade avançada, estilo de vida e saúde esofágica anterior, podem aumentar suas chances de desenvolver a doença.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *