Ministros da Defesa da Turquia, Síria e Rússia conversam em Moscou


0

As três nações concordam em continuar se reunindo no futuro para garantir a estabilidade na Síria e na região, disse o Ministério da Defesa turco.

Os ministros da Defesa da Rússia, Turquia e Síria mantiveram conversações em Moscou em um claro sinal de normalização entre Ancara e Damasco na guerra síria de uma década.

O ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar, e o chefe da Organização Nacional de Inteligência (MIT), Hakan Fidan, se reuniram com o ministro da Defesa da Síria, Ali Mahmoud Abbas, e o chefe da inteligência da Síria, Ali Mamlouk, em Moscou, juntamente com o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, informou o Ministério da Defesa da Turquia nesta quarta-feira .

“Foram discutidas formas de resolver a crise síria e o problema dos refugiados, bem como esforços conjuntos para combater grupos extremistas na Síria”, disse a agência de notícias RIA, citando o Ministério da Defesa russo.

“A crise síria, a questão dos refugiados e os esforços de luta conjunta contra todas as organizações terroristas em solo sírio foram discutidos na reunião construtiva”, disse o comunicado do ministério na quarta-feira.

“Os ministros da defesa turcos, russos e sírios, bem como os chefes de inteligência em Moscou, concordaram em continuar as reuniões tripartidas para garantir a estabilidade na Síria e na região como um todo”, acrescentou.

Sinem Koseoglu, da Al Jazeera, disse que a reunião foi importante porque os ministros turco e sírio conversaram pela primeira vez em 11 anos.

“Ouvimos autoridades turcas dizendo que é hora de normalizar os laços com a Síria”, disse ela, acrescentando que os dois países já estão conversando nos níveis de inteligência.

Koseoglu disse que ainda há grandes diferenças entre Ancara e Damasco sobre a questão síria.

“Sabemos que Damasco quer a presença militar turca fora de suas fronteiras”, disse ela.

“Também estamos ouvindo que o ministro da Defesa turco pediu o retorno seguro e honorário dos refugiados sírios”, acrescentou ela.

Erdogan provavelmente se encontrará com Assad

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou este mês que propôs ao presidente russo, Vladimir Putin, formar um mecanismo trilateral com a Rússia e a Síria para acelerar a diplomacia entre Ancara e Damasco.

Em várias ocasiões nos últimos meses, o líder turco disse que poderia se encontrar com o presidente da Síria, Bashar al-Assad.

Depois de um ataque mortal a bomba em Istambul no mês passado, a Turquia lançou operações aéreas em retaliação ao incidente.

Erdogan disse que Ancara montaria uma operação terrestre no norte da Síria contra alvos ligados a combatentes do YPG, que Ancara diz ser uma ala do proscrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), um grupo armado que trava uma guerra contra o Estado turco desde 1980.

O presidente turco disse que a Turquia está mais determinada do que nunca a proteger sua fronteira sul com um “corredor de segurança”, garantindo a integridade territorial da Síria e do Iraque, onde também conduz operações.

Uma normalização entre as relações de Ancara e Damasco reformularia a devastadora guerra síria de uma década.

O apoio turco tem sido vital para sustentar os rebeldes sírios em seu último grande ponto de apoio territorial no noroeste, depois que as forças do presidente al-Assad derrotaram os combatentes em todo o país, auxiliados pela Rússia e pelo Irã.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *