Turquia promete manter grãos em movimento apesar da suspensão russa


0

Navios de carga transportando 354.500 toneladas de grãos, o maior número de embarques em um dia desde que as exportações ucranianas foram retomadas, partiram na segunda-feira, 31 de outubro.

Centenas de milhares de toneladas de trigo que devem ser entregues à África e ao Oriente Médio estão em risco após a retirada da Rússia do acordo de exportação de grãos da Ucrânia [Umit Bektas/Reuters]

A Turquia diz que está determinada que a Ucrânia continue suas exportações de alimentos, apesar da Rússia ter suspendido sua participação em um acordo de grãos mediado pelas Nações Unidas, uma medida que aumentou as preocupações de nações desesperadas por assistência alimentar.

A Rússia suspendeu o acordo no sábado após o que disse ser um grande ataque de drone ucraniano à sua frota naval na Crimeia anexada. Apesar da decisão de Moscou, navios cargueiros partiram com 354.500 toneladas de grãos, o maior número de despachos em um dia desde que o programa começou em agosto.

A Turquia, que ajudou a intermediar o acordo, permaneceu comprometida com o acordo.

“Mesmo que a Rússia se comporte hesitante porque não recebeu os mesmos benefícios, continuaremos decisivamente nossos esforços para servir a humanidade”, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

O ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, disse ao colega russo Sergey Shoigu na segunda-feira que Moscou deveria reavaliar a suspensão de sua participação.

Em um telefonema entre os dois ministros, Akar disse a Shoigu que era extremamente importante que o acordo de grãos continuasse e acrescentou que deveria ser implementado separadamente do conflito na Ucrânia, disse o Ministério da Defesa da Turquia.

Amir Abdullah, funcionário da ONU que coordena o programa, disse: “Navios de carga civis nunca podem ser alvos militares ou reféns. A comida deve fluir.”

Exportações ‘arriscadas’

A Rússia disse na segunda-feira que era “inaceitável” que o transporte marítimo passasse pelo corredor de segurança do Mar Negro.

“O movimento de navios ao longo do corredor de segurança é inaceitável, já que a liderança ucraniana e o comando das Forças Armadas da Ucrânia o utilizam para realizar operações militares contra a Federação Russa”, disse o Ministério da Defesa russo em comunicado.

“Nas condições atuais, não pode haver dúvida de garantir a segurança de qualquer objeto na direção indicada até que o lado ucraniano aceite obrigações adicionais de não usar essa rota para fins militares.”

A Rússia enfatizou, no entanto, que não estava se retirando do acordo, mas apenas o suspendendo.

O ministério não disse o que a Rússia faria se os navios continuassem a navegar na rota.

A Ucrânia não confirmou nem negou ter realizado o ataque à base da Frota russa do Mar Negro da Crimeia, mas diz que a marinha russa é um alvo militar legítimo.

Moscou disse que as explosões foram causadas por uma onda de drones marítimos e aéreos.

Em julho, Rússia e Ucrânia assinaram o acordo de grãos, que permitiu a retomada das exportações de grãos interrompidas por causa da guerra.

Até agora, mais de nove milhões de toneladas de grãos ucranianos foram exportados, e o acordo deve ser renovado em 19 de novembro.

INTERATIVO- Primeiro carregamento de grãos sai da Ucrânia

Pico do preço dos alimentos

A Ucrânia e a Rússia estão entre os maiores exportadores mundiais de alimentos.

Depois que a Rússia anunciou que estava se retirando do acordo, os futuros do trigo de Chicago saltaram 6 por cento e o milho subiu mais de 2 por cento, levantando preocupações sobre a oferta global.

“Este é um movimento inflacionário, apoiando os preços do trigo e do milho”, disse um trader de Cingapura. “Os preços subiram, mas ganhos adicionais dependerão de como a situação se desenrolar.”

Centenas de milhares de toneladas de trigo que devem ser entregues à África e ao Oriente Médio estão em risco após a retirada da Rússia do acordo. As exportações de milho da Ucrânia para a Europa também devem ser afetadas.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *