Como encontro o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal com o MS


0

mapodile / Getty Images

A corda bamba do equilíbrio entre vida pessoal e profissional pode ser difícil de navegar.

Então, você adiciona estressores externos como doenças crônicas, paternidade e manutenção da casa à mistura, e pode parecer quase impossível.

A pandemia apenas tornou a manutenção de um equilíbrio ainda mais extenuante.

Eu aprendi logo no início do meu diagnóstico de esclerose múltipla (EM) que eu precisava me controlar. Fui diagnosticado pouco antes da pandemia, aumentando o caos de 2020.

Lutei para encontrar um equilíbrio trabalhando em casa. Comecei a trabalhar o tempo todo, até respondendo e-mails às 3 da manhã. No final da semana, me sentia exausto e sobrecarregado.

Foi difícil desconectar, mas eu precisava estabelecer limites para mim mesma. Esses limites me ajudaram a criar um ambiente de trabalho perfeito para ajudar na minha vida cotidiana e na minha doença crônica.

Aqui estão algumas das maneiras que consegui encontrar um equilíbrio entre vida pessoal e profissional, priorizando minha saúde.

Crie um espaço de trabalho dedicado

Ao trabalhar em um escritório, geralmente há um espaço designado para você trabalhar. Seja um cubículo ou um escritório, existem suprimentos para você realizar suas tarefas diárias.

Porém, ao trabalhar em casa, você pode não ter acesso aos equipamentos, ferramentas e dispositivos de que precisa. É essencial adaptar seu espaço de trabalho dedicado para atender às suas necessidades.

Comprei uma pequena mesa de canto, abajur e cadeira de computador para minha casa. A mesa é grande o suficiente para acomodar meu laptop e algumas outras bugigangas. Eu precisava de um espaço que pudesse associar ao trabalho, já que trabalhar no meu sofá não era mais suficiente.

A criação deste espaço me ajudou a estabelecer uma separação entre as horas de trabalho e o tempo pessoal. Meu filho e meu noivo respeitam meu novo “escritório” e me permitem trabalhar lá sem interrupções (bem, às vezes).

Aprenda a dizer não educadamente

A palavra “não” pode ser difícil de dizer no local de trabalho, mas é importante estabelecer limites.

O primeiro passo é ser específico quanto ao seu raciocínio. Pode ser útil consultar o que você tem atualmente em seu prato e por que não consegue concluir outra tarefa.

Deixar de lado o que você pode controlar só vai piorar as coisas – abrir a porta para um possível sinalizador.

No passado, ficava ansioso ao explicar por que não consegui completar uma tarefa devido a um surto de EM ou aos meus sintomas. Mas fui aberto e expliquei como meus sintomas afetavam minha capacidade de trabalhar. Também tive a sorte de ter um chefe compreensivo.

Claro, cabe a você decidir o quão aberto deseja ser com seu chefe sobre sua saúde.

Também uso o termo “largura de banda” para explicar a capacidade que tenho para atribuições de trabalho. “Eu não tenho largura de banda” é minha parte favorita do discurso corporativo.

Faça pausas quando necessário

Antes da pandemia, as pessoas costumavam fazer pequenos intervalos em um escritório. De interações rápidas com colegas de trabalho para pegar uma xícara de café, nos afastamos momentos de nossas mesas.

Agora que muitas pessoas estão trabalhando em casa, esses momentos não ocorrem com tanta frequência. Pode ser difícil romper com o trabalho contínuo.

Certifique-se de reservar um tempo para si mesmo, agendando pausas e horários de almoço. Segure-se nessas pausas e use-as para desconectar adequadamente.

Eu tenho um horário de almoço em pé programado. Se eu não puder almoçar durante esse período, asseguro-me de remarcar.

Eu também faço pelo menos três pausas durante o dia fora da minha hora de almoço para me levantar e me alongar. Sinto muita rigidez, então preciso me mover para combater isso.

Às vezes até uso minhas pausas para uma pequena soneca. A fadiga é um sintoma que sinto regularmente. Uma das vantagens de trabalhar em casa é que posso descansar o que preciso.

Ouça o seu corpo

Acredite ou não, seu corpo permitirá que você saiba exatamente o que precisa. Cabe a nós ouvir. Ignorar sinais claros pode ser desastroso para pessoas com doenças crônicas.

Dois anos atrás, notei um pequeno ponto embaçado em meu olho direito. Fui ao meu oftalmologista e expliquei o que estava acontecendo. Ele me disse que era normal e que não devia se preocupar.

Algo não parecia certo, mas ignorei esse sentimento. Eu escutei meu médico. Eventualmente, ele foi embora.

Avance um ano depois e o borrão voltou, mas piorou. Toda a metade inferior do meu olho estava embaçada.

Um mês depois, fui diagnosticado com EM. Costumo refletir sobre o primeiro aparecimento dos sintomas. Se eu tivesse ouvido meu corpo, poderia ter começado o tratamento mais cedo. Posso ter evitado os sintomas mais graves que sinto agora.

Seja gentil com você mesmo

É provável que, em algum momento, você tenha dito a si mesmo: “Não há tempo para cuidar de si mesmo” ou “Não preciso disso, estou bem”.

Muitos de nós não priorizam o autocuidado. Muitas vezes acreditamos que nosso foco deve estar no trabalho, na vida doméstica e nas crianças. Mas o autocuidado é crucial porque você está se concentrando em si mesmo e em suas necessidades.

Não precisa ser um grande gesto. Pode ser tão simples quanto assistir ao seu programa favorito ou tomar um banho quente. Faça o que for necessário para você.

O takeaway

Para manter o equilíbrio entre vida pessoal e profissional ao viver com uma doença como a EM, é importante estabelecer limites.

Crie uma rotina e faça uso de pausas programadas e horas de almoço para evitar esgotamento.

Um espaço designado para o trabalho permitirá que você se desconecte após o expediente e o impedirá de associar toda a sua casa ao trabalho.

Por fim, lembre-se de ouvir o seu corpo – o autocuidado é essencial.

Moyna John é uma defensora da esclerose múltipla e blogueira freelance. Ela foi diagnosticada com esclerose múltipla em dezembro de 2019. Moyna é apaixonada por adicionar representação dentro da comunidade MS, criando espaço para guerreiros negros de MS e capacitando mulheres modernas para viver um estilo de vida proposital fora de doenças crônicas. Visite o site dela ou siga Moyna no Instagram.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format