Efeitos colaterais da depilação a laser. Você deve estar ciente dos 5 melhores produtos Veet que você precisa experimentar em 2019 10 melhores sabonetes de depilação a serem experimentados hoje 9 maneiras eficazes de remover pêlos faciais brancos Os melhores sprays de remoção de cabelo – nossos 10 principais


0

Efeitos colaterais da depilação a laser, dos quais você deve estar ciente

Imagine nunca mais ter que se preocupar com a barba por fazer nos braços e nas pernas. Você nunca teria que se preocupar com os pêlos encravados ou a dolorosa experiência de depilação que teve no outro dia. Mais importante, não há mais cortes de navalha! Parece um sonho? Bem, a depilação a laser pode transformar esse sonho em realidade.

Mas espere! Antes de dar adeus às lâminas de barbear e ao kit de depilação, você deve estar ciente dos riscos e efeitos colaterais potenciais da depilação a laser. A depilação a laser pode irritar a pele e causar pigmentação e cicatrizes. Neste artigo, discutimos os efeitos colaterais da depilação a laser e alguns mitos associados. Dê uma olhada.

Neste artigo

A depilação a laser é segura?

Muitos consideram a depilação a laser segura e eficaz. Parece não ter riscos para a saúde a longo prazo. No entanto, alguns indivíduos podem sentir efeitos colaterais menores e temporários após o processo de tratamento. É aconselhável falar com seu dermatologista e fazer um teste de remendo antes do tratamento.

A depilação a laser ajuda a remover os pêlos indesejáveis ​​sem danificar a pele. Esse processo geralmente é rápido (dependendo da área a ser tratada). No entanto, algumas pessoas podem sentir alguns efeitos colaterais.

Riscos associados à depilação a laser

Você pode experimentar pequenos efeitos colaterais após o processo de depilação a laser. A maioria deles é temporária. No entanto, consulte seu dermatologista se esses efeitos se agravarem.

Vermelhidão e irritação da pele

Vermelhidão e irritação da pele são os efeitos colaterais comuns da depilação a laser. Eles são mais prováveis ​​se você estiver removendo pêlos de uma área sensível do corpo. A pele pode ficar sensível e você pode notar vermelhidão, irritação, vermelhidão perifolicular e edema (inchaço).

Esses efeitos são semelhantes aos que você nota após a depilação com cera ou outros procedimentos de remoção de pêlos. A irritação geralmente desaparece dentro de uma hora do procedimento. Você pode aplicar uma bolsa de gelo para acelerar a recuperação.

Mudança nos pigmentos da pele

Você também pode notar alterações pigmentares após o procedimento (1). Enquanto aqueles com um tom de pele mais claro podem notar manchas escuras em sua pele, aqueles com uma pele mais escura podem notar manchas mais claras. Embora essas alterações sejam temporárias, converse com seu médico se elas parecerem muito graves.

Crosta de pele

Algumas pessoas podem apresentar crostas na pele da área afetada (devido a queimaduras superficiais). Embora menor, esse problema também pode causar cicatrizes ou crostas. A formação de crostas geralmente ocorre se a pele estiver seca e a ponta da sonda a laser não estiver fria o suficiente para evitar queimaduras superficiais. Aplicar um hidratante na área afetada pode ajudar a prevenir esse problema.

Conforme discutido, esses efeitos colaterais são geralmente menores e temporários. Em casos raros, também podem ocorrer alguns efeitos colaterais graves. Iremos explorá-los na seção seguinte.

Efeitos colaterais raros da depilação a laser

  • Mudança na pigmentação da pele: Isso pode acontecer se você se bronzeado recentemente.
  • Crescimento paradoxal de cabelo: Isso é extremamente raro. No entanto, algumas pessoas podem apresentar crescimento paradoxal de cabelo na área tratada e ao redor.
  • Bolhas: Você pode ter bolhas se expor sua pele ao sol muito cedo após o procedimento. Você também pode observar bolhas se a depilação a laser não for feita corretamente.

A American Academy of Dermatology recomenda ir apenas a dermatologistas certificados para fazer a depilação a laser (2).

É preciso lembrar que a depilação a laser não remove os pêlos permanentemente. Reduz o crescimento do cabelo. A cada sessão, o cabelo fica mais fino, a densidade diminui e o ciclo capilar aumenta. Inicialmente, você precisará passar por várias sessões para remover os pelos completamente, pois nem todos os fios podem estar na fase de crescimento ativo. Mais tarde, você pode ir para tratamentos de manutenção para direcionar áreas teimosas ou se livrar de fios soltos ou crescidos novamente.

A depilação a laser durante a gravidez não é segura. Deve-se esperar várias semanas após o parto. Descubra mais na próxima seção.

Você pode ir para a depilação a laser durante a gravidez?

Os especialistas não recomendam a depilação a laser durante a gravidez. Não existe evidência científica que comprove a segurança da depilação a laser durante este período.

A gravidez causa muitas alterações hormonais, levando ao crescimento de pêlos extras em locais indesejados. Embora o crescimento do cabelo possa ser constrangedor, geralmente diminui por conta própria. Caso contrário, você pode tentar o tratamento a laser após a gravidez. Consulte seu médico e discuta o procedimento.

Embora a maioria de nós seja cética em relação aos procedimentos cosméticos, nem todos conhecemos os mitos mais populares. Na próxima seção, tentamos acabar com alguns mitos associados à depilação a laser.

Mitos associados à depilação a laser

Mito 1: A depilação a laser aumenta o crescimento do cabelo e o torna mais denso.

Facto: O crescimento do cabelo depende do número de folículos capilares. O tratamento a laser ajuda a reduzir a taxa de crescimento do cabelo, a densidade do cabelo e a espessura do cabelo em cada sessão. Isso clareia o crescimento do cabelo eventualmente. O tratamento a laser não é uma solução permanente. Seu cabelo vai crescer novamente, mas o processo será atrasado. O cabelo que volta a crescer não é denso. Se não for feito corretamente, também pode causar o crescimento paradoxal do cabelo, uma condição em que o cabelo volta a crescer mais espesso após o laser.

Mito 2: O tratamento de depilação a laser pode causar câncer.

Facto: Faltam evidências científicas neste aspecto. O laser usado para depilação produz alguma quantidade de radiação, embora não tenha sido considerado seriamente prejudicial. Os lasers usados ​​neste processo têm como alvo apenas os folículos pilosos com uma quantidade mínima de radiação.

Mito 3: você precisa de apenas uma sessão para remover o cabelo permanentemente.

Facto: A redução do cabelo a laser não é uma solução permanente. O número de sessões necessárias depende do seu tipo de cabelo, textura, densidade, área a ser tratada e outros fatores genéticos.

Mito 4: O tratamento de depilação a laser é doloroso.

Facto: Você sentirá apenas uma sensação de picada de agulha na pele, o que pode causar um pequeno desconforto. É menos doloroso do que depilar.

Mito 5: A depilação a laser causa infertilidade.

Facto: Não há evidências científicas para provar esta afirmação. Os lasers utilizados neste tratamento removem apenas os pelos e não penetram na pele nem atingem quaisquer outros órgãos do corpo.

Quando consultar um médico

Pessoas que experimentam efeitos adversos após um tratamento de depilação a laser devem consultar seu médico. Embora efeitos colaterais menores, como vermelhidão e inchaço, possam ser tratados em casa, problemas mais graves, como infecções de pele, justificam um exame médico.

Conclusão

A depilação a laser é uma maneira segura de lidar com os pêlos indesejáveis. É eficaz em muitas pessoas. No entanto, alguns indivíduos (com pele sensível, seca e escura) podem apresentar efeitos colaterais menores, como vermelhidão, irritação, alterações na pigmentação da pele e inchaço. Se os efeitos colaterais persistirem, consulte um médico. Mais importante ainda, evite o tratamento durante a gravidez.

perguntas frequentes

A depilação a laser pode causar acne?

Sim, pode se você tiver pele propensa a acne e já tiver lesões.

O cabelo cai logo após o tratamento?

Os cabelos tratados caem nos próximos 5-10 dias após o tratamento. Estes são cabelos mais fracos e queimados a laser e, em seguida, começa um novo crescimento de cabelo. Normalmente, o crescimento do cabelo começa após, no mínimo, 3 semanas. Se você tentar arrancar o cabelo da área tratada, ele sairá facilmente, sem qualquer dor ou desconforto.

Fontes

Os artigos no StyleCraze são apoiados por informações verificadas de artigos de pesquisa acadêmica e revisada por pares, organizações de renome, instituições de pesquisa e associações médicas para garantir precisão e relevância. Confira nossa política editorial para mais detalhes.
  • Complicações da depilação a laser não supervisionada por um médicohttps: //www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2628842/
  • REMOÇÃO DE CABELO A LASER: VISÃO GERALhttps: //www.aad.org/public/cosmetic/hair-removal/laser-hair-removal-overview

Artigos Recomendados

    • Os 5 melhores produtos Veet que você precisa experimentar em 2019
    • Os 10 melhores sabonetes para depilação para experimentar hoje
    • 9 maneiras eficazes de remover pêlos faciais brancos
    • Os melhores sprays para remoção de cabelo – Nossos 10 melhores

Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Ana Valle

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format