Parlamento do Gana aprova lei anti-LGBTQ


0

Os ativistas dos direitos humanos condenam a lei que puniria as pessoas LGBTQ, bem como aqueles que promovem os direitos dos homossexuais, com anos de prisão.

Um casal do mesmo sexo em Gana
Um casal do mesmo sexo se reúne durante uma discussão sobre os direitos LGBTQ em Accra, Gana [File: Francis Kokoroko/Reuters]

O parlamento do Gana votou a favor da aprovação de um polémico projeto de lei para restringir severamente os direitos LGBTQ, numa medida que foi condenada por ativistas de direitos humanos.

Uma coligação de líderes religiosos e tradicionais patrocinou a legislação que é favorecida pela maioria dos legisladores e que foi aprovada no parlamento na quarta-feira.

O projeto de lei puniria aqueles que participam em atos sexuais LGBTQ, bem como aqueles que promovem os direitos de gays, lésbicas ou outras identidades sexuais ou de género não convencionais, com pena de prisão.

O projecto de lei, um dos mais duros do género em África, ainda tem de ser validado pelo presidente antes de entrar em lei, o que os observadores acreditam ser improvável antes das eleições gerais em Dezembro.

Grupos de activistas consideraram a lei “Direitos Sexuais Humanos e Valores Familiares” um revés para os direitos humanos e instaram o governo do Presidente Nana Akufo-Addo a rejeitá-la.

Mas a legislação é amplamente apoiada no Gana, onde Akufo-Addo afirmou que o casamento homossexual nunca será permitido enquanto estiver no poder.

Comumente referido como o projeto de lei anti-gay, recebeu o patrocínio de uma coligação composta por líderes tradicionais cristãos, muçulmanos e ganenses, encontrando apoio substancial entre os membros do Parlamento.

O sexo gay já é ilegal no país religioso da África Ocidental, mas embora a discriminação contra as pessoas LGBTQ seja comum, ninguém alguma vez foi processado ao abrigo da lei da era colonial.

De acordo com as disposições do projeto de lei, aqueles que participarem de atos sexuais LGBTQ podem enfrentar pena de prisão que varia de seis meses a três anos.

O projeto também impõe pena de prisão de três a cinco anos para “promoção, patrocínio ou apoio intencional de atividades LGBTQ+”.

Parlamentares e membros do público ouvem o presidente do Gana, Nana Akufo-Addo, proferir o seu discurso anual sobre o estado da nação ao parlamento em Accra, Gana
Parlamentares e membros do público ouvem o presidente do Gana, Nana Akufo-Addo, fazer o seu discurso anual sobre o estado da nação ao parlamento em Accra, Gana, em 30 de março de 2022 [Francis Kokoroko/Reuters]

‘Viola os direitos humanos’

Uma coligação de direitos humanos conhecida como Big 18, um grupo guarda-chuva de advogados e activistas no Gana, condenou o projecto de lei.

“Não se pode criminalizar a identidade de uma pessoa e é isso que o projeto de lei faz e é absolutamente errado”, disse Takyiwaa Manuh, membro da coligação.

“Queremos convencer o presidente a não concordar com o projeto de lei, pois ele viola totalmente os direitos humanos da comunidade LGBT”, disse Manuh à agência de notícias AFP.

O legislador da oposição Sam George, o principal patrocinador do projeto de lei, apelou a Akufo-Addo para o aprovar.

“Não há nada que lide melhor com LGBTQ do que este projeto de lei que foi aprovado pelo parlamento. Esperamos que o presidente cumpra o que diz e seja um homem de palavras”, disse George.

Os membros da comunidade LGBTQ do Gana estão preocupados com as implicações do projeto de lei.

O fundador e diretor da organização LGBT+ Rights Ghana, Alex Donkor, disse: “A aprovação deste projeto de lei marginalizará e colocará ainda mais em perigo os indivíduos LGBTQ em Gana”.

“Não só legaliza a discriminação, mas também promove um ambiente de medo e perseguição”, disse ele.

“Com penalidades severas tanto para indivíduos quanto para ativistas LGBTQ, este projeto de lei ameaça a segurança e o bem-estar de uma comunidade já vulnerável.”


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *