Encontrando o melhor tratamento para NSCLC: por que as mutações são importantes


0

O câncer de pulmão de células não pequenas (NSCLC) é o tipo mais comum de câncer de pulmão. Entre 80 e 85 por cento de todos os cânceres de pulmão são desse tipo.

No passado, todos com NSCLC costumavam receber o mesmo tratamento. Isso pode ter incluído cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou uma combinação desses tratamentos.

O câncer é causado por mudanças nos genes que controlam o crescimento e a divisão celular. Essas mutações permitem que as células cresçam descontroladamente para formar tumores.

Pesquisadores descobriram recentemente que todos os cânceres de pulmão não são iguais. As células cancerosas podem estar ligadas a várias mutações genéticas diferentes que ajudam os tumores a crescer.

Essa descoberta levou à introdução de drogas direcionadas que tratam de mutações genéticas específicas. Tratamentos direcionados bloqueiam os sinais que ajudam certos cânceres de pulmão a crescer. Essas drogas melhoram a sobrevivência de algumas pessoas cujo câncer de pulmão apresenta alterações genéticas.

Pergunte ao seu médico se você deve ser testado para mutações no gene NSCLC. Esses testes podem ajudar seu médico a encontrar o tratamento certo para você e prever como você responderá a ele.

Encontrando o plano de tratamento certo

Para encontrar o tratamento mais eficaz, seu médico precisa primeiro obter algumas informações sobre o seu câncer.

O tipo de tumor

Diferentes tipos de câncer respondem de maneira diferente aos tratamentos. O NSCLC é dividido em três tipos:

  • Adenocarcinoma começa nas células produtoras de muco dos pulmões.
  • Célula escamosa o carcinoma começa nas células que revestem as vias aéreas.
  • Carcinoma de células grandes pode começar em qualquer parte do pulmão. Muitas vezes, cresce rapidamente.

O estágio do câncer e quão agressivo ele é

Os NSCLCs em estágio inicial não cresceram além do pulmão. A cirurgia pode ser uma opção para esses tumores.

Uma vez que o câncer se espalhou para fora do pulmão, os tratamentos incluem quimioterapia, terapia direcionada, imunoterapia e radiação.

Alguns cânceres se espalham mais rápido do que outros. Eles precisam de diferentes tipos de tratamento.

As mutações genéticas específicas do tumor

Genes mutantes produzem proteínas que ajudam as células cancerosas a crescer. Drogas direcionadas bloqueiam essas proteínas para evitar que as células cancerosas se espalhem. EGFR, KRASe ALK estão entre as mutações genéticas mais comuns que os médicos testam no câncer de pulmão.

É importante que seu médico entenda quais mutações genéticas estão em seu tumor para escolher o tratamento direcionado certo para você.

Teste de mutações

A análise de uma amostra de tecido do pulmão e, às vezes, dos gânglios linfáticos ao redor dos pulmões, pode fornecer as informações necessárias para orientar seu tratamento. Seu médico removerá esse tecido com uma agulha durante uma biópsia.

Seu médico envia a amostra de tecido a um laboratório para análise molecular. O laboratório fará a triagem do seu câncer para mutações genéticas e outros biomarcadores. Saber quais biomarcadores você possui pode ajudar seu médico a personalizar seu tratamento.

Seu médico também pode solicitar um exame de sangue para detectar EGFR mutações.

Mutações genéticas e seus tratamentos

Certas mutações genéticas ajudam o câncer de pulmão a crescer e se espalhar. Se os resultados do seu teste forem positivos para uma dessas mutações, seu médico pode lhe dar um medicamento que visa especificamente a mutação.

As terapias direcionadas bloqueiam as vias que ajudam o NSCLC a crescer e se espalhar. Como esses medicamentos se concentram em tratar as anormalidades específicas que ajudam os tumores a sobreviver, eles são mais eficazes contra o câncer do que os tratamentos tradicionais, como quimioterapia e radioterapia.

Os medicamentos direcionados também podem ter menos efeitos colaterais.

EGFR

Os receptores do fator de crescimento epidérmico (EGFRs) são proteínas na superfície de algumas células cancerosas. Eles ajudam as células a crescer e se dividir. Uma mutação no EGFR gene ativa esses receptores, o que permite que as células cancerosas cresçam mais rápido.

Cerca de 10 por cento das pessoas com NSCLC e 50 por cento das pessoas com câncer de pulmão que nunca fumaram têm um EGFR mutação, estima o Memorial Sloan Kettering Cancer Center.

Os inibidores de EGFR bloqueiam os sinais de que os cânceres com o EGFR mutação precisa crescer. Este grupo de drogas inclui:

  • afatinib (Gilotrif)
  • dacomitinibe (Vizimpro)
  • erlotinib (Tarceva)
  • gefitinib (Iressa)
  • necitumumab (Portrazza)
  • osimertinib (Tagrisso)

ALK

Cerca de 5 por cento dos NSCLCs têm uma alteração para a cinase do linfoma anaplásico (ALK) gene. Se você tem um ALK mutação, seu câncer pode responder a um destes medicamentos:

  • alectinib (Alecensa)
  • brigatinib (Alunbrig)
  • ceritinibe (Zykadia)
  • crizotinib (Xalkori)
  • lorlatinib (Lorbrena)

KRAS

o KRAS mutação é uma das mutações genéticas mais comuns do câncer de pulmão. É encontrado em cerca de 25% dos NSCLCs. Se você tiver uma dessas mutações, pode tentar um novo medicamento em um ensaio clínico.

MET e METex14

A transição mesenquimal-epitelial (CONHECEU) O gene está envolvido nas vias de sinalização que controlam o crescimento, a sobrevivência e a propagação das células. o METex14 mutação é um tipo de CONHECEU mutação que está ligada a cerca de 3 a 4 por cento de NSCLCs.

Capmatinib (Tabrecta) foi recentemente aprovado pela Food and Drug Administration como um tratamento direcionado para o METex14 mutação.

ROS1

Cerca de 1 a 2 por cento dos NSCLCs têm essa mutação genética. Normalmente, os cânceres que são ROS1-teste positivo negativo para ALK, KRASe EGFR mutações genéticas.

o ROS1 mutação é semelhante ao ALK mutação. Algumas das mesmas drogas tratam ambas as mutações, incluindo Xalkori e Lorbrena.

Outras mutações genéticas

Algumas outras mutações do gene NSCLC têm seus próprios tratamentos direcionados, incluindo:

  • BRAF: dabrafenib (Tafinlar) e trametinib (Mekinist)
  • RET: selpercatinib (Retevmo)
  • NTRK: entrectinibe (Rozlytrek) e larotrectinibe (Vitrakvi)

O takeaway

Pergunte ao seu médico se o seu câncer deve ser testado para mutações genéticas. Os resultados desses testes genéticos podem ajudar seu médico a encontrar um tratamento direcionado com maior probabilidade de funcionar contra o seu tipo específico de câncer.

Os tratamentos direcionados também costumam ter menos efeitos colaterais do que a quimioterapia ou outros tratamentos padrão.

Se um tratamento não estiver disponível para sua mutação específica, você pode participar de um ensaio clínico de um novo medicamento que está sendo investigado.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format