Ex-chefe de gabinete militar do Egito libertado após quase dois anos de detenção


0

FOTO DE ARQUIVO – Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas do Egito, Sami Anan, durante uma reunião no Cairo, Egito, em 29 de março de 2011. REUTERS / Khaled Desouki / Foto da piscina / arquivo

CAIRO – O ex-chefe militar do Egito Sami Anan foi libertado da detenção no domingo quase dois anos após sua prisão, após seus planos de competir nas eleições presidenciais de 2018, disse seu gerente no Twitter.

Anan, agora em casa, de acordo com o gerente, foi mantido em uma prisão militar até sofrer um derrame em julho de 2018 e depois foi transferido para um hospital militar no subúrbio de Maadi, no Cairo, onde permaneceu até sua libertação.

Sua saúde melhorou, disse uma fonte familiarizada com o assunto. A razão de sua libertação ainda não está clara.

Anan, visto como o principal desafiante de Sisi naquela eleição, foi preso e suspendeu sua oferta presidencial depois que os militares o acusaram de concorrer a um cargo sem permissão, o que considerava uma violação da lei militar. O porta-voz de Anan negou que ele tivesse quebrado alguma lei.

O presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi foi reeleito para um segundo mandato em 2018, conquistando 97% dos votos com uma participação de 41%. A eleição contou com apenas um outro candidato, um fervoroso defensor de Sisi, depois que os candidatos da oposição interromperam suas campanhas em janeiro.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *