Ecoterapia e o poder de cura da natureza


0

mulher caminhando por uma floresta

Você jardina quando se sente ansioso? Planejar caminhadas de fim de semana para aliviar o estresse após uma longa semana?

Você não está imaginando que o tempo na natureza o ajuda a se sentir melhor. Muitas pessoas acham que passar o tempo ao ar livre melhora o humor e promove relaxamento e calma.

A ecoterapia é uma abordagem que se baseia na ideia de que as pessoas têm uma conexão profunda com seu meio ambiente e com a própria terra. Nessa mesma linha de pensamento, deixar de nutrir essa conexão pode prejudicar seu bem-estar, principalmente sua saúde mental.

Embora a ecopsicologia seja um campo emergente, o consenso entre os especialistas permanece consistente: passar um tempo na natureza pode ter um impacto muito positivo em sua saúde mental.

Quais são os diferentes tipos?

A ecoterapia pode envolver atividades pouco estruturadas, como caminhar na praia ou fazer uma caminhada em uma área florestal. Você também pode optar por participar de abordagens mais formais, geralmente com a orientação de um terapeuta.

Algumas dessas abordagens incluem:

  • Jardinagem ou agricultura comunitária. Jardinar com vizinhos em terras compartilhadas oferece a chance de cultivar seus próprios produtos, construir relacionamentos, e passe algum tempo trabalhando ao ar livre. Alguns programas também ensinam tarefas agrícolas básicas, como cuidar de animais ou plantações.
  • Terapia na selva ou aventura. Esta abordagem para o tratamento de saúde mental ensina técnicas de enfrentamento e habilidades terapêuticas para adolescentes e jovens adultos enquanto eles acampam e caminham no deserto com seus colegas.
  • Prescrições do parque. Um número cada vez maior de provedores de saúde e profissionais de saúde mental estão começando a recomendar que as pessoas passem uma quantidade específica de tempo a cada semana visitando um parque ou praticando outras atividades ao ar livre.
  • Banho de floresta. Um pouco mais do que uma caminhada no parque, essa prática incentiva o uso consciente de seus cinco sentidos enquanto você perambula por florestas ou ambientes com árvores semelhantes.
  • Terapia assistida por animais. Acariciar, brincar ou trabalhar com animais como cavalos, cães e pássaros ao ar livre pode oferecer outra maneira de controlar o estresse.
  • Meditação ao ar livre e ioga. Yoga e meditação oferecem benefícios bem estabelecidos, mas podem ser ainda mais recompensadores fora de casa.

Muitas práticas de ecoterapia também priorizam a construção de uma relação de mão dupla com a natureza, devolvendo algo para a área, seja coletar lixo ou plantar tesouros. Isso também pode ajudar com problemas relacionados à eco-ansiedade ou ansiedade relacionada a preocupações como danos e degradação ambiental, aquecimento global ou desastres naturais.

Mesmo pequenos esforços para reduzir sua pegada de carbono, como reciclagem, compostagem e limitação de direção podem beneficiá-lo e o planeta.

Quais são os benefícios?

Uma atração principal da ecoterapia? Pode ser bastante barato e de fácil acesso à natureza, dependendo da abordagem que você escolher.

Veja alguns outros benefícios.

Mais oportunidades de conexão social

Uma sensação de unidade com a natureza pode ser muito boa, mas provavelmente você também precisa de alguma conexão humana.

A ecoterapia geralmente ocorre em ambientes de terapia de grupo, mas você pode se conectar com outras pessoas, mesmo fora da terapia formal.

A horticultura comunitária, por exemplo, pode reduzir a solidão, familiarizá-lo com novas pessoas e aumentar os sentimentos de solidariedade comunitária.

Muitas pessoas que gostam de caminhadas e passeios pela natureza preferem ir em grupos. Sites como o Meetup podem ajudá-lo a encontrar outras pessoas interessadas em atividades naturais semelhantes nas proximidades.

Motivação para exercer

Muitas práticas de ecoterapia vão tirar você de casa e se mudar. Mesmo a jardinagem, que pode não parecer tão extenuante no início, envolve muito movimento.

O exercício pode ajudar a melhorar o sono e outros aspectos da saúde física, é claro, mas também pode ter um impacto positivo na saúde mental.

Simplesmente desfrutar de um pouco de ar fresco pode aliviar o mau humor, enquanto o sol pode ter um efeito mais direto sobre sentimentos de depressão ou ansiedade.

Para fazer você mesmo e natureza alguma coisa boa, você pode até tentar plogging – o termo oficial para recolher o lixo enquanto você corre.

Maior atenção plena

Quando você passa um tempo em um ambiente natural, é mais provável que você use seus sentidos para experimentar o que está ao seu redor. Sons calmantes, como o chilrear dos pássaros ou o farfalhar das folhas, podem ajudá-lo a se desligar do trânsito, dos conflitos de trabalho e dos estressores comuns da vida cotidiana.

Voltar sua atenção para o cenário também pode ajudar Pyou a praticar o foco no presente, em vez de percorrer mentalmente pensamentos preocupantes. Ao passar mais tempo na natureza, você pode até criar um hábito de atenção plena sem querer.

O que a pesquisa diz?

As evidências existentes sugerem uma ligação entre a terapia da natureza e a melhoria da saúde mental:

  • Para resiliência. De acordo com um Revisão de estudos de 2018, as crianças que vivem em áreas rurais tendem a ter maior resiliência ao estresse, níveis mais elevados de autoestima e maior concentração e habilidades cognitivas. O tempo ao ar livre também pode promover a criatividade e fortalecer seu senso de identidade, observam os autores da revisão.
  • Para transtorno de estresse pós-traumático (PTSD). A mesma revisão encontrou suporte para a ecoterapia como uma intervenção promissora para veteranos que vivem com estresse pós-traumático. Uma revisão de 2017 enfatiza os benefícios potenciais da terapia natural para os sintomas de PTSD, particularmente para aqueles que têm dificuldade em seguir outros programas de tratamento ou os consideram inúteis.
  • Para recuperação do sistema nervoso. Pesquisa de 2010 sugere que, quando você está exposto ao estresse, os sons da natureza podem ajudar seu sistema nervoso a se recuperar mais rápido do que os sons do trânsito e outros barulhos comuns da cidade.
  • Para melhorar o bem-estar. UMA Revisão de 2020 sugere que a jardinagem em casa pode promover o bem-estar emocional. A pesquisa de 2019 também apóia os benefícios da jardinagem para pacientes em um hospital psiquiátrico. Muitos relataram melhor humor, aumento da calma, sentimentos de pertencimento e uma compreensão mais profunda de sua saúde mental.

Essas descobertas dão suporte à ecoterapia como uma abordagem de tratamento útil. Dito isso, a pesquisa científica ainda tem um caminho a percorrer antes que os tratamentos baseados na natureza se juntem às fileiras das abordagens de terapia baseada em evidências, como a terapia comportamental cognitiva ou a terapia comportamental dialética.

Técnicas para experimentar por conta própria

A verdadeira ecoterapia geralmente envolve a orientação de um terapeuta treinado, mas você pode criar sua própria prática de bem-estar baseada na natureza com essas estratégias.

Apenas uma nota de segurança rápida: sempre certifique-se de verificar os avisos da trilha e ler os avisos sobre a vida selvagem ou o clima ao fazer caminhadas, passar um tempo em uma nova área ou passar um longo período ao ar livre. A maioria dos parques públicos tem um site com informações sobre vida selvagem potencialmente perigosa e áreas inseguras.

Comece uma coleta informal de lixo

Traga luvas de borracha e um saco de lixo em sua caminhada diária para coletar o lixo em sua vizinhança. Você não só se beneficia de estar de fora, mas também está limpando a comunidade.

Bônus: você provavelmente atrairá a atenção de alguns vizinhos que pensam como você no processo.

Comece a cavar

Aqui está mais um motivo para tentar jardinagem: Mycobacterium vaccae, um tipo de bactéria saudável encontrada no solo, poderia ajudar a desencadear a liberação de serotonina, um hormônio ligado ao humor positivo.

Enquanto você trabalha, use seus sentidos para experimentar completamente o seu jardim:

  • Como é a sensação do solo em suas mãos?
  • Respire o cheiro da terra e das plantas em crescimento.
  • Que emoções você sente ao ver suas plantas desabrocharem?

Veja como uma pessoa usa a jardinagem como uma ferramenta de ansiedade, além de dicas para você mesmo começar.

Explore o lado mais escuro da natureza (literalmente)

Você é uma coruja da noite? A terapia noturna da natureza pode ser certa para você.

Um pequeno estudo piloto de 2014 sugere que as atividades da “natureza negra”, como observar as estrelas, podem oferecer benefícios semelhantes a alguma terapia diurna, incluindo sensações de calma e relaxamento e uma maior sensação de conexão com o mundo natural.

Então, em vez de passar um tempo com as estrelas da TV, considere clicar em “pausar” no próximo episódio, ir para fora (ou para um parque próximo com menos poluição luminosa) e deixar o real estrelas deslumbram você.

Passe um dia entre árvores

Você pode não ter uma floresta a uma distância facilmente acessível, mas ainda pode tentar tomar banho na floresta em qualquer área rica em árvores.

Reserve algumas horas para uma longa caminhada, para que possa vivenciar plenamente o que está à sua volta. Certifique-se de permanecer nos caminhos marcados, mas, além disso, deixe seus pés o levarem para onde eles quiserem. Preste atenção ao que você vê, cheira e ouve. Não tenha medo de sujar as mãos ao tocar em árvores, no solo ou nas folhas. Deixe os sons naturais preencherem seus ouvidos.

Considere levar um livro para ler debaixo de uma árvore, meditar, escrever um diário ou desenhar sobre sua experiência. Seu objetivo é mergulhar na floresta.

Tente não usar seu telefone ou outra tecnologia, se puder evitá-lo, embora você possa querer mantê-lo com você em caso de emergência.

Faça suas atividades regulares fora

Tudo bem se você não tiver muito tempo para se dedicar às atividades naturais. Mesmo que você não possa viajar para uma floresta ou praia, você ainda pode incorporar a natureza em sua programação atual movendo algumas de suas atividades habituais para fora:

  • Se você costuma fazer exercícios em casa ou na academia, tente andar de bicicleta ou correr nas trilhas do parque.
  • Desfrute da leitura, de livros escolares ou de documentos de trabalho ao ar livre. Até mesmo sentar em um banco debaixo de uma árvore pode fazer a diferença.
  • Todo mundo tem que comer, então por que não fazer um piquenique? Pratique a atenção plena enquanto saboreia uma refeição em um belo cenário natural. Faça com que seja uma experiência social convidando familiares ou amigos para se juntarem e desafiem uns aos outros a perceber coisas novas sobre o meio ambiente.

Não hesite em pedir suporte extra

Se você deseja obter todos os benefícios da ecoterapia, é melhor trabalhar com um terapeuta experiente. Como uma abordagem para o tratamento de saúde mental, a ecoterapia ainda é relativamente nova, então você pode ter que fazer algumas pesquisas para encontrar um terapeuta que ofereça ecoterapia.

Comece com uma rápida pesquisa online por terapeutas da natureza ou ecoterapeutas em sua área, ou tente um diretório como Psychology Today. Muitos terapeutas oferecem abordagens baseadas na natureza sem se listar como ecoterapeutas, então você provavelmente vai querer entrar em contato com alguns e perguntar.

Se você já encontrou um terapeuta com quem se sente confortável, mencione seu interesse pela terapia da natureza. Eles podem oferecer orientação sobre como encontrar o programa ou terapeuta certo.

O resultado final

As evidências científicas continuam a explorar os benefícios da ecoterapia para a saúde mental, mas é bastante seguro dizer que a natureza, embora não seja uma cura milagrosa, parece ajudar as pessoas a se curar.


Crystal Raypole já trabalhou como escritor e editor da GoodTherapy. Seus campos de interesse incluem línguas e literatura asiáticas, tradução para o japonês, culinária, ciências naturais, positividade sexual e saúde mental. Em particular, ela está empenhada em ajudar a diminuir o estigma em torno de questões de saúde mental.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format