O TDAH pode causar tiques?


0

Os tiques são movimentos repetitivos e repentinos que você faz sem querer.

Por exemplo, você pode torcer repetidamente o nariz ou o pescoço, encolher os ombros ou piscar os olhos com mais força do que a maioria. Algumas pessoas têm tiques vocais – sons como tosse, grunhido ou fungadela. Esses sons e movimentos variam em complexidade, intensidade, suas causas e quanto tempo provavelmente durarão.

Os tiques que acontecem com frequência todos os dias e duram mais de um ano podem fazer parte de um tique nervoso, como a síndrome de Tourette, ou podem ser decorrentes de uma doença recente, como uma infecção estreptocócica.

Se você ou uma criança sob seus cuidados foram diagnosticados com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), você pode estar se perguntando se os tiques têm algo a ver com TDAH. Aqui está uma explicação rápida das conexões entre as duas condições.

Como o TDAH e os tiques estão relacionados?

O TDAH é um transtorno complexo com muitos sintomas e efeitos diferentes. Embora o TDAH em si não cause tiques, as pessoas com TDAH podem ter um transtorno de tiques concomitante. Também é possível ter TDAH e outra condição com sintomas que incluem tiques.

Ao longo dos anos, tem havido alguma preocupação sobre se os medicamentos que você toma para o TDAH podem causar ou piorar os tiques. Aqui está o que a pesquisa indica.

Múltiplos distúrbios

Pessoas com TDAH às vezes apresentam outros problemas de saúde ao mesmo tempo. Os pesquisadores descobriram, por exemplo, que entre 50 por cento e 70 por cento das crianças com TDAH também têm um tique nervoso.

O TDAH costuma ocorrer junto com outros distúrbios e condições que podem causar tiques, incluindo:

  • Síndrome de Tourette (TS). Muitas pessoas com diagnóstico de ST também apresentam sintomas de TDAH. A porcentagem pode ser tão alta quanto 90 por cento. Algum estudos mostram que, para pessoas com ST, os tiques diminuem na adolescência. Os sintomas de TDAH e TOC também podem se tornar menos graves em pessoas com ST durante a adolescência.
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Pesquisadores descobriram que os tiques são mais comuns em pessoas cujos sintomas de TOC envolvem compulsões agressivas e comportamentos de simetria.
  • Condições do espectro do autismo. Alguns dos comportamentos repetitivos associado ao autismo são tiques de rosto, corpo e voz. Em volta 20 a 50 por cento daqueles com TDAH também são autistas.

Essas condições de neurodesenvolvimento afetam muitos dos mesmas estruturas e regiões do cérebro como TDAH. Eles também compartilham algumas origens genéticas, então não é surpreendente que as condições causem sobreposição ou tipos de sintomas semelhantes. Todo esse território compartilhado pode dificultar a localização exata do que está causando os tiques.

Efeitos colaterais de medicamentos

Nas últimas décadas, alguns profissionais de saúde expressaram preocupação com a possibilidade de que certos medicamentos para o TDAH possam causar ou agravar os tiques. Vários estudos examinaram os efeitos colaterais dos medicamentos para TDAH, rastreando o número e a gravidade de quaisquer tiques que as pessoas experimentaram ao tomá-los.

Medicamentos estimulantes e a chance de tiques

A Food and Drug Administration (FDA) aprovou certos estimulantes para tratar os sintomas de TDAH em crianças. Agora mesmo, o FDA não recomenda usar medicamentos estimulantes para pessoas com transtornos de tiques, como a síndrome de Tourette, ou para pessoas com histórico familiar de transtornos de tiques.

Contudo, pesquisadores revisaram vários estudos conduzidos ao longo de várias décadas e relataram que não é provável que os medicamentos estimulantes causem ou piorem os tiques em crianças com TDAH.

No Década de 1970, o FDA alertou os pacientes para não usarem metilfenidato, um estimulante frequentemente prescrito para os sintomas de TDAH, por preocupação de que a droga pudesse causar tiques. Desde então, os pesquisadores estudaram extensivamente os efeitos da medicação e concluíram que qualquer aumento nos tiques não está relacionado ao metilfenidato. O FDA lista o metilfenidato em seu inventário de medicamentos aprovados para o tratamento do TDAH.

Medicamentos não estimulantes e a chance de tiques

O FDA aprovou três medicamentos não estimulantes para tratar o TDAH em crianças:

  • atomoxetina (Strattera)
  • clonidina (Kapvay)
  • guanfacina (Intuniv)

Pesquisa apóia o uso dessas drogas para controlar com segurança tiques e sintomas de TDAH em crianças, mas tem havido alguns estudos de caso que a atomoxetina sugerida pode ter causado tiques em algumas crianças.

O que você pode fazer sobre o TDAH e os tiques?

Alguns tiques desaparecem por conta própria ou são tão leves que você pode não querer ou precisar tratá-los. Para outros, aqui estão algumas opções de tratamento para tentar:

Considere terapias comportamentais

Duas formas de psicoterapia têm sido eficaz na redução de tiques: terapia de reversão de hábitos (HR) e prevenção de resposta à exposição (ERP).

O RH treina você a reconhecer a sensação que surge logo antes de um tique, dando a você a chance de controlar o movimento ou usar um movimento alternativo para liberar a tensão.

Na terapia ERP, você trabalha com um terapeuta para criar resistência em situações que provocam tiques.

É importante estar ciente de que, embora HRT e ERP funcionem bem para muitas pessoas, o TDAH às vezes pode interferir com a eficácia dessas duas terapias.

Como os tiques podem afetar a autoestima e o funcionamento social, também pode ser uma boa ideia explorar métodos de psicoterapia que enfoquem especificamente essas áreas da saúde mental.

Converse com um profissional de saúde sobre medicamentos

É importante conversar com um profissional de saúde sobre os sintomas que mais perturbam sua vida. Para algumas pessoas, os sintomas de TDAH causam problemas maiores do que tiques leves. Para pessoas com tiques graves ou complexos e dificuldades leves de TDAH, o tratamento eficaz dos sintomas de tiques pode ser mais importante.

Alguns medicamentos para TDAH têm um efeito positivo sobre os tiques. Se os tiques não responderem ao seu tratamento para TDAH, pode ser necessário tentar outro medicamento. Pode levar algum tempo para descobrir quais medicamentos e doses aliviam melhor os sintomas.

Concentre-se em melhorar sua vida de sono

Para muitas pessoas, os tiques pioram – ou pelo menos mais frequentes – quando estão cansadas. Ter uma boa noite de sono pode fazer a diferença. Isso pode ser especialmente desafiador para pessoas com TDAH, uma vez que os problemas de sono são uma marca registrada da condição.

Alguns medicamentos para TDAH podem ajudá-lo a adormecer, ou você pode querer falar com um profissional de saúde sobre como adicionar melatonina à sua rotina noturna.

Faça o que puder para reduzir o estresse e a ansiedade

Estresse e ansiedade são conhecido para aumentar a gravidade dos tiques. Na verdade, os tiques podem ter se desenvolvido como um meio de responder ao estresse. Todas essas são formas eficazes de diminuir a ansiedade e lidar com eventos estressantes:

  • meditação
  • ioga
  • atividade física
  • psicoterapia

Abordar a recuperação de traumas

Há bastante evidência sugerindo que os tiques podem se desenvolver ou piorar como resultado de um trauma crônico, especialmente onde a “base” genética para os tiques já está presente.

Se o trauma tem sido um fator em sua vida – especialmente na infância, quando as vias neurais estão se desenvolvendo – é importante descobrir mais maneiras de tratar os efeitos do trauma em sua mente e corpo.

Eduque seu círculo

É sempre importante respeitar a privacidade e os limites das pessoas em sua vida que têm problemas de saúde. Em alguns casos, pode ser uma boa ideia conversar com professores, treinadores, outros cuidadores e até mesmo colegas sobre um transtorno de tique, especialmente quando os tiques podem ser perceptíveis.

A Tourette Association of America aponta que educar as pessoas sobre um tique nervoso pode ajudar a criar um ambiente de apoio.

Quando falar com um profissional

Alguns tiques desaparecem por conta própria em um período de semanas ou meses. Se os tiques estão interferindo em sua sensação de bem-estar ou em sua capacidade de funcionar no trabalho, na escola, em casa ou na vida social, provavelmente é hora de discuti-los com um profissional de saúde.

É especialmente importante procurar ajuda se notar que os tiques estão piorando com um novo medicamento ou tratamento.

O resultado final

O TDAH por si só não causa tiques, mas muitas pessoas com TDAH têm outro transtorno que os causa. Os transtornos de tique, incluindo a síndrome de Tourette, podem coexistir com o TDAH. O TOC e as condições do espectro do autismo ocorrem freqüentemente com o TDAH, e essas condições também podem causar tiques e movimentos repetitivos.

Alguns profissionais de saúde expressaram preocupação sobre se os medicamentos para TDAH podem causar ou agravar os tiques, mas as evidências indicam que esse não é o caso.

Se você ou uma criança sob seus cuidados estão apresentando tiques e TDAH, é importante conversar com um profissional de saúde para que possa obter ajuda para qualquer outra condição que possa estar causando esse sintoma. Você pode melhorar seus sintomas com medicamentos, mais descanso, terapias comportamentais e uma redução nos níveis de estresse.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format