AGNU exige cessar-fogo na guerra de Israel em Gaza: como o seu país votou


0

A resolução simbólica e não vinculativa foi aprovada com 153 votos a favor, 10 contra e 23 abstenções.

Membros da AGNU votam uma resolução não vinculativa na sede da ONU em Nova York
Os membros da AGNU votam uma resolução não vinculativa exigindo “um cessar-fogo humanitário imediato” em Gaza, na sede da ONU em Nova Iorque, 12 de dezembro. [Anglea Weiss/AFP]

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou uma resolução simbólica e não vinculativa para exigir um “cessar-fogo humanitário imediato” em Gaza, com os Estados Unidos e Israel a votarem contra, mas um número esmagador de Estados-membros a favor do fim da guerra israelita- Conflito Palestino.

Um total de 153 países votaram a favor da resolução na terça-feira, 10 países votaram contra, enquanto 23 se abstiveram.

Embaixadores e outros diplomatas explodiram em aplausos durante a contagem dos votos, que mostrou um apoio muito maior do que uma resolução de 27 de Outubro, patrocinada pelos árabes, que apelava a uma “trégua humanitária”. Nessa altura, 121 países votaram a favor, 14 contra e 44 abstiveram-se – o Iraque, alegando dificuldades técnicas, alterou o seu voto para sim depois de a contagem ter sido registada.

Aqui está um resumo de como cada país votou:

Para (153):

R: Afeganistão, Albânia, Argélia, Andorra, Angola, Antígua e Barbuda, Arménia, Austrália, Azerbaijão

B: Bahamas, Bahrein, Bangladesh, Barbados, Bielorrússia, Bélgica, Belize, Benin, Butão, Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Botsuana, Brasil, Brunei, Burundi

C: Camboja, Canadá, República Centro-Africana, Chade, Chile, China, Colômbia, Comores, Costa Rica, Costa do Marfim, Croácia, Cuba, Chipre

D: República Popular Democrática da Coreia (Coreia do Norte), República Democrática do Congo, Dinamarca, Djibuti, Dominica, República Dominicana

E: Timor Leste, Equador, Egito, El Salvador, Eritreia, Estônia, Etiópia

F: Fiji, Finlândia, França

G: Gabão, Gâmbia, Gana, Grécia, Granada, Guiné, Guiné-Bissau, Guiana

H: Honduras

I: Islândia, Índia, Indonésia, Irão, Iraque, Irlanda

J: Jamaica, Japão, Jordânia

K: Cazaquistão, Quênia, Kuwait, Quirguistão

L: Laos, Letónia, Líbano, Lesoto, Líbia, Liechtenstein, Luxemburgo

M: Madagascar, Malásia, Maldivas, Mali, Malta, Mauritânia, Maurício, México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montenegro, Marrocos, Moçambique, Mianmar

N: Namíbia, Nepal, Nova Zelândia, Nicarágua, Níger, Nigéria, Macedônia do Norte, Noruega

Ó: Omã

P: Paquistão, Peru, Filipinas, Polónia, Portugal

P: Catar

R: República da Coreia (Coreia do Sul), Rússia, Ruanda, República do Congo

S: São Cristóvão e Nevis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Samoa, São Marino, Arábia Saudita, Senegal, Sérvia, Seicheles, Serra Leoa, Singapura, Eslovénia, Ilhas Salomão, Somália, África do Sul, Espanha, Sri Lanka, Sudão, Suriname, Suécia, Suíça, Síria

T: Tajiquistão, Tailândia, Trinidad e Tobago, Tunísia, Tuvalu, Turquia

U: Uganda, Emirados Árabes Unidos, República Unida da Tanzânia, Uzbequistão

V: Vanuatu, Vietnã

Y: Iêmen

Z: Zâmbia, Zimbábue

INTERATIVO - Votação da AGNU exige cessar-fogo imediato-1702442981

Contra (10):

R: Áustria

C: República Tcheca

G: Guatemala

Eu: Israel

L: Libéria

M: Micronésia

N: Nauru

P: Papua Nova Guiné, Paraguai

U: Estados Unidos

Abstenção (23):

R: Argentina

B: Bulgária

C: Cabo Verde, Camarões

E: Guiné Equatorial

G: Geórgia, Alemanha

H: Hungria

Eu: Itália

L: Lituânia

M: Malawi, Ilhas Marshall

N: Holanda

P: Palau, Panamá

R: Romênia

S: Eslováquia, Sudão do Sul

T: Togo, Tonga

U: Ucrânia, Reino Unido, Uruguai

Que mudaram seu voto desde 27 de outubro

R: A Albânia e a Austrália abstiveram-se, mas votaram sim na terça-feira. A Argentina votou a favor, mas se absteve.

B: Benin e Burundi não votaram em Outubro, mas votaram a favor.

C: Canadá e Chipre já se abstiveram, mas votaram sim. A Croácia votou sim, depois de ter votado contra em Outubro. O Camboja não votou em outubro, mas votou sim.

D: A Dinamarca já se absteve, mas votou sim.

E: A Estónia e a Etiópia já se tinham abstido, mas votaram sim. A Guiné Equatorial absteve-se, anteriormente votada a favor.

F: Fiji votou contra anteriormente, mas votou a favor. A Finlândia já se tinha abstido, mas votou sim.

G: A Grécia já se absteve, mas votou sim

H: A Hungria absteve-se depois de ter votado não em Outubro. O Haiti não votou e absteve-se anteriormente.

I: Islândia e Índia abstiveram-se em Outubro, mas votaram sim.

J: O Japão se absteve anteriormente, mas votou sim. A Jamaica não votou em outubro, mas votou sim na terça-feira.

K: Kiribati não votou, absteve-se anteriormente.

L: A Letónia absteve-se anteriormente, mas votou sim. A Libéria votou contra, depois de não ter votado em Outubro.

M: Mônaco e Moldávia se abstiveram anteriormente, mas votaram sim. O Malawi votou a favor em Outubro, mas absteve-se. As Ilhas Marshall se abstiveram após votar anteriormente não.

N: Nod da Macedónia do Norte, que se absteve em Outubro.

P: Filipinas e Polónia abstiveram-se, mas votaram a favor.

R: Ruanda e República do Congo votaram sim, depois de não votarem em outubro.

S: San Marino, Sérvia e Suécia já se abstiveram, mas votaram sim. Samoa, Seicheles não votou em outubro, mas votou sim na terça-feira.

T: Tunísia, Tuvalu já se abstiveram, mas votaram sim. Tonga absteve-se depois de ter votado anteriormente contra.

V: Vanuatu se absteve anteriormente, mas votou sim.

Z: A Zâmbia absteve-se anteriormente, mas votou sim.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *