Por que você não precisa ser pegajoso: mobilidade vs. flexibilidade


0

Ser super flexível é realmente um ideal de saúde que devemos buscar?

Quer você seja um iogue ávido ou autoproclamado praticante de ginástica, provavelmente ouvirá seu instrutor citar os termos “flexibilidade” e “mobilidade”.

Embora muitas pessoas presumam que os dois termos são intercambiáveis, na verdade há uma grande diferença entre eles.

Muitos de nós aspiramos aos padrões de flexibilidade que vemos quando navegamos em nosso feed do Instagram. Todos nós vimos aquele influenciador de ioga além-flexível que pode contorcer o corpo sem esforço, ao mesmo tempo em que consegue sorrir para a câmera.

Mas esse nível de flexibilidade é realmente um ideal de saúde pelo qual devemos nos empenhar?

Flexibilidade vs. mobilidade

Para chegar ao fundo desta questão, é importante entender a diferença entre flexibilidade e mobilidade:

Flexibilidade é a capacidade do músculo de se alongar passivamente ou sem engajamento. Quando você realiza alongamentos estáticos (mantendo-se imóvel) usando o peso do corpo, apoio dos membros ou adereços, você está trabalhando na flexibilidade muscular.

Mobilidade, por outro lado, está relacionado às articulações e sua capacidade de se mover ativamente em toda a sua amplitude de movimento. Pense em levantar a perna no ar em um ângulo de 90 graus e baixá-la novamente. Isso é mobilidade ativa.

Para ter uma boa mobilidade, você Faz precisa de boa flexibilidade.

Você também precisa de força muscular e estabilidade para manipular ativamente as articulações. Alongamentos dinâmicos e móveis trabalhe na mobilidade das articulações, lidando com flexibilidade, força e estabilidade ao mesmo tempo.

Uma maneira fácil de testar a diferença entre flexibilidade e mobilidade em seu próprio corpo é levantar o joelho em direção ao peito. A mobilidade do quadril é definida pela distância que o joelho percorre sem ajuda.

Em seguida, coloque as mãos sobre o joelho e puxe-o ativamente para mais perto do peito. Este alongamento mostra sua flexibilidade geral no quadril.

A flexibilidade é realmente boa para você?

É um equívoco comum que a flexibilidade é necessária para a saúde geral. Na realidade, há nenhuma prova essa flexibilidade tem quaisquer benefícios reais para a saúde quando não é combinada com articulações fortes e móveis.

Em alguns casos, a flexibilidade pode realmente fazer mais mal do que bem.

Infelizmente, as tendências do fitness geralmente se concentram em como a flexibilidade parece “bonita” ou “impressionante”, o que significa que não dão muita ênfase ao treinamento de mobilidade.

Se você tende a alongar os músculos mantendo posições estáticas, pode estar negligenciando sua mobilidade.

Se você está na casa dos 20 ou 30 anos, pode pensar que a mobilidade articular não é algo com que precisa se preocupar. No entanto, falta de atividade física, estresse diário e até padrões de sono pode afetar nossa mobilidade em qualquer idade.

A mobilidade tem muitos benefícios que valem a pena investir um pouco de tempo e esforço nessa área frequentemente ignorada da saúde física.

Benefícios da mobilidade

Pode prevenir ferimentos

Estudos mostraram que a amplitude de movimento nas articulações e o risco de lesões estão diretamente relacionados.

Ao incorporar alongamentos dinâmicos em vez de estático, você ativará e fortalecerá todos os músculos necessários para mover uma articulação em sua amplitude de movimento. Isso cria equilíbrio muscular e reduz o risco de lesões.

De acordo com Kelsey Drew, fisioterapeuta da Tower Physio, “A questão estático versus dinâmico é sempre controverso e depende do resultado pretendido – mas, com base na pesquisa mais recente disponível, estou no campo do alongamento dinâmico.”

Drew continua explicando que a pesquisa ainda está em andamento para saber se o alongamento dinâmico pode realmente prevenir lesões. No entanto, ela sempre recomenda alongamentos dinâmicos.

“O alongamento estático como um aquecimento antes da atividade demonstrou prejudicar a atividade muscular explosiva, então pode ser muito prejudicial se você estiver fazendo sprint ou esportes competitivos”, diz ela.

Melhorar a postura

Se você sentir imobilidade nas articulações, sua postura pode ser prejudicada. Vários estudos relacionaram o desequilíbrio postural com a falta de mobilidade articular. Essencialmente, sem músculos fortes ao redor das articulações, é difícil manter uma boa postura.

Um estudo descobriu que a mobilidade da pelve pode estar ligada a uma postura saudável da coluna vertebral. Outro estude descobriram que a imobilidade do quadril pode afetar a curvatura natural da coluna lombar.

Isso leva a problemas posturais comuns, como ombros largos, coluna vertebral arqueada e pescoço comprimido. A postura inadequada pode causar dores crônicas na região lombar, no pescoço e nos ombros.

Ao incorporar alongamentos dinâmicos para mobilidade articular em sua rotina, você incentivará uma postura natural melhor e reduzirá o número de dores que você sente diariamente.

Aumente a facilidade de movimento

A mobilidade articular é responsável pelo controle e coordenação de alguns de nossos movimentos básicos e diários.

Se você tiver dificuldade de locomoção, poderá ter dificuldade para realizar os movimentos diários. Isso ocorre porque a falta de mobilidade articular torna os movimentos ativos difíceis de serem concluídos sem desconforto.

Ao trabalhar a mobilidade, você pode treinar seus músculos para serem flexíveis o suficiente para agarrar aquele prato que está fora de alcance ou estender o braço acima da cabeça para chegar à prateleira de cima da cozinha.

Pode reduzir o estresse

Você pode pensar que alongamentos estáticos, como uma dobra para a frente ou um alongamento meio dividido, teriam um efeito meditativo na mente. Surpreendentemente, os efeitos dos movimentos dinâmicos são mais poderosos.

Uma prática recente chamada sofrologia afirma que uma mistura de técnicas, incluindo movimentos dinâmicos, meditação, atenção plena e respiração, pode ajudar a reduzir o estresse.

Independência física

Conforme o corpo envelhece, é natural que a mobilidade das articulações enfraqueça. Eventualmente, as articulações podem ficar tão restritas que os movimentos cotidianos, como andar, ficar em pé e segurar objetos, tornam-se difíceis sem ajuda.

Quanto antes você começar a trabalhar em sua mobilidade, melhor. A mobilidade natural das articulações começa a se deteriorar em torno 30 anos de idade. Ao incorporar o treinamento de mobilidade em sua rotina agora, você poderá prolongar sua independência física.

Maior flexibilidade

Se você ainda deseja melhorar sua flexibilidade, os exercícios de mobilidade podem ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Trabalhando nas divisões? Experimente alguns alongamentos dinâmicos ativos para mobilizar e abrir as articulações do quadril. Você achará muito mais fácil da próxima vez que deslizar para baixo em um straddle, quando seus quadris tiverem uma amplitude maior de movimento natural.

Experimente estes alongamentos ativos

Balanço de perna

  1. Fique em pé com os pés separados na largura dos ombros e flexione os joelhos suavemente.
  2. Levante uma perna do chão, mantendo uma leve flexão do joelho.
  3. Passe suavemente a perna levantada à sua frente e, em seguida, balance-a diretamente atrás de você como um pêndulo.
  4. Repita esse movimento 5 a 10 vezes e, em seguida, troque de lado.

Círculos de quadril

  1. Fique em pé com os pés separados na largura dos ombros.
  2. Pressione os quadris para a esquerda, inclinando o corpo ligeiramente para a direita.
  3. Mova os quadris em um grande círculo, passando pela frente, pela direita, pelas costas e pela esquerda.
  4. Repita 5 a 10 vezes e, em seguida, inverta a direção do círculo.

Círculos de braço

  1. Em pé, com os pés separados na largura dos ombros, levante os braços para os lados do corpo, criando uma forma de “T”.
  2. Mantendo os braços retos, comece a girar os braços em grandes círculos, movendo-se a partir da articulação do ombro, mantendo as palmas das mãos voltadas para baixo.
  3. Repita 5 a 10 vezes e, a seguir, mude de direção.

Rotação da coluna oscilante

  1. Fique em pé com os pés separados na largura dos ombros e levante os braços para os lados do corpo, criando uma forma de “T”.
  2. Comece a torcer a coluna, movendo os braços paralelos ao chão.
  3. Gire para a esquerda e para a direita na coluna, mantendo os quadris e as pernas voltados para a frente.
  4. Repita 5 a 10 vezes.

O takeaway

Embora possa ser tentador se concentrar em melhorar sua flexibilidade, é muito mais benéfico enfatizar o aprimoramento de sua mobilidade.

Ao fortalecer os músculos ao redor das articulações por meio de movimentos dinâmicos, você notará menos lesões, melhora na postura e até mesmo uma sensação de bem-estar aprimorado.

Embora não haja nada de errado em ser flexível, os exercícios dinâmicos de mobilidade fornecem a força e a estabilidade que levam a uma melhor amplitude de movimento e ótima postura, mesmo no final da idade adulta.


Meg Walters é uma escritora e atriz de Londres. Ela está interessada em explorar tópicos como preparo físico, meditação e estilos de vida saudáveis ​​em sua escrita. Em seu tempo livre, ela gosta de ler, ioga e uma taça de vinho ocasional.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format