Vermes de corda: Parasita ou Muco Intestinal?


0

Existem vários tipos de parasitas intestinais que podem infectar seres humanos, como vermes, vermes, ancilostomídeos e muito mais. Nos últimos anos, tem havido discussões sobre outro potencial habitante intestinal chamado verme da corda.

Embora algumas pessoas acreditem que os vermes da corda são parasitas intestinais, a teoria mais plausível é que esses “vermes” são mais prováveis ​​filamentos de muco intestinal.

Neste artigo, discutiremos a literatura sobre vermes da corda, incluindo a teoria do parasita, a teoria do muco intestinal e como tratar e prevenir essa condição gastrointestinal.

A teoria do parasita

A teoria do parasita do verme da corda é apenas um desenvolvimento recente. Em 2013, um artigo de pesquisa não revisado por pares foi publicado pelo Dr. Alex Volinsky e seus colegas sobre os detalhes deste parasita intestinal.

De acordo com o Dr. Volinsky, o verme da corda, também conhecido como funis vermes, é um parasita que passa toda a sua vida dentro do corpo humano. Não se enquadra em nenhuma outra família conhecida de parasitas humanos e pode consistir em um único organismo ou uma comunidade de organismos. Os vermes da corda se alimentam de matéria fecal nos intestinos e geralmente são o resultado de uma dieta pobre.

O Dr. Volinsky e seus colegas afirmam que existem cinco estágios no ciclo de vida do verme da corda:

  • No 1st etapa, os vermes são longos filamentos de muco viscoso que podem aparecer em qualquer parte do corpo.
  • No 2nd etapa, o muco viscoso desenvolve bolhas. Essas bolhas mais tarde se tornam pontos de fixação usados ​​pelo parasita.
  • No 3rd etapa, o parasita se torna ramificado, como uma água-viva.
  • No 4º etapa, o parasita tem um corpo macio e viscoso. Pode formar mais bolhas para fixação e pode se alimentar de sangue.
  • No 5º etapa, o parasita se parece com fezes humanas ou corda torcida. Eles podem aparecer em vários tons, do branco claro ao marrom escuro ou preto. Eles parecem utilizar propulsão a jato para se mover ao redor do corpo e são mais ativos entre 1h e 6h.

Os autores do artigo afirmam que existem vários métodos de extração para cada estágio de desenvolvimento, incluindo enemas de leite salgado, enemas de bicarbonato de sódio e enemas de eucalipto / suco de limão. Eles acreditam que, se esses vermes da corda não forem eliminados do corpo, eles podem liberar toxinas que podem ter efeitos cognitivos negativos.

A teoria do revestimento intestinal / acúmulo de muco

A teoria do revestimento intestinal ou do acúmulo de muco é uma alternativa à teoria do parasita do verme da corda. Esta teoria afirma que essas estruturas semelhantes a cordas são simplesmente pedaços de muco intestinal.

O muco intestinal é produzido como uma barreira para evitar que microorganismos prejudiciais entrem na corrente sanguínea através dos intestinos. Como acontece com todas as células do corpo, essas células da barreira intestinal rotineiramente se transformam e se desprendem.

Embora a eliminação de rotina seja normal, a eliminação excessiva ou alterada de muco intestinal pode ser um sinal de condições gastrointestinais, como doença inflamatória intestinal (DII) ou câncer de cólon.

Durante as sessões de enemas e hidroterapia do cólon, algumas pessoas experimentam um rubor do que se acredita ser um acúmulo de muco. Esse acúmulo de muco, que às vezes é conhecido como placa mucoide, na verdade se parece muito com o que outros acreditam ser o verme humano.

Não há prova científica definitiva de que o acúmulo de placa mucóide exista. No entanto, há ainda menos provas científicas da existência do verme da corda como parasita intestinal.

Talvez a evidência mais crítica contra a teoria do parasita seja o fato de que, quando o DNA da amostra do “verme da corda” foi testado, ele consistia em 99% de DNA humano.

Imagem de vermes de corda

Como os vermes da corda são diagnosticados?

Vermes de corda são geralmente descobertos durante procedimentos de limpeza do cólon, como enemas e limpezas do cólon.

  • Os enemas são usados ​​principalmente para ajudar a aliviar os sintomas da constipação, ajudando a evacuar os resíduos do cólon.
  • A limpeza do cólon, também conhecida como cólon, é um tratamento holístico usado para “limpar” todo o cólon.

De acordo com a pesquisa do Dr. Volinsky, quase todos os pacientes submetidos à irrigação do cólon apresentam vermes da corda. Depois que esses fios em forma de corda foram limpos, os pacientes relataram alívio de problemas digestivos. No entanto, essas alegações são puramente anedóticas e não há nenhuma pesquisa revisada por pares para apoiar isso.

Como os vermes da corda são tratados?

Faltam pesquisas atuais sobre o diagnóstico e tratamento de vermes da corda, e não há recomendação clínica para tratamento.

Um nível saudável de renovação do muco é completamente normal para um intestino saudável, mas um aumento do muco ou a presença de longos fios de material não é.

As causas potenciais de aumento de muco nas fezes podem incluir:

  • Doença de crohn
  • colite ulcerativa
  • síndrome do intestino irritável (IBS)
  • infecção intestinal
  • fissuras anais e fístulas
  • Cancer de colo

Em alguns casos, a evacuação de estruturas semelhantes a vermes pode ser o resultado de uma infecção parasitária não diagnosticada de uma espécie que é conhecido por infectar humanos.

Se você notar um aumento no nível de muco ou outros materiais desconhecidos durante a limpeza do cólon, é melhor visitar um médico ou gastroenterologista para um diagnóstico oficial.

Como você evita vermes de corda?

Acredita-se que a ingestão de uma dieta rica em alimentos processados ​​pode contribuir para a presença de vermes da corda ou para o acúmulo de placa mucóide. Embora não haja nenhuma prova científica para apoiar essa teoria, há mérito por trás da ideia de manter um intestino saudável.

Cuidando do seu sistema digestivo

A saúde intestinal é tão importante quanto a saúde do coração, dos pulmões e de qualquer outro órgão do corpo. Mesmo que a literatura não prove a existência de vermes da corda ou placa mucóide, aqui estão algumas maneiras de cuidar do seu sistema digestivo:

  • Beba muita água. A hidratação é importante para todas as células do corpo, incluindo as células intestinais produtoras de muco. A hidratação também é importante para prevenir a constipação. Certifique-se de manter o consumo de água ao longo do dia.
  • Coma muitas frutas, vegetais, gorduras saudáveis ​​e grãos inteiros. Frutas, vegetais e grãos inteiros são ricos em fibras, o que pode ajudar a manter o bom funcionamento do trato digestivo. Esses alimentos também são boas fontes de antioxidantes, que ajudam a manter a saúde intestinal.
  • Mantenha um horário de sono consistente. Não é nenhum segredo que a falta de sono pode ter efeitos negativos no corpo, incluindo nossa digestão. Manter uma rotina de sono saudável e consistente e dormir de sete a nove horas por noite pode ajudar a manter um microbioma saudável.
  • Pratique técnicas de relaxamento. Estresse, ansiedade e outras emoções fortes podem influenciar a saúde intestinal e a digestão. Por exemplo, a depressão tem sido associada a surtos de sintomas em pacientes com SII. Usar técnicas de relaxamento pode ajudar a reduzir o impacto negativo em sua digestão.
  • Fique de olho nos sintomas de intolerâncias alimentares. As alergias e sensibilidades alimentares podem afetar qualquer pessoa, desde crianças a adultos mais velhos. Se você tiver sintomas gastrointestinais ao comer certos alimentos, pode valer a pena visitar um médico apenas para verificar se há intolerâncias alimentares.

Principais conclusões

Vermes de corda são freqüentemente descobertos durante enemas e cólon. Há poucas evidências para apoiar a teoria de que esses vermes são um tipo de parasita humano recém-descoberto.

A explicação mais provável para a expulsão desses fios em forma de corda é a liberação de muco intestinal. No entanto, ambas as teorias carecem da evidência científica necessária para dizer definitivamente o que esses “vermes da corda” realmente são.

Se você estiver experimentando um aumento no muco ou notar a presença de filamentos semelhantes a vermes durante a limpeza do cólon, é sempre melhor marcar uma consulta de acompanhamento com seu médico ou gastroenterologista.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format