Os ‘olhos psicopatas’ são realmente uma coisa?


0

homem olhando para a câmera
Imagens Harpazo Hope / Getty

Dramas policiais, filmes de suspense e romances de mistério popularizaram a psicopatia, contribuindo para muitos mitos em torno de seu verdadeiro significado.

Por exemplo, às vezes as pessoas usam “psicopata” de forma intercambiável com outros termos estigmatizantes, como “mal”, “violento” ou “criminoso”. Talvez você tenha lido que psicopatas não experimentam emoções e não se importam com as consequências de suas ações.

Você pode até ter ouvido que é possível reconhecer um psicopata simplesmente olhando em seus olhos.

No entanto, a psicopatia é um pouco mais complexa do que essas idéias sugerem.

Em primeiro lugar, a psicopatia não é um diagnóstico real de saúde mental. É um termo casual para traços tipicamente associados a um diagnóstico psiquiátrico de transtorno de personalidade anti-social (ASPD).

Pessoas com ASPD geralmente:

  • falta um senso claro de certo e errado
  • têm dificuldade para entender e empatizar com os sentimentos das outras pessoas
  • mostrar pouco remorso por suas ações

Essas características podem certamente aumentar as chances de alguém ter um comportamento ilegal ou prejudicial, mas não necessariamente tornam alguém violento.

E quanto ao chamado olhar fixo psicopático? Existe alguma verdade na ideia de que você pode reconhecer traços psicopáticos nos olhos de alguém? Ou isso é apenas mais um mito? Você encontrará uma explicação baseada em evidências abaixo.

Como eles são supostamente diferentes

Seus olhos e seus movimentos podem transmitir muitas informações sobre o humor e as emoções, da felicidade ao humor, do tédio ao desdém.

Embora seu olhar possa permanecer em alguém que você acha atraente ou atraente, você pode rapidamente desviar o olhar de algo que o assusta ou perturba. Suas pupilas também dilatam quando você experimenta emoções fortes, incluindo medo, raiva e amor (ou luxúria).

Alguns especialistas até acreditam que os olhos podem oferecer pistas sobre traços de personalidade subjacentes, oferecendo suporte para a ideia de que seus olhos oferecem um vislumbre de sua alma.

As várias características sugeridas dos “olhos psicopatas” parecem ecoar a crença geral de que as pessoas com ASPD não têm emoções para mostrar.

Essas descrições incluem:

  • olhos mortos, planos ou semelhantes aos de répteis
  • íris muito escuras ou olhos que parecem pretos
  • pupilas que não dilatam
  • uma expressão, como um sorriso, que não atinge os olhos
  • um olhar “sem alma”

O ‘olhar psicopata’

Talvez você também tenha ouvido falar do “olhar psicopata”.

As pessoas geralmente descrevem isso como um olhar prolongado e predatório ou um olhar fixo que parece perturbador e desconfortável. Talvez você sinta que alguém está olhando para você e capte seus olhos sempre que olhar para cima.

Os motivos sugeridos para este olhar variam.

Algumas pessoas acreditam que aqueles com traços psicopáticos usam intenso contato visual para assustar os outros e pegá-los desprevenidos, para que possam usar táticas de manipulação com mais facilidade.

Outros sugerem que é uma forma de manter o poder e o controle durante as interações sociais.

Ainda assim, outros dizem que é simplesmente tédio. Encarar intensamente pode deixar alguém nervoso, até um pouco amedrontado – reações que as pessoas que gostam de causar medo e dor, naturalmente, apreciariam.

Mas há poucas evidências para apoiar qualquer uma dessas idéias. Também é importante notar que um diagnóstico de ASPD não significa automaticamente que alguém gosta de magoar os outros.

E os olhos de ‘sanpaku’?

De acordo com a leitura facial japonesa, vários elementos de seu rosto podem oferecer uma visão sobre sua personalidade, habilidades e experiências.

Sanpaku, que significa “três brancos”, é um elemento da leitura facial.

Se você olhar para seus próprios olhos em um espelho, verá o branco (esclera) de cada lado de cada íris, é claro. Mas se você também vir branco acima ou abaixo da íris, seus olhos são considerados sanpaku – eles têm três brancos.

Sanpaku é dividido em dois subtipos:

  • Yin sanpaku. Isso se refere ao branco abaixo da íris. Tradicionalmente, o yin sanpaku sugere que você pode enfrentar algum tipo de ameaça ou perigo do mundo, ou que você tem a tendência de se expor a riscos ou perigos.
  • Yang sanpaku. Isso se refere ao branco acima da íris. Diz-se que sugere que você enfrenta uma ameaça interna. Em outras palavras, é mais provável que você tenha dificuldade em controlar emoções indesejadas, o que pode afetar negativamente seu comportamento e seu bem-estar geral.

George Ohsawa é geralmente creditado por introduzir a ideia de sanpaku na sociedade ocidental. Sua explicação, no entanto, desviou-se um pouco da leitura facial tradicional, pois ele sugeriu que sanpaku tinha conotações mais negativas.

Yang sanpaku, em particular, tornou-se associado a doenças mentais e traços psicopáticos, incluindo:

  • agressão
  • tendência para explosões de raiva ou violentas
  • suspeita de outros
  • pobre autocontrole

As expressões faciais habituais de alguém podem oferecer pistas sobre sua personalidade ou humor. Dito isso, nenhuma evidência científica até agora apóia qualquer associação entre sanpaku e traços psicopáticos.

O que a pesquisa diz

Pesquisadores ter observaram duas diferenças principais ao comparar os olhos ou o olhar de pessoas com características de ASPD com pessoas sem essas características.

Aqui está um breve resumo de suas descobertas.

Resposta da pupila

Um estudo de 2018 explorou a conexão entre traços psicopáticos e dilatação da pupila em resposta a estímulos.

Os pesquisadores começaram medindo traços de psicopatia primários e secundários em 82 pacientes internados em hospitais psiquiátricos do sexo masculino:

  • Os traços de psicopatia primários referem-se a traços e comportamentos interpessoal-afetivos, como falta de culpa, baixa empatia e tendência à manipulação.
  • Traços secundários de psicopatia referem-se a comportamentos anti-sociais de estilo de vida, como transgressão da lei, problemas de conduta e comportamento impulsivo ou de risco.

Eles então mostraram aos participantes uma combinação de imagens, vídeos e clipes de som com a intenção de provocar respostas emocionais negativas, positivas ou neutras.

Ao olhar para imagens negativas ou rostos raivosos, os participantes com níveis mais elevados de psicopatia primária mostraram menos dilatação da pupila do que outros participantes.

Os especialistas não notaram nenhuma mudança na dilatação da pupila em resposta às imagens positivas ou a qualquer um dos clipes de áudio. Eles também não encontraram uma resposta semelhante nos participantes que pontuaram alto nas medidas de psicopatia secundária, mas não na psicopatia primária.

A estudo anterior conduzido pelos mesmos pesquisadores considerou a possível conexão entre traços psicopáticos e atividade do aluno em 102 estudantes universitários do sexo masculino e feminino. Este estudo não mostram qualquer ligação clara entre traços psicopáticos e uma resposta diminuída do aluno.

Os autores do estudo ofereceram uma explicação potencial de que os níveis de psicopatia tendem a ser mais baixos em amostras da comunidade.

Em outras palavras, os traços primários que eles mais tarde conectaram à resposta do aluno podem não aparecer com tanta frequência, ou com tanta força, na comunidade em geral – apenas em pessoas que pontuam muito alto em medidas de psicopatia.

Contato visual

Três estudos separados desafiam a ideia do chamado “olhar psicopático”.

Os resultados desses estudos sugerem que as pessoas que pontuam mais alto nas medidas de psicopatia são, na verdade, menos propensos a fazer contato visual ou fixar nos olhos de outras pessoas.

Um estudo de 2017 comparou 30 homens que tiveram pelo menos uma condenação por violência com 25 homens que não tiveram.

Quando mostradas imagens de rostos, os participantes com pontuações mais altas de ousadia no Triarchic Psychopathy Measure (um questionário elaborado para identificar psicopatia) demoraram mais para olhar a região dos olhos. Eles também gastaram menos tempo olhando para os olhos.

Os autores do estudo sugeriram que isso poderia apoiar ligações entre traços psicopáticos, dificuldade em processar emoções e uma resposta de medo diminuída.

UMA Estudo de 2018 explorou a conexão entre traços psicopáticos e olhar fixo em uma amostra de 108 homens encarcerados. Este estudo também encontrou evidências que sugerem que as pessoas que pontuaram mais alto nas medidas de traços afetivos interpessoais prestaram menos atenção aos rostos que mostram medo.

Um terceiro estudar publicado em 2020 com foco no contato visual nas interações sociais.

Por meio de uma série de conversas cara a cara com 30 adultos encarcerados, os pesquisadores descobriram que aqueles com pontuações mais altas de psicopatia afetiva tendiam a fazer menos contato visual durante a conversa.

Juntas, essas descobertas contradizem a ideia de um olhar psicopático.

Eles também apóiam pesquisas existentes que sugerem que pessoas com traços psicopáticos têm dificuldade em reconhecer e processar emoções, pistas sociais e expressões faciais.

Existem maneiras confiáveis ​​de identificar psicopatia em alguém?

É praticamente impossível “ver” a psicopatia nos olhos de alguém ou em quaisquer outras características físicas.

Sim, pessoas com traços psicopáticos específicos podem apresentar menos dilatação da pupila ao se depararem com imagens assustadoras. Ainda assim, como os especialistas apontaram, isso pode ser menos óbvio na vida cotidiana – especialmente quando você não sabe exatamente o que procurar.

Mesmo assim, a falta de dilatação poderia ter outra explicação. E, não se esqueça, a resposta diminuída do aluno não parecia se aplicar a pessoas com traços psicopáticos secundários.

O mesmo vale para o contato visual. As pessoas podem ou não fazer contato visual durante as conversas por uma série de razões. Eles podem ser tímidos ou simplesmente nervosos. Eles podem ter ansiedade social ou autismo.

A pesquisa também se opõe a outras suposições comuns sobre psicopatia.

Por exemplo, pessoas com ASPD podem:

  • experimentam emoções, embora geralmente achem difícil reconhecê-las e regulá-las
  • formar relacionamentos e manter conexões com outras pessoas

  • sentem arrependimento após resultados indesejados, embora tenham dificuldade em usar a experiência para fazer escolhas diferentes no futuro

O resultado final

É sempre melhor evitar fazer suposições sobre a personalidade com base na aparência ou na linguagem corporal. Os transtornos de personalidade, como qualquer outra condição de saúde mental, aparecem de maneiras diferentes de pessoa para pessoa.

Somente profissionais de saúde mental treinados têm o conhecimento e a experiência necessários para diagnosticar com precisão o ASPD. Eles farão esse diagnóstico explorando padrões de longa data de exploração e manipulação no comportamento de uma pessoa – não olhando em seus olhos.

Crystal Raypole já trabalhou como escritor e editor da GoodTherapy. Seus campos de interesse incluem línguas e literatura asiáticas, tradução para o japonês, culinária, ciências naturais, positividade sexual e saúde mental. Em particular, ela está empenhada em ajudar a diminuir o estigma em torno de questões de saúde mental.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format