Os melhores vegetais para alimentar seu bebê em todas as fases


0

Frutas e vegetais no balcão
Fotografia por Aya Brackett

Todos nós queremos que nossos filhos cresçam comendo uma dieta saudável – e é difícil pensar em uma comida mais saudável do que vegetais. Cheios de carboidratos complexos, fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, os vegetais são um alicerce do bem-estar na dieta, mesmo para crianças muito pequenas.

Mas a questão sempre vem a seguir: você pode realmente fazer seu filho gostar legumes? A batalha por um prato de vegetais é uma luta clássica pelo poder entre pais e filhos.

Veja como não apenas escolher os melhores vegetais para seu bebê, mas também prepará-los de maneira que ajudem seu filho a se tornar um amante de vegetais para o resto da vida.

Os melhores vegetais para bebês

Para bebês que estão começando a comer alimentos sólidos (por volta dos 6 meses ou mais), experimente esses seis vegetais mais macios e que podem ser misturados.

Cenouras

Os vegetais favoritos de laranja do Bugs Bunny são um alimento básico para bebês por um bom motivo. Depois de cozidas, as cenouras puré lindamente e oferecem um sabor não muito picante para o paladar sensível do bebê.

Além disso, eles contêm muitas fibras para promover uma digestão saudável, bem como beta-caroteno, que se converte em vitamina A para melhorar a visão e a função imunológica.

Espinafre

Falando dos vegetais favoritos dos personagens de desenhos animados, lembra-se do amor de Popeye por espinafre? Este verde frondoso merece sua reputação de desenho animado por ser rico em ferro – um nutriente que os bebês precisam especialmente para energia e desenvolvimento.

Espinafre cozido e puré é melhor para bebês mais novos. Adicione uma pitada de sal para realçar o sabor.

Abóbora

A abóbora pode trazer à mente temperaturas frias e folhas caindo, mas com variedades enlatadas, seu filho pode desfrutar das cabaças em qualquer época do ano. A textura lisa da abóbora purificada é ideal como um dos primeiros alimentos do bebê, e grandes quantidades de A e C completam seu perfil nutricional.

Abacate

Os abacates são os heróis das gorduras monoinsaturadas saudáveis. Esses importantes macronutrientes ajudam a desenvolver o cérebro e o sistema nervoso do bebê, além de aumentar a absorção das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K. Enquanto isso, cada porção de abacate vem com uma dose considerável de fibra e folato.

Lembre-se de que um pouco de abacate com alto teor de gordura ajuda muito. Comece com uma porção de cerca de 1 colher de sopa, amassada.

Batatas doces

Purê de batata-doce cozida não só é fácil de servir ao seu filho, como também contém muitos nutrientes! Como a cenoura e a abóbora, a batata-doce explode com vitamina A de suporte imunológico e visual, além de muita fibra, manganês, vitamina B6 e vitamina C.

Ao servir batata-doce para seu bebê, certifique-se de amassá-lo bem e remover a casca.

Ervilhas

Ervilhas suculentas podem não parecer uma delícia culinária para adultos, mas são uma excelente escolha para bebês. Essas bolinhas verdes são um dos vegetais de maior proteína, com 4 gramas por porção.

Para servir, simplesmente cozinhe as ervilhas congeladas no vapor e bata até ficar um purê. Você pode até adicionar um pouco de leite materno para uma consistência mais fina.

Melhores vegetais para bebês mais velhos

À medida que seu bebê se torna mais um profissional de alimentos sólidos, experimente apresentar esses seis vegetais.

Brócolis

Com uma abundância de compostos e micronutrientes que combatem o câncer, o brócolis é um vegetal extremamente saudável para pessoas de todas as idades.

Transforme seu bebê neste superalimento crucífero servindo apenas brócolis cozido no vapor ou assado, ou adicione-o a pratos de massa, batatas assadas com queijo ou sopas resfriadas à temperatura ambiente.

Couve-flor

Seu pequeno comedor cortou alguns dentes? Agora é a hora de experimentar a couve-flor cozida! A textura robusta deste vegetariano em um purê (ou torrado e quase amassado) oferece o nível certo de desafio para novos mastigadores.

Abobrinha

Quando os meses de verão chegarem, aproveite uma safra abundante de abobrinhas alimentando o bebê com um pouco. A abóbora verde e amarela oferece um sabor suave e nutrientes como manganês, potássio e vitamina A.

Experimente servir abobrinhas para bebês preparadas como “zoodles” cozidos e espiralizados com molho de tomate ou em fatias finas e salteadas com um pouco de azeite.

Tomates

Em pouco tempo, seu filho provavelmente estará comendo todos os tipos de alimentos à base de tomate, como pizza e espaguete com marinara. Por enquanto, comece com a versão completa e fresca servindo tomates em pedaços finamente picados.

O amplo conteúdo de água para hidratação mais as vitaminas C e A aumentam o valor do tomate como um primeiro vegetal saudável.

Cebolas

Por causa de sua pungência, você pode evitar alimentar seu filho com cebolas. Mas esses alliums aromáticos podem ser uma ótima maneira de adicionar sabor à dieta do bebê sem sódio ou qualquer coisa artificial. Experimente cebolas cozidas em caçarolas ou misturadas com outros vegetais.

Beterraba

Sejamos honestos: a beterraba é um gosto adquirido. Dito isso, você pode torná-los mais tentadores para o bebê fazendo purê de beterraba cozida com frutas como mirtilos ou cerejas.

Os pigmentos nessas misturas coloridas podem deixar o bebê com um “bigode” de beterraba vermelha, mas o alto teor de folato, manganês e fibra da beterraba vale bem a pena.

Os melhores vegetais para desmame liderado por bebês

Você pode ajudar seu filho a assumir a liderança no processo de desmame, proporcionando-lhe muitas oportunidades de alimentação própria. Incorpore esses quatro vegetais do tamanho de uma mordida e facilmente apreendidos no desmame liderado por bebês (BLW).

Abóbora

Ao iniciar o desmame liderado pelo bebê, opte por alimentos mais macios. Eles são mais fáceis de roer para o bebê, o que pode acalmar suas preocupações sobre engasgo. (Ainda assim, supervisione cuidadosamente o seu bebê durante as refeições.)

Com sua textura macia e sabor doce, pedaços de abóbora cozida são uma excelente primeira rodada de BLW. Polvilhe os pedaços cozidos com canela para ainda mais sabor.

pimentões

Curiosidade: Onça por onça, os pimentões contêm mais vitamina C do que as laranjas! Esta vitamina importante não apenas fortalece o sistema imunológico, mas atua como um antioxidante antiinflamatório.

Dê uma vantagem à saúde do bebê, permitindo que ele se alimente com pimentões picados. Se o sabor forte das pimentas tiver uma reação negativa, experimente servi-las com queijo ou homus.

Pepinos

Não há nada tão refrescante quanto um pepino fresco e crocante. A sensação de resfriamento desses vegetais pode ser especialmente calmante para a dentição das gengivas dos bebês. Para reduzir o risco de asfixia, retire a casca dos pepinos e corte-os em pedaços pequenos como parte do desmame conduzido por bebês.

Edamame

Todo mundo sabe que tirar os grãos de edamame de suas cascas é metade da diversão de comer essas leguminosas tenras. No entanto, para o desmame liderado por bebês, comece colocando edamame com casca e levemente amassado na bandeja do cadeirão. Seu alto teor de proteína vai alimentar o tempo de brincadeira do bebê, bem como construir o tecido muscular.

Qual é o problema com bebês e vegetais ricos em nitratos?

Os vegetais estão entre os alimentos mais saudáveis ​​do planeta. Alguma coisa poderia dar errado em alimentá-los com seu bebê?

Para as crianças muito pequenas, existem algumas preocupações de segurança em relação aos nitratos – compostos que certos vegetais absorvem do solo.

Quando os bebês consomem quantidades excessivas de nitratos, isso pode levar a uma condição chamada metemoglobinemia. Bebês com essa condição podem desenvolver coloração azulada nas mãos, pés e boca e podem apresentar fadiga e dificuldade para respirar.

Se o seu bebê apresentar algum destes sintomas – especialmente falta de ar – procure atendimento médico imediatamente.

Os vegetais de raiz como beterraba, cenoura e folhas verdes (especialmente espinafre) contêm níveis relativamente altos de nitratos. Mas isso não significa que você não deva alimentar seu bebê com vegetais saudáveis ​​quando eles começarem a comer sólidos.

Pesquisas mais antigas de 2005 mostram que grandes quantidades de nitratos de vegetais são prejudiciais principalmente para bebês de 3 meses de idade ou menos – mas, como não é recomendado introduzir alimentos sólidos antes dos 6 meses, é provável que isso não seja um problema.

Outros vegetais a evitar

  • Mini Cenouras. “Baby” pode estar em seu nome, mas cenouras infantis não são uma boa escolha para bebês. Seu tamanho e dureza os tornam um risco de asfixia.
  • Aipo cru. As fibras fibrosas do aipo cru podem se alojar facilmente na garganta de um bebê. Se você decidir servir o aipo para seu bebê, certifique-se de que esteja bem cozido e cortado em pedaços pequenos.
  • Milho. Milho com creme ou purê é bom para bebês, mas evite servir os pequenos grãos em borracha.
  • Quaisquer vegetais duros e crus. De acordo com a Academia Americana de Pediatria, pedaços de vegetais crus continuam a ser um risco de asfixia até que as crianças atinjam a idade de 4 anos.

Quando falar com seu pediatra

Como acontece com qualquer grupo de alimentos, você pode se deparar com obstáculos ao apresentar a seu filho o amplo e colorido mundo dos vegetais. Embora as alergias a vegetais sejam raras e nenhum vegetal esteja entre os oito principais alérgenos alimentares, sempre é possível que uma criança tenha uma reação alérgica a qualquer alimento.

Se seu bebê apresentar sintomas como vômitos, diarreia, respiração ofegante, urticária ou erupção cutânea após comer um determinado vegetal, converse com seu pediatra sobre a possibilidade de uma alergia ou sensibilidade alimentar.

O resultado final

Ao contrário dos estereótipos, fazer seu filho comer vegetais não precisa ser uma batalha épica de vontades. Ao introduzir uma grande variedade de vegetais e preparações desde a infância, você dará ao seu filho a melhor chance de desenvolver um paladar que adora vegetais.

Mesmo que seu gourmand de cadeirinha despreze o espinafre ou torça o nariz para os nabos, não se desespere! Continue assim. Quanto mais você expõe seu filho a qualquer alimento, maior a probabilidade de ele eventualmente aceitá-lo (e até mesmo apreciá-lo).


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format