Os suplementos de L-lisina funcionam para a psoríase? Aqui está o que a pesquisa diz


0

Nenhuma pesquisa específica apoia os suplementos de L-lisina como um tratamento eficaz para a psoríase. Mas seguir uma dieta balanceada, rica em nutrientes essenciais, como a lisina, pode ajudá-lo a controlar os sintomas e crises da psoríase.

O aminoácido lisina desempenha um papel essencial nos processos do corpo, como a absorção de cálcio e o crescimento ósseo e muscular. Mas como seu corpo não consegue produzir lisina sozinho, você precisa obtê-la por meio de alimentos ou suplementos.

Você pode ter encontrado algumas evidências anedóticas sugerindo que os suplementos de L-lisina podem aliviar os sintomas de doenças de pele como a psoríase. Mas os resultados da investigação ainda não apoiaram estas afirmações.

“Atualmente não há evidências científicas que sugiram que o consumo de L-lisina possa efetivamente ajudar a tratar a psoríase”, diz o dermatologista e cirurgião de pele com laser Dr. Cameron Rokhsar. Por esse motivo, ele não recomenda que pessoas com psoríase tomem suplementos de L-lisina para aliviar os sintomas.

Aqui está o que você deve saber sobre como tomar L-lisina para psoríase.

Quais são os benefícios da L-lisina?

O aminoácido lisina promove a saúde da pele, apoiando a produção de colágeno, o que ajuda a pele e os ossos a permanecerem saudáveis ​​e fortes. Também pode ajudar a apoiar a recuperação natural do seu corpo, acelerando o processo de cicatrização de feridas.

Devido a essas habilidades, pode ser lógico que os suplementos de L-lisina também possam ajudar com os sintomas da psoríase – e esta é certamente uma possibilidade.

No entanto, de acordo com Rokhsar, a investigação sobre a L-lisina como remédio para a psoríase continua limitada e são necessários mais estudos para determinar a sua eficácia e segurança.

Alguns evidência limitada sugere que suplementos de L-lisina podem ajudar a impedir a replicação de alguns vírus no corpo. Os pesquisadores acreditam que a lisina reduz a produção de arginina, outro aminoácido essencial para a multiplicação dos vírus.

Os pesquisadores descobriram uma forte ligação entre infecções virais ou fúngicas e surtos de psoríase. E embora a L-lisina não seja um medicamento antiviral, ainda pode ter o potencial de ajudar a retardar ou interromper o crescimento do vírus e prevenir indiretamente um surto de psoríase.

A L-lisina tem outros benefícios?

Outros benefícios sugeridos da L-lisina incluem:

  • ajudando a reduzir o risco de câncer
  • melhorando a saúde ocular
  • manter a pressão arterial saudável
  • aliviar a ansiedade que se desenvolve em resposta ao estresse
  • melhorar sua capacidade de absorver e reter cálcio

Mas, novamente, a investigação científica ainda não encontrou apoio conclusivo para estes benefícios nos seres humanos.

A pesquisa sobre L-lisina para psoríase permanece muito limitada

Um Estudo de caso de 2015 exploraram uma ligação potencial entre suplementos de L-lisina e sintomas de psoríase.

Os autores do estudo acompanharam uma mulher na faixa dos 30 anos com psoríase grave, pedindo-lhes que:

  • coma muitos vegetais e limite a carne
  • evite junk food e açúcar
  • tome vários suplementos nutricionais que incluem vitaminas B, vitamina C, L-lisina e prolina

Após 6 meses seguindo este regime, as manchas de psoríase foram completamente resolvidas.

Ainda assim, como a L-lisina não foi o único suplemento envolvido, nenhuma evidência conclusiva apoia os seus benefícios para a psoríase. Dito isto, pode valer a pena investigar mais detalhadamente os benefícios de uma dieta nutritiva suplementada com vitaminas essenciais.

Os pesquisadores também observaram que a vitamina C, a lisina e a prolina desempenham um papel importante na saúde do colágeno, que por sua vez apoia a saúde da sua pele.

Isto foi útil?

Como usar L-lisina

Embora Rokhsar não recomende tomar suplementos de L-lisina para aliviar os sintomas da psoríase, ele diz que adicionar mais alimentos ricos em lisina a uma dieta balanceada pode ser uma boa escolha quando você vive com psoríase.

Os alimentos ricos em lisina incluem:

  • carnes como carne bovina, frango e porco
  • peixes, principalmente bacalhau e sardinha
  • laticínios como queijo, iogurte e leite
  • leguminosas como lentilhas, grão de bico e soja

Adicionar alguns ou todos esses alimentos à sua dieta favorável à psoríase pode ajudar a reduzir os surtos de psoríase.

Ele também sugere comer grãos integrais, gorduras saudáveis ​​e muitas frutas e vegetais e limitar ou evitar alimentos que possam desencadear a psoríase.

Exemplos de alimentos desencadeantes podem incluir:

  • glúten
  • laticínio
  • vegetais de erva-moura
  • bebidas açucaradas e lanches
  • álcool

Dito isto, os desencadeantes da psoríase variam de pessoa para pessoa, pelo que estes alimentos e bebidas podem não afetar todas as pessoas da mesma forma.

Considerações de segurança

Se você optar por tomar suplementos de L-lisina, é aconselhável conversar primeiro com sua equipe de saúde para ter certeza de que eles não interferirão em quaisquer problemas de saúde existentes, medicamentos ou suplementos que você esteja tomando atualmente.

Por exemplo, a L-lisina pode afetar a capacidade do seu corpo de absorver cálcio, então você deve perguntar a um profissional de saúde sobre o uso de L-lisina se você tomar suplementos de cálcio.

Lembre-se também de que a Food and Drug Administration (FDA) não avalia a qualidade ou os ingredientes dos suplementos. Essa é outra razão pela qual é melhor consultar um profissional de saúde antes de tentar qualquer suplemento, especialmente se estiver grávida ou amamentando.

Embora você encontre L-lisina em muitos suplementos dietéticos, não há muitas informações de segurança sobre o consumo excessivo de L-lisina. Este suplemento parece bastante seguro para consumir em pequenas doses. Mas se você pegar quantidades maiores, você pode apresentar efeitos colateraiscomo:

  • diarréia
  • cólicas estomacais
  • náusea

Ao comprar suplementos, opte por produtos testados por terceiros com boas críticas que contenham quantidades seguras da vitamina ou mineral. Por exemplo, a L-lisina parece ser segura quando consumida em doses de até 300-500 mg por dia.

Obtenha mais dicas sobre como escolher suplementos de qualidade.

Outros suplementos para experimentar para a psoríase

Embora muitos suplementos possam oferecer alguns benefícios no tratamento da psoríase, Rokshar recomenda especificamente que as pessoas que vivem com psoríase considerem tomar:

  • vitamina D
  • Ácidos gordurosos de omega-3
  • probióticos

Um mais velho Revisão de 2014 de estudos que analisam os benefícios de certos suplementos para a psoríase observam que a vitamina D e os ácidos graxos ômega-3 têm mais evidências para apoiar seu uso. Um ensaio clínico de 2022 descobriu que pessoas com psoríase que tomaram um suplemento probiótico experimentaram um aumento significativo na qualidade de vida e uma diminuição na gravidade dos sintomas.

O resultado final

A L-lisina ajuda na cicatrização de feridas e na produção de colágeno, mas as evidências existentes não apoiam este suplemento como um tratamento eficaz para a psoríase.

Uma vez que as informações de segurança sobre a suplementação de L-lisina também permanecem limitadas, a opção mais segura pode residir em obter a sua dose deste aminoácido a partir de fontes alimentares como carne, laticínios, peixe ou legumes.

Uma dieta equilibrada e nutritiva, rica em vitaminas e minerais, pode ajudar a reduzir os surtos de psoríase.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *