O que saber sobre coceira vaginal


0

Incluímos produtos que consideramos úteis para nossos leitores. Se você comprar por meio dos links desta página, podemos ganhar uma pequena comissão. Aqui está nosso processo.

Visão geral

A coceira vaginal é um sintoma desconfortável e, às vezes, doloroso que geralmente ocorre devido a substâncias irritantes, infecções ou menopausa.

Também pode ocorrer como resultado de certas doenças de pele ou doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Em casos raros, pode ocorrer prurido vaginal devido ao estresse ou câncer vulvar.

A maioria das coceiras vaginais não é motivo de preocupação. No entanto, você deve entrar em contato com seu médico ou ginecologista se a coceira for intensa ou se você suspeitar que tem uma condição subjacente.

Seu médico pode determinar a causa de sua coceira vaginal por meio de exames e testes. Eles também poderão recomendar tratamentos apropriados para esse sintoma desconfortável.

Causas de coceira vaginal

Aqui estão algumas das possíveis causas para coceira na vagina e na área circundante.

Irritantes

Expor a vagina a produtos químicos irritantes pode causar coceira vaginal. Esses irritantes podem desencadear uma reação alérgica que cria uma erupção cutânea com coceira em várias áreas do corpo, incluindo a vagina. Irritantes químicos comuns incluem:

  • Sabonete
  • banhos de espuma
  • sprays femininos
  • duchas
  • contraceptivos tópicos
  • cremes
  • pomadas
  • detergentes
  • amaciantes de roupa
  • papel higiênico perfumado

Se você tem diabetes ou incontinência urinária, sua urina também pode causar irritação vaginal e coceira.

Doenças de pele

Algumas doenças de pele, como eczema e psoríase, podem causar vermelhidão e coceira na região genital.

Eczema, também conhecido como dermatite atópica, é uma erupção cutânea que ocorre principalmente em pessoas com asma ou alergias. A erupção é avermelhada e coceira com uma textura escamosa. Pode se espalhar para a vagina em algumas mulheres com eczema.

A psoríase é uma doença comum da pele que causa a formação de manchas vermelhas e escamosas ao longo do couro cabeludo e das articulações. Às vezes, surtos desses sintomas também podem ocorrer na vagina.

Infecção por fungos

O fermento é um fungo que ocorre naturalmente, normalmente presente na vagina. Geralmente não causa problemas, mas quando seu crescimento não é controlado, pode ocorrer uma infecção desagradável.

Esta infecção é conhecida como infecção vaginal por fungos. É uma condição muito comum, afetando 3 em cada 4 mulheres em algum momento de suas vidas, de acordo com a Clínica Mayo.

A infecção geralmente ocorre após a administração de antibióticos, pois esses tipos de medicamentos podem destruir bactérias boas junto com as bactérias ruins. As boas bactérias são necessárias para manter o crescimento do fermento sob controle.

O crescimento excessivo de fermento na vagina pode resultar em sintomas desconfortáveis, incluindo coceira, queimação e secreção irregular.

Vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana (VB) é outra razão comum para coceira vaginal.

Como uma infecção vaginal por fungos, a VB é desencadeada por um desequilíbrio entre bactérias boas e más que ocorrem naturalmente na vagina.

A condição nem sempre causa sintomas. Quando os sintomas aparecem, eles geralmente incluem coceira vaginal e uma secreção anormal de odor fétido. A secreção pode ser fina e cinza fosca ou branca. Em alguns casos, também pode ser espumoso.

Doenças sexualmente transmissíveis

Numerosas DSTs podem ser transmitidas durante a relação sexual desprotegida e causar coceira na vagina. Esses incluem:

  • clamídia
  • verrugas genitais
  • gonorréia
  • herpes genital
  • tricomoníase

Essas condições também podem causar sintomas adicionais, incluindo crescimentos anormais, corrimento vaginal verde ou amarelo e dor ao urinar.

Menopausa

Mulheres que estão passando pela menopausa ou que já o fizeram têm maior risco de coceira vaginal.

Isso se deve à redução dos níveis de estrogênio que ocorrem durante a menopausa, o que leva à atrofia vaginal. Este é um afinamento da mucosa que pode causar ressecamento excessivo. A secura pode causar coceira e irritação se você não receber tratamento para ela.

Estresse

O estresse físico e emocional pode causar coceira e irritação vaginal, embora isso não seja muito comum. Pode ocorrer quando o estresse enfraquece o sistema imunológico, deixando você mais sujeito a infecções que causam coceira.

Câncer vulvar

Em casos raros, a coceira vaginal pode ser um sintoma de câncer vulvar. É um tipo de câncer que se desenvolve na vulva, que é a parte externa dos genitais femininos. Inclui os lábios internos e externos da vagina, o clitóris e a abertura da vagina.

O câncer vulvar nem sempre pode causar sintomas. No entanto, quando ocorrem, os sintomas podem incluir coceira, sangramento anormal ou dor na região vulvar.

O câncer vulvar pode ser tratado com sucesso se o seu médico o diagnosticar nos estágios iniciais. Esse é outro motivo pelo qual os exames ginecologistas anuais são essenciais.

Quando consultar seu médico sobre coceira vaginal

É importante consultar o seu médico para coceira vaginal se a coceira for forte o suficiente para perturbar sua vida diária ou sono. Embora a maioria das causas não seja séria, existem alguns tratamentos que podem diminuir o desconforto da coceira vaginal.

Você também deve entrar em contato com o seu médico se a coceira vaginal persistir por mais de uma semana ou se a coceira ocorrer junto com os seguintes sintomas:

  • úlceras ou bolhas na vulva
  • dor ou sensibilidade na área genital
  • vermelhidão ou inchaço genital
  • dificuldade para urinar
  • um corrimento vaginal incomum
  • desconforto durante a relação sexual

Se você ainda não tem um OBGYN, pode procurar médicos em sua área por meio da ferramenta Healthline FindCare.

O que esperar durante sua consulta

O seu médico irá perguntar-lhe sobre os seus sintomas, incluindo a sua gravidade e quanto tempo duram. Eles podem perguntar sobre suas atividades sexuais também. Eles provavelmente também precisarão realizar um exame pélvico.

Durante um exame pélvico, o médico inspeciona visualmente a vulva e pode usar um espéculo para ver o interior da vagina. Eles podem pressionar seu abdômen ao inserir um dedo enluvado em sua vagina. Isso permite que eles verifiquem os órgãos reprodutivos em busca de quaisquer anormalidades.

Seu médico também pode coletar uma amostra de tecido cutâneo de sua vulva ou uma amostra de seu corrimento para análise. Seu médico também pode realizar exames de sangue ou urina.

Tratamento médico para coceira vaginal

Assim que o médico descobrir a causa subjacente da coceira vaginal, ele recomendará opções de tratamento. O curso específico de tratamento necessário depende da condição específica que está causando o problema.

Infecções vaginais por fungos

Seu médico pode tratar infecções fúngicas vaginais com medicamentos antifúngicos. Eles vêm em várias formas, incluindo cremes, pomadas ou comprimidos. Eles estão disponíveis por receita ou sem receita.

No entanto, se o seu médico nunca lhe diagnosticou uma infecção por fungos, certifique-se de falar com ele antes de tomar qualquer medicamento sem receita.

BV

Os médicos costumam tratar a VB com antibióticos. Eles podem vir na forma de pílulas que você toma por via oral ou cremes que você insere na vagina. Independentemente do tipo de tratamento que você usa, é importante seguir as instruções do seu médico e completar o ciclo completo da medicação.

DSTs

Você pode tratar DSTs com antibióticos, antivirais ou antiparasitários. Você precisará tomar seus medicamentos regularmente e evitar relações sexuais até que a infecção ou doença desapareça.

Menopausa

O prurido relacionado à menopausa pode ser tratado com creme de estrogênio, comprimidos ou anel vaginal.

Outras causas

Outros tipos de coceira e irritação vaginal geralmente desaparecem por conta própria.

Enquanto isso, você pode aplicar cremes ou loções esteróides para reduzir a inflamação e aliviar o desconforto. No entanto, você deve limitar a quantidade de uso, pois eles também podem causar irritação crônica e coceira se você usá-los em excesso.

Remédios caseiros para coceira vaginal

Você pode prevenir a maioria das causas da coceira vaginal por meio de uma boa higiene e hábitos de vida. Existem várias etapas que você pode seguir em casa para prevenir irritação e infecção vaginal:

  • Use água morna e um limpador suave para lavar a área genital.
  • Evite sabonetes perfumados, loções e banhos de espuma.
  • Evite usar produtos como sprays e duchas vaginais.
  • Troque as roupas molhadas ou úmidas logo após nadar ou se exercitar.
  • Vestem cueca de algodão e mude sua cueca todos os dias.
  • Coma iogurte com culturas vivas para reduzir a chance de contrair infecções por fungos.
  • Use preservativos durante as relações sexuais.
  • Sempre limpe da frente para trás depois de evacuar.

Leia este artigo em espanhol


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format