O que saber sobre solidão e diabetes


0

Mais que 10 por cento das pessoas nos Estados Unidos têm diabetes, de acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Mas, apesar de ser comum, o diabetes muitas vezes pode ser uma condição solitária e isolada.

A solidão pode potencialmente piorar a condição e dificultar o cumprimento dos planos de tratamento. Além disso, altos níveis de solidão podem levar a outros problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade.

É por isso que é importante encontrar maneiras de manter as conexões sociais ao controlar o diabetes.

Vamos examinar mais de perto a ligação entre solidão e diabetes, junto com as maneiras pelas quais você pode reduzir a sensação de isolamento e melhorar seu bem-estar emocional.

A ligação entre solidão e diabetes

Há uma ligação bidirecional entre solidão e diabetes, de acordo com pesquisa de 2018.

Viver com diabetes pode dificultar a prática de atividades físicas e interações sociais.

Isso, por sua vez, pode causar estresse e inflamação – o que pode levar a piores resultados de saúde para pessoas com diabetes. À medida que a condição piora, pode ser ainda mais difícil ter uma vida social.

Então, a solidão e o diabetes podem existir em um ciclo, onde cada um piora o outro.

Também há evidências de que a solidão pode aumentar o risco de diabetes.

Um estudo de 2020 acompanhou mais de 4.000 pessoas ao longo de 12 anos e descobriu que aqueles que estavam mais solitários no início do estudo tinham maior probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2, em comparação com aqueles que tinham pontuações mais baixas de solidão.

Essa descoberta ecoa uma pesquisa de 2017, que descobriu que pessoas com pequenas redes sociais eram mais propensas a ter diabetes tipo 2.

Para pessoas que vivem com diabetes, esses dados podem trazer conforto. Mostra que você não está sozinho em se sentir solitário.

Mas isso apenas começa a arranhar a superfície da relação entre solidão e diabetes. Mais pesquisas são necessárias para compreender as complexidades dessa conexão.

Como o diabetes pode aumentar o isolamento

Existem muitas razões pelas quais o diabetes pode contribuir para o isolamento social.

Em alguns casos, as pessoas podem evitar as interações sociais porque se sentem constrangidas ao verificar os níveis de glicose no sangue ou administrar insulina fora de casa.

Outras pessoas não querem responder a perguntas, por mais bem-intencionadas que sejam, sobre sua experiência com o diabetes.

Outro fator contribuinte pode ser a sensação de que as pessoas ao seu redor estão importunando você sobre sua condição.

UMA Estudo de 2018 encontraram taxas mais altas de solidão entre pessoas com diabetes que se sentiam incomodadas com lembretes de familiares para tomar remédios, fazer dieta ou fazer exercícios. Aqueles que ficavam felizes com os lembretes tendiam a se sentir menos solitários.

As complicações do diabetes – como retinopatia, nefropatia e neuropatia – também podem dificultar a participação em eventos sociais e a manutenção de relacionamentos.

Um estudo de 2020 descobriu que pessoas com complicações crônicas de diabetes eram mais propensas a ter níveis mais altos de solidão.

Embora este conjunto de pesquisas mostre que o diabetes pode aumentar o risco de ficar sozinho, é possível manter sua vida social. Pode significar procurar novas maneiras de se conectar com outras pessoas e ser intencional quanto à socialização para reduzir a sensação de isolamento.

6 maneiras de se sentir menos solitário

Você pode tomar várias medidas para combater a solidão se viver com diabetes tipo 2. Para muitas pessoas, superar esses sentimentos pode levar algum tempo, então tente ser paciente enquanto os supera.

Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para se sentir menos solitário.

Voluntário

Encontre oportunidades de voluntariado entrando em contato com grupos ou organizações que sejam importantes para você, como um abrigo para animais. Os centros comunitários locais também podem ter listas de lugares que recrutam ativamente voluntários.

Como voluntário, você pode retribuir aos outros e também desenvolver laços sociais mais fortes. Algumas oportunidades de voluntariado também podem ser totalmente remotas, permitindo que você contribua com a comunidade e promova conexões online.

Junte-se a um grupo de apoio

Falar com outras pessoas com diabetes tipo 2 pode ajudar a estabelecer conexões compartilhadas. Isso o lembra de que você não está sozinho e pode ajudá-lo a aprender novas ferramentas para superar barreiras.

Sua organização local de diabetes pode ter recursos para grupos pessoais ou online em sua área. Você também pode pesquisar grupos de apoio por meio da Defeat Diabetes Foundation.

Mexa seu corpo

O exercício não é apenas uma parte importante do controle do diabetes tipo 2 – também pode ser uma oportunidade para se conectar com outras pessoas.

Junte-se a um grupo de caminhada ou inscreva-se em uma aula de tai chi, ioga ou outra atividade de que goste. Até mesmo ir à academia pode dar a você a oportunidade de conversar com outras pessoas sobre exercícios e aliviar um pouco a solidão.

Estenda a mão para amigos e familiares

Tome a iniciativa de ligar para familiares e amigos. Um breve check-in pode aliviar a sensação de isolamento e solidão.

Tente se concentrar nas pessoas que tendem a fazer você se sentir mais positivo e apoiado, em vez daquelas que aumentam a sensação de estresse pessoal. Dessa forma, você pode sair da conversa se sentindo animado.

Assistir a uma aula

Faça uma aula sobre um assunto de seu interesse. Faculdades comunitárias, extensões universitárias e organizações privadas têm uma variedade de cursos disponíveis sobre quase todos os assuntos imagináveis.

Seja qual for o seu interesse, desde história antiga até costura, você pode encontrar uma aula para aprender mais sobre o assunto. Você também terá a oportunidade de conhecer outros alunos e um instrutor que compartilham um interesse comum, tornando mais fácil estabelecer uma conexão.

Obtenha as ferramentas para ajudar

Às vezes, as pessoas com diabetes enfrentam barreiras práticas que dificultam o controle de sua condição em trânsito. No entanto, obter as ferramentas certas pode ajudar.

Converse com organizações locais de diabetes sobre como obter ajudas de mobilidade gratuitas ou de baixo custo, kits de teste e outros suprimentos. Isso pode tornar mais fácil sair de casa e experimentar a vida na comunidade.

O takeaway

Existe uma conexão complexa entre solidão e diabetes. Algumas pesquisas mostram que a solidão pode aumentar o risco de diabetes.

A condição também pode apresentar desafios que dificultam a manutenção de conexões sociais, o que pode piorar os resultados de saúde.

Ter um papel ativo em sua vida social pode ajudar a reduzir os sentimentos de solidão. Você pode encontrar novos amigos por meio de aulas de ginástica, cursos de educação continuada e oportunidades de voluntariado.

Um grupo de apoio para diabetes também pode ajudá-lo a encontrar pessoas que entendem em primeira mão o que você está passando e o ajudam a se sentir menos sozinho.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format