Ben-Gvir ataca a supermodelo Bella Hadid por causa dos direitos palestinos


0

Hadid criticou os comentários do ministro de extrema direita, que disse que os direitos israelenses superam a liberdade de movimento palestina.

Bella Hadid
A supermodelo Hadid, cujo pai é palestino e tem defendido abertamente os direitos palestinos, tem cerca de 60 milhões de seguidores no Instagram [Eric Gaillard/Reuters]

O ministro da segurança nacional de extrema direita de Israel discutiu com a supermodelo norte-americana Bella Hadid por causa de comentários esta semana que os palestinos condenaram como racistas.

Numa entrevista ao N12 News na quarta-feira, Itamar Ben-Gvir disse que o direito à vida e à circulação dos colonos em colonatos ilegais na Cisjordânia ocupada superou o direito à circulação dos palestinianos.

Os palestinianos há muito que protestam contra as restrições de viagem, incluindo postos de controlo, que lhes são impostas por Israel na Cisjordânia ocupada, uma área onde exercem um autogoverno limitado.

Ben-Gvir, que vive no assentamento judaico de Kiryat Arba, perto da cidade de Hebron, na Cisjordânia, disse na entrevista que as restrições eram necessárias para proteger a segurança de sua família.

“O meu direito, o direito da minha esposa, o direito dos meus filhos de viajar nas estradas da Judeia e Samaria é mais importante do que o direito de movimento dos árabes”, disse ele, referindo-se à Cisjordânia pelo seu nome hebraico bíblico.

A supermodelo Bella Hadid, cujo pai é palestino e tem defendido abertamente os direitos palestinos, criticou o comentário de Ben-Gvir no Instagram, onde tem cerca de 60 milhões de seguidores.

“Em nenhum lugar, em nenhum momento, especialmente em 2023, uma vida deveria ser mais valiosa do que outra. Especialmente simplesmente por causa da sua etnia, cultura ou ódio puro”, escreveu ela num post na quinta-feira.

Ela também postou um vídeo do principal grupo de direitos humanos israelense, B’Tselem, mostrando soldados israelenses em Hebron dizendo a um residente que os palestinos não estão autorizados a andar em uma determinada rua porque ela é reservada para judeus. “Isso lembra alguém de alguma coisa?” ela escreveu.

Ben-Gvir respondeu em um comunicado na sexta-feira, chamando Hadid de “odiador de Israel” e disse que compartilhou apenas um segmento da entrevista em sua conta nas redes sociais para retratá-lo como racista.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros palestiniano condenou na quinta-feira a observação de Ben-Gvir como “racista e hedionda” e disse que “apenas confirma o regime de apartheid de supremacia judaica de Israel”.

A comunidade internacional, juntamente com os palestinianos, considera ilegal a construção de colonatos. Mais de 700 mil israelitas vivem na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém Oriental – territórios capturados por Israel em 1967 e procurados pelos líderes palestinianos para um futuro Estado.

Os palestinianos em Hebron, onde os colonatos judaicos ocupam uma proporção significativa do centro da cidade, são particularmente vulneráveis ​​à violência dos colonos patrocinada pelo Estado, bem como à vigilância israelita.

Os ataques dos colonos contra os palestinos e as suas propriedades também são uma ocorrência regular.

Israel rejeitou quaisquer sugestões de que mantém um sistema de apartheid sobre os palestinianos, apesar de relatos de organizações de direitos humanos líderes – incluindo a Human Rights Watch e a Amnistia Internacional – de outra forma.

A Cisjordânia tem sido abalada pela violência desde o início do ano passado, especialmente com repetidos ataques mortais do exército.

De acordo com as Nações Unidas, mais de 200 palestinos foram mortos este ano, o maior número de mortes desde 2005.

Ben-Gvir, membro da coligação de extrema-direita do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, foi condenado no passado por incitar ao racismo e por apoiar uma organização terrorista.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *