Ataque de míssil russo em Odesa mata um e danifica catedral


0

Autoridades ucranianas dizem que o ataque aéreo feriu 22 pessoas, incluindo várias crianças, e danificou gravemente a maior catedral de Odesa.

Pessoas caminham dentro da Catedral da Transfiguração de Odesa, fortemente danificada em um ataque de míssil russo em Odesa, Ucrânia, domingo, 23 de julho de 2023.
Pessoas dentro da Catedral da Transfiguração de Odesa, fortemente danificada em um ataque de míssil russo em Odesa, Ucrânia, 23 de julho de 2023 [Libkos/AP Photo]

Um ataque com mísseis russos na cidade portuária ucraniana de Odesa matou pelo menos uma pessoa, feriu 22 e danificou gravemente uma catedral ortodoxa, segundo autoridades.

Oleg Kiper, governador de Odesa, disse no aplicativo de mensagens Telegram que os feridos no ataque aéreo de domingo incluíam várias crianças.

“Odesa, outro ataque noturno dos monstros”, disse ele.

“Catorze pessoas foram internadas nos hospitais da cidade, três delas eram crianças”, disse ele.

O ataque também destruiu seis casas e prédios de apartamentos, acrescentou.

A Rússia tem atacado Odesa e outras instalações de exportação de alimentos ucranianos quase diariamente na semana passada, depois que se retirou de um acordo de corredor marítimo mediado pelas Nações Unidas que permitia o embarque seguro de grãos ucranianos.

A Força Aérea da Ucrânia disse no Telegram no domingo que a Rússia lançou mísseis Onyx de alta precisão e mísseis de cruzeiro Kalibr mar-terra em Odesa.

A administração militar da cidade disse que os sistemas de defesa aérea destruíram uma “parte significativa” dos mísseis, que, segundo eles, incluíam mísseis balísticos Iskander.

Acrescentou que a Catedral Spaso-Preobrazhenskyi da Igreja Ortodoxa Ucraniana (UOC), ligada a Moscou, foi severamente danificada.

“O ícone Kasperovska da Mãe de Deus, que é a padroeira de Odesa, foi recuperado sob os escombros”, disse o governo em seu canal Telegram.

A Catedral Spaso-Preobrazhenskyi, ou a Catedral da Transfiguração, é a maior igreja ortodoxa de Odesa. Foi consagrado em 1809.

Fotos e vídeos publicados por funcionários da Odesa e pela polícia mostraram partes do prédio destruídas e escombros por dentro, com vários ícones alinhados no chão.

Em um vídeo, um homem angustiado é visto entrando na catedral escura, repetindo: “A igreja não existe mais… Senhor, tenha piedade”.

A Al Jazeera não pôde verificar imediatamente os vídeos ou relatos dos danos.

A UOC é a segunda maior igreja da Ucrânia, embora a maioria dos crentes ortodoxos ucranianos pertença a um ramo separado da fé formado há quatro anos pela união de ramos independentes da autoridade russa.

A Ucrânia acusou a UOC de manter ligações com a pró-invasão Igreja Ortodoxa Russa, que costumava ser sua igreja matriz, mas com a qual a UOC diz ter rompido relações em maio do ano passado.

Não houve comentários imediatos da Rússia.

A Rússia descreveu seus recentes ataques como vingança por um ataque ucraniano em uma ponte construída pelos russos para a Crimeia – a península ucraniana do Mar Negro que a Rússia tomou em 2014.

Acusou a Ucrânia de usar o corredor marítimo para lançar “ataques terroristas”.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *