Elon Musk encontra Netanyahu durante visita a Israel


0

O bilionário da tecnologia expressou apoio à guerra de Israel contra o Hamas enquanto enfrenta acusações de anti-semitismo.

O empresário de tecnologia Elon Musk.
Empreendedor de tecnologia Elon Musk [Andrew Kelly/Reuters]

O bilionário da tecnologia Elon Musk encontrou-se com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, visitando um kibutz alvo de homens armados palestinos durante um ataque em 7 de outubro e expressando apoio à guerra de Israel contra o Hamas na Faixa de Gaza.

A visita ocorre em meio a um período de controvérsia para Musk, que recentemente provocou indignação ao chamar uma postagem antissemita nas redes sociais – uma que promove a teoria da conspiração de que os brancos no Ocidente estão sendo “substituídos” através da imigração do Sul Global com a ajuda dos judeus progressistas – “a verdade real”.

Depois de visitar o dizimado kibutz de Kfar Aza com Netanyahu, Musk disse numa conversa com o primeiro-ministro no X Spaces que foi “chocante ver a cena do massacre” e que Israel “não tem escolha” senão eliminar o Hamas.

A viagem ocorre no quarto dia de uma trégua em curso entre Israel e o Hamas, durante a qual Israel recupera dezenas de cativos em troca da libertação de prisioneiros palestinos.

Musk também deverá se reunir com o presidente israelense, Isaac Herzog, cujo gabinete afirmou em comunicado que a reunião destacaria “a necessidade de agir para combater o crescente anti-semitismo online”.

Durante o mandato de Musk, os críticos disseram que a plataforma de mídia social X, anteriormente conhecida como Twitter, viu uma proliferação de discurso de ódio e conteúdo anti-semitismo, e várias empresas suspenderam a publicidade na plataforma depois que um relatório acusou X de veicular seus anúncios ao lado conteúdo de neonazistas e nacionalistas brancos.

A X Corp está atualmente processando a organização sem fins lucrativos Media Matters, alegando que afastou os anunciantes ao retratar o site como repleto de conteúdo antissemita.

Musk também ameaçou abrir um processo contra a Liga Antidifamação (ADL), um grupo de defesa dos judeus, por suas alegações de que o discurso problemático e racista aumentou no site desde que ele concluiu sua aquisição por US$ 44 bilhões.

Quando Musk chegou, Israel anunciou que havia chegado a um acordo “em princípio” para usar o canal de comunicações Starlink da SpaceX em Gaza, onde Musk havia sugerido anteriormente que poderia ser utilizado para melhorar as comunicações.

O acordo marcou uma grande mudança para Israel, cujo ministro das comunicações rejeitou anteriormente a ideia de abrir o Starlink a Gaza porque disse que o Hamas o usaria para “atividades terroristas”.

Mas na segunda-feira, o Ministro das Comunicações de Israel, Shlomo Karhi, anunciou que Israel havia chegado a um acordo de princípio segundo o qual “as unidades de satélite Starlink só podem ser operadas em Israel com a aprovação do Ministério das Comunicações de Israel, incluindo a Faixa de Gaza”.

Em postagem X dirigida a Musk, Karhi disse esperar que a visita do empresário a Israel “serve de trampolim para empreendimentos futuros, bem como melhore seu relacionamento com o povo judeu e os valores que compartilhamos com o mundo inteiro”.

X tem sido uma fonte importante de informação e debate sobre a guerra de Gaza, com funcionários do governo, bem como utilizadores pró-Israel e pró-Palestina, a partilhar conteúdo. No entanto, os críticos dizem que também amplificou a desinformação, as teorias da conspiração e o conteúdo de ódio, incluindo o anti-semitismo, durante o conflito.

Após a eclosão da guerra em Gaza, em 7 de Outubro, os incidentes de anti-semitismo nos Estados Unidos aumentaram quase 400 por cento em relação ao período do ano anterior, de acordo com a ADL.

O Conselho de Relações Americano-Islâmicas relatou um aumento de 216 por cento nos incidentes islamofóbicos e anti-árabes entre 7 de Outubro e 4 de Novembro.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *