Jogador de futebol palestino morto por Israel na Cisjordânia: médicos


0

As forças israelenses mataram a tiros o palestino de 23 anos e feriram outros cinco em Nablus durante um ataque.

Médicos palestinos dizem que as forças israelenses mataram um jogador de futebol de 23 anos e feriram outros cinco durante confrontos na Cisjordânia ocupada.

Ahmed Daraghmeh foi mortalmente ferido no início da quinta-feira, quando palestinos trocaram tiros com tropas israelenses que invadiram a cidade de Nablus para escoltar judeus israelenses a um local conhecido como Tumba de José na cidade palestina.

O som de tiros foi ouvido em vídeos amadores que os palestinos gravaram de suas janelas.

Daraghmeh era da cidade vizinha de Tubas. A mídia palestina local informou que ele jogou futebol pelo clube da Premier League da Cisjordânia, Thaqafi Tulkarem.

O popular site de futebol árabe Kooora o listou como o artilheiro do time nesta temporada, com seis gols.

Não ficou claro se ele estava participando dos confrontos.

Os militares israelenses disseram ter disparado contra palestinos que lançaram explosivos e atiraram contra tropas israelenses quando chegaram a Nablus, antes de acrescentar que “suspeitos” foram atingidos.

O grupo palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza bloqueada, disse que Daraghmeh era um membro, mas não especificou se ele estava envolvido em combates quando foi morto.

Cerca de 150 palestinos foram mortos pelas forças israelenses na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém Oriental este ano, segundo dados oficiais, tornando 2022 o ano mais mortal para os palestinos desde 2006.

Outras 31 pessoas também foram mortas em ataques palestinos.

As tensões no terreno estão altas desde o ano passado. Incursões militares israelenses e assassinatos em cidades e vilas palestinas estão ocorrendo quase diariamente, em paralelo com um aumento nos ataques armados palestinos, bem como um aumento nos ataques de colonos ilegais contra palestinos.

Os ataques israelenses têm se concentrado particularmente nas cidades de Jenin e Nablus, no norte da Cisjordânia, onde a resistência armada palestina está crescendo.

Na semana passada, as forças israelenses mataram uma garota palestina de 16 anos, Jana Majdi Zakarneh, durante um ataque militar na cidade de Jenin, no norte da Cisjordânia ocupada.

Zakarneh estava brincando com seu gato no telhado de sua casa quando foi morta a tiros, segundo a mídia local. O ministério disse que ela foi baleada na cabeça.

Corpo palestino é mantido como moeda de troca

Enquanto isso, o ministro da Defesa de Israel disse na quarta-feira que os restos mortais de um prisioneiro palestino que morreu um dia antes de câncer de pulmão não seriam liberados para enterro.

O gabinete de Benny Gantz disse que o corpo de Nasser Abu Hmaid, um dos fundadores da Brigada dos Mártires de Al Aqsa, seria mantido como moeda de troca para a devolução de israelenses cativos e os restos mortais de soldados detidos pelo grupo palestino Hamas na região sitiada. Faixa de Gaza.

Abu Hmaid, 50, era um ex-líder do braço armado do partido Fatah, do presidente palestino Mahmoud Abbas. Ele cumpria várias sentenças de prisão perpétua desde 2002, após ser condenado por envolvimento na morte de sete israelenses durante a segunda Intifada palestina, ou levante, contra a ocupação de Israel no início dos anos 2000.

Israel muitas vezes retém os restos mortais de palestinos mortos durante supostos ataques. Israel diz que a política serve como um impedimento para futuros ataques e alavanca para trocas de prisioneiros, enquanto grupos de direitos humanos dizem que a ação é uma forma de punição coletiva infligida a famílias enlutadas.

O Hamas mantém dois prisioneiros israelenses e os restos mortais de dois soldados israelenses mortos durante a guerra de Gaza em 2014.

Autoridades palestinas pediram a libertação de Abu Hmaid devido à deterioração de sua saúde nos últimos meses e, na terça-feira, culparam Israel por sua morte.

Gantz negou as alegações de que Israel teve qualquer envolvimento na morte de Abu Hmaid.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *