Como lidar com dias de doença escolar


0

Os pais fazem o possível para manter as crianças saudáveis ​​durante a temporada de gripe, mas às vezes até as medidas preventivas mais vigilantes não conseguem evitar a gripe.

Quando seu filho fica gripado, mantê-lo longe da escola pode ajudá-lo a se recuperar mais rapidamente. Também ajuda a evitar que o vírus se espalhe para outras crianças na escola, o que é fundamental para manter todos o mais saudáveis ​​possível.

Os profissionais de saúde recomendam que as crianças doentes fiquem em casa até que estejam bem o suficiente para voltar à escola. Isso geralmente ocorre cerca de 24 horas após os sintomas começarem a melhorar. Em alguns casos, entretanto, pode ser difícil determinar se seu filho está bem o suficiente para voltar à escola. Considere os seguintes sinais ao tomar sua decisão.

Febre

É melhor manter seu filho em casa se ele tiver uma temperatura igual ou superior a 100,4 ° F. A febre indica que o corpo está lutando contra a infecção, o que significa que seu filho é vulnerável e provavelmente contagioso. Espere pelo menos 24 horas depois que a febre baixar e se estabilizar sem medicamentos para considerar mandar seu filho de volta à escola.

Vômito e diarréia

Vômitos e diarréia são bons motivos para seu filho ficar em casa. Esses sintomas são difíceis de lidar na escola e mostram que a criança ainda é capaz de transmitir a infecção para outras pessoas. Além disso, em crianças menores, episódios frequentes de diarreia e vômitos podem dificultar a higiene adequada, aumentando o risco de propagação da infecção. Espere pelo menos 24 horas após o último episódio antes de considerar um retorno à escola.

Fadiga

Se o seu filho está caindo no sono à mesa ou parecendo particularmente cansado, é improvável que ele se beneficie de ficar sentado na aula o dia todo. Certifique-se de que seu filho se mantenha hidratado e deixe-o descansar na cama. Se seu filho está exibindo um nível de fadiga além do que você esperaria de uma doença leve típica, ele pode estar letárgico. Letargia é um sinal sério e deve ser avaliada imediatamente pelo pediatra do seu filho.

Tosse persistente ou dor de garganta

Uma tosse persistente provavelmente será perturbadora na aula. É também uma das principais formas de propagação de uma infecção viral. Se seu filho tiver uma forte dor de garganta e uma tosse persistente, mantenha-o em casa até que a tosse quase passe ou seja facilmente controlada. Eles também podem exigir exames do médico do seu filho para doenças como infecções na garganta, que são altamente contagiosas, mas facilmente tratadas com antibióticos.

Olhos irritados ou erupções cutâneas

Olhos vermelhos, coceira e lacrimejantes podem ser difíceis de controlar em sala de aula e podem distrair seu filho do aprendizado. Em alguns casos, uma erupção cutânea pode ser um sintoma de outra infecção, portanto, é uma boa ideia levar seu filho ao médico. Manter seu filho em casa geralmente é a melhor coisa a fazer até que esses sintomas desapareçam ou até que você fale com o médico. Se seu filho tem conjuntivite ou olho-de-rosa, ele ou ela precisa ser diagnosticado imediatamente, pois essa condição é altamente contagiosa e pode se espalhar rapidamente por escolas e creches.

Aparência e Atitude

Seu filho parece pálido ou cansado? Eles parecem irritados ou desinteressados ​​em fazer as atividades diárias normais? Você está tendo dificuldade em fazer seu filho comer alguma coisa? Todos esses são sinais de que é necessário mais tempo de recuperação em casa.

Dor

Dores de ouvido, de estômago, de cabeça e no corpo geralmente indicam que seu filho ainda está lutando contra a gripe. Isso significa que eles podem facilmente espalhar o vírus para outras crianças, então é melhor mantê-los em casa até que qualquer dor ou desconforto tenha desaparecido.

Se você ainda estiver tendo problemas para decidir se deve deixar seu filho em casa longe da escola, ligue para a escola e fale com a enfermeira para obter conselhos. A maioria das escolas tem diretrizes gerais sobre quando é seguro mandar as crianças de volta à escola depois de adoecerem, e a enfermeira da escola ficará feliz em compartilhar isso com você. Essas diretrizes também podem estar disponíveis online.

Para ajudar a acelerar o tempo de recuperação do seu filho, leia nosso artigo sobre Tratamentos para Acabar com a Gripe.

Como lidar com um dia de doença

Se decidir que seu filho definitivamente precisa ficar em casa, você poderá enfrentar muitos desafios adicionais. Você tem que tirar um dia doente? Se você é uma mãe que fica em casa, como pode equilibrar o cuidado de seus outros filhos quando um deles está doente? Aqui estão algumas maneiras de se preparar para os dias de licença escolar.

Fale com o seu empregador antes do tempo

Discuta as possibilidades com seu empregador conforme a temporada de gripe se aproxima. Por exemplo, pergunte sobre como trabalhar em casa e participar de reuniões pelo telefone ou pela Internet. Certifique-se de ter o equipamento de que precisa em casa. Um computador, uma conexão de alta velocidade com a Internet, um aparelho de fax e uma impressora podem facilitar o gerenciamento das tarefas de trabalho em sua casa.

Pergunte sobre suas opções

Você também deve descobrir quantos dias de licença médica você tem no trabalho para poder equilibrar seu tempo livre. Você pode até perguntar ao seu empregador sobre a possibilidade de tirar um dia de folga sem gastar seu tempo de doença. Outra opção é negociar as tarefas domésticas com seu parceiro se vocês dois trabalharem.

Tenha um plano de backup

Ligue para um membro da família, amigo ou babá para saber se eles podem ficar com seu filho. Ter alguém disponível para ajudá-lo a qualquer momento pode ser inestimável quando você não pode ficar em casa sem trabalhar para cuidar de seu filho.

Prepare Suprimentos

Escolha uma prateleira ou armário para medicamentos de venda livre, massagens com vapor, lenços extras e lenços antibacterianos para que você esteja pronto para a temporada de gripe. Manter esses itens em um só lugar também é útil para qualquer pessoa que venha a sua casa para cuidar de seu filho.

Seja diligente quanto à higiene

Certifique-se de que seu filho lave as mãos com frequência e sempre tosse ou espirre no cotovelo. Isso os ajudará a evitar que espalhem o vírus para outras pessoas. Também é importante garantir que todos em casa bebam bastante líquido e durmam o suficiente.

Outras medidas preventivas incluem:

  • evitando compartilhar toalhas, pratos e utensílios com a pessoa infectada
  • limitar o contato próximo com a pessoa infectada tanto quanto possível
  • usando lenços antibacterianos para limpar superfícies compartilhadas, como maçanetas e pias

Para obter mais ideias, leia nosso artigo sobre 7 maneiras de proteger sua casa contra a gripe.

Como saber quando é seguro mandar seu filho de volta à escola

Pode ser fácil saber quando seu filho está muito doente para ir à escola, mas muitas vezes é difícil determinar quando ele está pronto para voltar. Mandar seu filho de volta cedo demais pode atrasar sua recuperação e tornar outras crianças na escola mais suscetíveis ao vírus. Abaixo estão algumas diretrizes que podem ajudá-lo a decidir se seu filho está ou não pronto para voltar à escola.

Sem febre

Uma vez que a febre tenha sido controlada por mais de 24 horas sem medicação, a criança geralmente está segura para retornar à escola. No entanto, seu filho ainda pode precisar ficar em casa se continuar a sentir outros sintomas, como diarreia, vômito ou tosse persistente.

Medicamento

Seu filho pode voltar à escola após tomar a medicação prescrita pelo médico por um período mínimo de 24 horas, desde que não tenha febre ou outros sintomas graves. Certifique-se de que a enfermeira da escola e o professor do seu filho estão cientes desses medicamentos e de suas doses adequadas.

Apresentam apenas sintomas leves

Seu filho também pode voltar à escola se estiver apenas apresentando coriza e outros sintomas leves. Certifique-se de fornecer lenços para eles e dar-lhes um medicamento sem receita que pode ajudar a controlar os sintomas restantes.

Melhoria de atitude e aparência

Se seu filho está parecendo e agindo como se estivesse se sentindo muito melhor, então é normalmente seguro para ele voltar para a escola.

No final, você pode ter que confiar em sua intuição parental para fazer a chamada final. Você conhece seu filho melhor do que ninguém, então saberá quando ele estiver se sentindo melhor. Eles parecem infelizes demais para ir à escola? Eles estão jogando e agindo normalmente ou ficam felizes em se enroscar em uma cadeira com um cobertor? Confie na sua intuição para tomar a melhor decisão. Se você tiver alguma dúvida, lembre-se sempre que você pode perguntar a outras pessoas, como a enfermeira da escola ou o pediatra de seu filho. Eles ficarão contentes em lhe oferecer conselhos.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format