O que são estimuladores ósseos e eles funcionam?


0

A estimulação elétrica é uma terapia alternativa que tem crescido em popularidade nos últimos anos, especificamente para a cicatrização óssea. Dispositivos como estimuladores ósseos são frequentemente usados ​​para fraturas que não cicatrizam por conta própria. Esses tipos de fraturas são chamados de "não-uniões".

No entanto, ainda está em debate se os estimuladores ósseos são eficazes no tratamento dessas fraturas não cicatrizantes.

Continue lendo para saber mais sobre os estimuladores ósseos, como eles funcionam e o que a pesquisa diz sobre sua eficácia.

Como funcionam os estimuladores ósseos?

Os estimuladores ósseos são dispositivos que atuam como uma fonte de corrente constante. Eles normalmente consistem em um ânodo e um ou mais cátodos. O dispositivo é projetado para gerar uma corrente elétrica, que deve estimular o crescimento ósseo ao redor de seu cátodo ou cátodos.

Embora não seja completamente compreendido como o crescimento ósseo é estimulado, várias experiências sugeriram que esses dispositivos podem ajudar no processo de cicatrização. Também se pensa que esses dispositivos podem ser particularmente eficazes para curar não-sindicatos.

Se você e seu médico decidirem sobre esse método de tratamento não cirúrgico, o estimulador será colocado em sua pele perto de onde a não união se encontra, de 20 minutos a várias horas diárias.

O seu médico também pode recomendar que você aumente sua ingestão diária ou aumente sua ingestão diária de vitamina D, vitamina C e cálcio durante o processo de tratamento.Isso pode incentivar os ossos a produzir células novas e saudáveis ​​para ajudar no processo de cicatrização.

Para que são utilizados os estimuladores ósseos?

Os estimuladores ósseos costumam ser usados ​​para tratar não-uniões, que são ossos quebrados que não curam. Nonunions podem ocorrer quando há falta de estabilidade, fluxo sanguíneo ou ambos. As infecções também são causa de não sindicatos, principalmente após a cirurgia.

Um estimulador ósseo fornece ondas eletromagnéticas ultrassônicas ou pulsadas ao local da não união para estimular a cicatrização.

Os estimuladores ósseos são eficazes?

A eficácia dos estimuladores ósseos na cicatrização de fraturas ósseas permanece incerta. Pesquisadores tiveram resultados mistos para determinar se esses dispositivos podem afetar a microestrutura óssea e ajudar a curar fraturas.

UMA Revisão de estudos de 2016 descobriram que os pacientes tratados com estimulação elétrica experimentaram menos dor e taxas mais baixas de não união persistente.

No entanto, um Revisão de 2008 de ensaios clínicos randomizados mostraram que a dor foi reduzida apenas em 1 dos 4 estudos estudados, e a estimulação elétrica não teve efeito significativo na cicatrização óssea.

Como o tratamento com estimulação elétrica não tem efeitos colaterais, os pesquisadores concordam que são necessárias mais pesquisas sobre seu uso e eficácia.

Quanto custa isso?

Se um médico prescreveu estimulação óssea para ajudar a curar sua fratura óssea, consulte seu provedor de seguros para garantir que ela esteja coberta. Se você não tiver seguro, pergunte ao seu médico quanto custará esse tratamento.

Em um estudo de 2018, os pacientes que receberam estimuladores ósseos após procedimentos cirúrgicos tiveram custos mais altos, em média.

No entanto, pesquisas recentes mostraram que a estimulação elétrica do crescimento ósseo está ligada a custos mais baixos de assistência médica, quando comparada à estimulação por ultrassom pulsado de baixa intensidade ou a outras opções de tratamento sem estimulação.

Os estimuladores ósseos são seguros?

Até o momento, não é conhecido que os estimuladores de crescimento ósseo induzam efeitos colaterais adversos nas pessoas. No entanto, a Podiatry Today adverte que os estimuladores ósseos não devem ser usados ​​nos seguintes casos:

  • onde o espaço da fratura é maior que 50% do diâmetro do osso
  • onde a pseudoartrose (articulação falsa) se desenvolveu
  • quando materiais magnéticos foram usados ​​para estabilizar o osso
  • em mulheres grávidas
  • em pessoas com distúrbio do crescimento (imaturidade esquelética)
  • em pessoas com marcapassos ou desfibriladores (sem consultar um cardiologista)

Que outros métodos podem ajudar a curar não-sindicatos?

Além de uma dieta equilibrada e cheia de proteínas, cálcio, vitaminas C e D, o médico pode sugerir outros métodos para curar uma não união, incluindo um enxerto ósseo cirúrgico e / ou fixação interna ou externa.

Enxerto ósseo cirúrgico

Se métodos não cirúrgicos, como a estimulação óssea, não estiverem funcionando, pode ser necessário um enxerto ósseo. Os enxertos ósseos fornecem células ósseas frescas para a não união e estimulam a cura.

Esse procedimento funciona fornecendo um andaime no qual um novo osso pode crescer. Durante a cirurgia, um pedaço de osso de uma área diferente do corpo (ou de um cadáver) é colhido e depois transplantado para o local da não união. A borda da pelve é mais frequentemente usada para este processo.

Uma fixação interna ou externa (descrita abaixo) geralmente faz parte de um procedimento cirúrgico de enxerto ósseo.

Fixação cirúrgica interna ou externa

Fixações internas ou externas também podem ser usadas para curar uma não união.

  • Fixação interna envolve prender placas de metal e parafusos na parte externa do osso ou colocar uma unha no canal interno do osso para estabilizar a não união.
  • Fixação externa usa uma estrutura rígida presa à parte externa do braço ou perna lesionada, usando fios ou pinos. O objetivo final é reduzir a instabilidade.

A fixação externa tende a não ter estabilidade e é normalmente usada como uma maneira rápida e intermediária de estabilizar um osso quebrado logo após uma lesão, até que a fixação interna possa ocorrer.

Principais tópicos

Cada não união é diferente, o que significa que seu médico pode explorar uma ampla gama de opções de tratamento com você antes de explorar a estimulação óssea. O custo dos dispositivos de estimulação óssea também pode variar, o que pode afetar sua decisão de decidir sobre essa forma de tratamento.

Os estimuladores ósseos são uma opção inovadora e não cirúrgica, mas os pesquisadores concordam que são necessárias mais pesquisas para determinar sua eficácia. Em última análise, isso pode desempenhar um papel no método de tratamento que você e seu médico decidem usar.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format