Como aliviar o inchaço do estômago se você tiver insuficiência pancreática exócrina


0

Pessoas com IPE não produzem enzimas pancreáticas suficientes para digerir os alimentos, o que pode causar sintomas como inchaço. Comer refeições menores, observar a ingestão de fibras e praticar exercícios são algumas das etapas que podem ajudar.

O pâncreas tem duas funções importantes. Sua atividade endócrina ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue e seu papel exócrino possibilita a digestão dos alimentos e a absorção de nutrientes.

A insuficiência pancreática exócrina (IPE) ocorre quando o pâncreas não fornece as quantidades certas de enzimas digestivas para quebrar gorduras e outros nutrientes. Pode não produzir ou secretar o suficiente, ou as enzimas que produz podem estar bloqueadas no ducto pancreático e não conseguir chegar ao intestino.

A principal causa de IPE em adultos é a pancreatite crônica e, em crianças, a fibrose cística. No entanto, existem outras condições que podem levar à IPE, como câncer ou diabetes.

O EPI causa problemas de digestão e absorção que podem levar à desnutrição. Também pode causar sintomas desconfortáveis, incluindo inchaço no estômago, gases e dor.

Quais são os primeiros sinais de IPE?

O EPI pode ser assintomático no início. No entanto, uma vez que a condição começa a interferir na absorção de gordura, você pode começar a sentir alguns sinais, como:

  • inchaço abdominal e gases
  • sensibilidade ou dor abdominal
  • diarréia
  • fezes oleosas e gordurosas
  • uma sensação de plenitude
  • perda de peso
  • dor no osso
  • coagulação sanguínea prejudicada

Outros distúrbios gastrointestinais têm características semelhantes, o que pode dificultar a identificação do IPE. No entanto, obter um diagnóstico pode ajudar a levar ao tratamento e ao alívio dos sintomas.

Outros problemas do pâncreas podem causar inchaço?

O inchaço pode ser um sinal de vários problemas relacionados ao pâncreas, incluindo:

  • PES
  • pancreatite aguda
  • pancreatite crônica
  • pancreatite hereditária

Inchaço e gases intestinais são sintomas comuns de IPE.

Causas potenciais de inchaço se você tiver EPI

O corpo humano usa enzimas para digerir os macronutrientes gorduras, carboidratos e proteínas. Muitas dessas enzimas se originam no pâncreas.

Se o pâncreas não produzir enzimas digestivas suficientes, os alimentos não digeridos podem fermentar no cólon. Isso pode causar gases e inchaço.

A gordura é o macronutriente que o EPI mais impacta. O pâncreas produz lipase para digerir a gordura, e não há fontes suficientes de lipase fora do pâncreas para compensar o déficit de lipase pancreática encontrado no EPI. O resultado é má absorção de gordura que pode causar inchaço e dor abdominal.

O IPE também resulta em uma escassez pancreática de enzimas como amilase e protease, que ajudam a digerir carboidratos e proteínas. No entanto, existem outras fontes suficientes dessas enzimas, como o estômago, a saliva e o intestino delgado, para que a digestão de carboidratos e proteínas geralmente possa continuar.

Maneiras de aliviar os sintomas

Se você sentir inchaço abdominal e gases devido ao EPI, pode haver maneiras de ajudar a reduzir esses sintomas.

Ajuste seu plano de tratamento

O tratamento para IPE é a terapia de reposição enzimática pancreática (PERT). PERT ajuda a aliviar os sintomas de IPE, substituindo as enzimas que o pâncreas não produz.

Estudos demonstraram que 30.000 UI (90.000 unidades USP) de lipase em cada refeição, o que representa cerca de 10% da produção pancreática típica, pode eliminar o sintoma EPI de excreção excessiva de gordura nas fezes.

O seu médico irá sugerir uma dose inicial, que pode ser:

  • 30–40.000 UI para refeições
  • 15–20.000 UI para lanches

Os fatores que influenciam a eficácia da sua dose PERT incluem:

  • quanta função pancreática você ainda tem
  • o tamanho e o teor de gordura de cada refeição que você ingere
  • quanta lipase seu estômago produz
  • quão bem seu corpo responde ao tratamento
  • tempo de dosagem em relação à ingestão de alimentos

Uma dose que funciona bem para uma pessoa pode não ser tão útil para outra. Se você estiver apresentando sintomas como inchaço, gases ou dor de estômago, sua dose pode precisar de ajuste.

Faça refeições menores com mais frequência

Comer refeições menores resulta em menos comida para digerir. Isso ajuda a facilitar a absorção de nutrientes pelo intestino delgado.

Escolha as gorduras certas

Mesmo que o EPI dificulte a digestão da gordura, você ainda precisa desse macronutriente para absorver algumas vitaminas. Pode ajudar nos seus sintomas se você reduzir a quantidade de gordura que ingere em cada refeição.

A escolha de certas fontes de gorduras alimentares pode ajudar. Boas escolhas incluem:

  • Peixe gordo
  • abacates
  • azeitonas
  • sementes
  • nozes

Você pode limitar ou evitar a gordura dos alimentos processados ​​e da carne vermelha.

Fique hidratado

Se a diarreia for um dos sintomas do IPE, você pode correr o risco de desidratação. Beber bastante água pode ajudar.

Manter-se hidratado também pode ajudar a prevenir ou aliviar a constipação, outra causa potencial de inchaço e dor no estômago.

Seu médico pode ajudá-lo a decidir sobre uma meta diária apropriada para a ingestão de líquidos.

Existem várias maneiras de se manter hidratado, incluindo:

  • mantendo uma garrafa de água à mão
  • definindo lembretes no seu telefone para beber
  • bebendo água ao longo do dia

Você também pode comer alimentos com alto teor de água, como:

  • melancia
  • salsão
  • alface
  • Cantalupo
  • abobrinha

Exercício

O exercício pode aumentar a excreção de enzimas pancreáticas.

Uma revisão de 2015 discutiu os efeitos da atividade física no pâncreas de ratos. A revisão descobriu que a natação regular resultou em secreções pancreáticas estimuladas pelas refeições mais rápidas.

Além disso, após 8 semanas de exercício de resistência em esteira, os ratos exibiram:

  • aumento do peso pancreático
  • maior teor de proteína pancreática
  • mais atividade enzimática pancreática
  • aumento da secreção de amilase basal (uma enzima para digerir carboidratos)

Os autores da revisão concluíram que o treinamento regular de resistência de baixa intensidade pode melhorar a síntese e secreção de enzimas pancreáticas.

Pesquisar também mostra que exercícios, como caminhar, podem ajudar a aliviar o inchaço no estômago. A atividade física regular traz muitos outros benefícios à saúde, como ajudar a controlar o estresse, que pode piorar os sintomas da IPE.

Cuidado com a ingestão de fibras

A fibra pode inibir a atividade das enzimas pancreáticas em pessoas que vivem com IPE, de acordo com um estudo Revisão de 2019. Não está claro o porquê, embora os autores da revisão sugiram que a fibra pode absorver e inativar as enzimas pancreáticas.

Comer muita fibra ou aumentar abruptamente a ingestão de fibras também pode causar inchaço e gases.

Apesar de seu papel na exacerbação dos sintomas da IPE, a fibra traz importantes benefícios à saúde. Se você quiser reduzir o inchaço do EPI, seu médico pode ter sugestões úteis para garantir que você ainda receba a quantidade necessária.

Remover

A IPE ocorre quando o pâncreas é incapaz de produzir enzimas digestivas suficientes ou quando as enzimas são impedidas de chegar ao intestino.

Quando o alimento não é digerido no trato intestinal, ele pode fermentar. O resultado são sintomas desconfortáveis, como inchaço e gases no estômago.

Existem etapas que você pode seguir para reduzir gases e inchaço, como ajustar seu plano de tratamento e fazer refeições menores e mais frequentes.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *