O que é terapia do assoalho pélvico para constipação?


0

Exercícios destinados a fortalecer o assoalho pélvico podem ajudar a tratar alguns casos de constipação crônica.

A constipação crônica é um problema digestivo comum que pode afetar significativamente sua qualidade de vida.

Embora os tratamentos tradicionais muitas vezes se concentrem em medicamentos e estratégias de estilo de vida, há um interesse crescente em alternativas holísticas que exploram a capacidade inata de cura do seu corpo.

A terapia do assoalho pélvico emergiu como uma abordagem promissora para o controle da constipação, abordando os problemas musculares e funcionais subjacentes do assoalho pélvico.

O que é terapia do assoalho pélvico?

A terapia do assoalho pélvico, também conhecida como fisioterapia do assoalho pélvico, é uma forma especializada de fisioterapia focada nos músculos, ligamentos e tecidos conjuntivos da região pélvica.

Tem como objetivo abordar diversas condições e disfunções relacionadas ao assoalho pélvico, como dor pélvica, incontinência urinária, disfunção sexual e constipação crônica.

Durante a terapia do assoalho pélvico, um terapeuta treinado avaliará a condição dos músculos do assoalho pélvico e identificará quaisquer áreas de fraqueza, rigidez ou desequilíbrio. Eles então desenvolverão um plano de tratamento personalizado para resolver esses problemas.

O tratamento pode envolver exercícios para fortalecer ou relaxar os músculos do assoalho pélvico, técnicas manuais para liberar tensão ou melhorar a coordenação muscular, biofeedback para fornecer feedback em tempo real sobre a atividade muscular e educação sobre hábitos adequados da bexiga e do intestino.

A terapia do assoalho pélvico pode ajudar na constipação?

A terapia do assoalho pélvico pode ser benéfica se você estiver com prisão de ventre. Os músculos do assoalho pélvico desempenham um papel importante na função intestinal, incluindo o controle da passagem das fezes.

A terapia do assoalho pélvico pode ajudar a identificar e tratar quaisquer desequilíbrios, tensões ou fraquezas nos músculos do assoalho pélvico que possam estar contribuindo para a constipação.

Através de exercícios direcionados, técnicas de relaxamento e outras abordagens terapêuticas, a terapia do assoalho pélvico pode ajudar a melhorar a função intestinal, aliviar a constipação e promover a saúde pélvica geral.

Sintomas de constipação

Os sintomas comuns de constipação incluem:

  • evacuações infrequentes (menos de três evacuações por semana)
  • forçando
  • fezes duras ou irregulares
  • evacuação incompleta (sensação de que não esvaziou completamente os intestinos após evacuar)
  • desconforto abdominal
  • uma sensação de bloqueio retal

A constipação é um sintoma de assoalho pélvico fraco?

A pesquisa sugere que a disfunção do assoalho pélvico, que pode incluir fraqueza pélvica, afeta a constipação crônica e a capacidade de defecar.

A disfunção do assoalho pélvico é uma condição na qual os músculos e tecidos do assoalho pélvico, que sustentam os órgãos da pélvis, não funcionam adequadamente.

O enfraquecimento ou comprometimento desses músculos pode levar a dificuldades na coordenação e relaxamento dos músculos do assoalho pélvico durante as evacuações. Isso pode resultar no esvaziamento incompleto dos intestinos e contribuir para a constipação.

No entanto, a constipação nem sempre é um sintoma de assoalho pélvico fraco. Os seguintes fatores também contribuem para a constipação:

  • perturbações no seu microbioma intestinal
  • certos medicamentos ou suplementos, como analgésicos opioides e suplementos de ferro
  • distúrbios sensório-motores do cólon (problemas de movimento e sensação no cólon)
  • consumo inadequado de calorias ou fibras
  • problemas estruturais em seu trato digestivo

Existe fisioterapia para constipação?

A fisioterapia do assoalho pélvico é uma forma especializada de terapia que se concentra no tratamento da disfunção do assoalho pélvico, que pode contribuir para a constipação. A fisioterapia do assoalho pélvico envolve avaliar e tratar quaisquer problemas nos músculos, ligamentos e tecidos conjuntivos da região pélvica.

Ao abordar os problemas subjacentes do assoalho pélvico, a fisioterapia pode ajudar a aliviar os sintomas da constipação e promover um melhor funcionamento intestinal.

Exercícios caseiros de terapia do assoalho pélvico para constipação

Aqui estão alguns exercícios caseiros para o assoalho pélvico que podem ajudar com a constipação:

  • Exercícios de Kegel: Contraia e segure os músculos do assoalho pélvico por alguns segundos e depois solte. Repita esse padrão de contração e relaxamento várias vezes.
  • Exercícios de agachamento: Fique em pé com os pés afastados na largura dos ombros e abaixe-se lentamente até a posição de cócoras. Você pode usar uma cadeira como apoio, se necessário. O agachamento ajuda a relaxar e abrir a região pélvica, o que pode ajudar na evacuação.
  • Inclinações pélvicas: Deite-se de costas com os joelhos dobrados e os pés apoiados no chão. Incline suavemente a pélvis para cima, pressionando a parte inferior das costas no chão. Segure por alguns segundos e depois solte.

Você também pode tentar a respiração diafragmática para melhorar a coordenação e diminuir o esforço.

Para realizar a respiração diafragmática, relaxe em uma posição confortável, deitado ou sentado. Coloque uma mão na barriga e a outra no peito e inspire pelo nariz. Seu estômago deve se expandir enquanto seu peito permanece imóvel. Inspire contando de 2 a 3 e expire lentamente. Repita.

Massagem pélvica para aliviar a constipação

A massagem pélvica, também conhecida como massagem abdominal ou manipulação visceral, é uma técnica terapêutica que envolve uma manipulação suave da região abdominal e pélvica. Tem como objetivo liberar tensão, melhorar a circulação e promover o bom funcionamento dos órgãos da região pélvica.

Alguns evidência sugere que a massagem, especialmente a massagem abdominal “ILU”, pode ter um efeito positivo na constipação crônica e pode potencialmente melhorar os sintomas. No entanto, ainda há controvérsia em torno da sua eficácia e segurança, e mais pesquisas estão sendo conduzidas atualmente.

Resultado final

A terapia do assoalho pélvico oferece uma abordagem natural e não farmacológica para tratar a constipação. Ele se concentra em melhorar a função e a coordenação dos músculos do assoalho pélvico, que desempenham um papel vital nos movimentos intestinais.

Através de abordagens como exercícios, técnicas de relaxamento e biofeedback, a terapia do assoalho pélvico visa restaurar a função muscular ideal e promover movimentos intestinais regulares e confortáveis, sem depender de medicamentos ou procedimentos invasivos.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *