Cânhamo vs. Maconha: Qual é a diferença?


0

Diferença entre cânhamo e maconha

É um equívoco comum pensar que o cânhamo e a maconha são duas espécies diferentes de plantas.

Na verdade, eles são não espécies distintas em absoluto. Eles são apenas dois nomes diferentes para cannabis, um tipo de planta com flor na Cannabaceae família.

Embora a ciência não faça distinção entre “cânhamo” e “maconha”, a lei o faz.

Legalmente, a principal diferença entre os dois é o conteúdo de tetrahidrocanabinol (THC).

O THC é um dos muitos canabinóides ou substâncias químicas encontradas na planta da cannabis. É o principal responsável pelo “barato” associado à cannabis.

O que é cânhamo?

O termo “cânhamo” é usado para significar cannabis que contém 0,3 por cento ou menos de teor de THC em peso seco.

Por que 0,3 por cento? Essa definição foi proposta pela primeira vez em 1979, em um livro chamado “The Species Problem in Cannabis: Science & Semantics”.

No livro, o autor Ernest Small aborda o fato de que é difícil distinguir o cânhamo da cannabis porque não há diferença taxonômica real entre os dois.

Small propôs a regra de 0,3% como uma solução possível, mas ele mesmo reconheceu que é um número arbitrário.

Esse número foi usado na definição legal de cânhamo, conforme especificado na Lei Agrícola de 2018 e outras leis dos Estados Unidos.

Como o nível de THC no cânhamo é tão baixo, é improvável que você fique chapado.

O que é maconha?

Normalmente, quando as pessoas dizem “maconha”, elas estão falando sobre cannabis que pode deixar você chapado. O termo é usado alternadamente com “erva daninha” e uma série de outros termos.

Legalmente, “maconha” se refere à cannabis que tem mais de 0,3 por cento de THC em peso seco. O conteúdo de THC pode variar entre as plantas de cannabis. Algumas linhagens são criadas para serem mais altas em THC do que outras.

As plantas de cannabis foram designadas como Cannabis sativa, Cannabis indica, ou um híbrido. Cada um deles tem suas próprias características e efeitos propostos, embora a ciência ainda não tenha verificado isso.

História e racismo

A palavra “maconha” é bastante polêmica devido às suas raízes racistas.

No início do século 20, muitos mexicanos imigraram para os Estados Unidos devido à Revolução Mexicana. Isso levou a um sentimento racista e anti-imigrante crescente nos Estados Unidos. Naquela época, a cannabis era uma importação legal para o exterior.

A palavra “maconha” não tinha sido muito usada antes. Em vez disso, a palavra “cannabis” era o nome científico e muito mais comumente usado. No entanto, nas décadas de 1910 e 1920, a palavra “maconha” passou a ser associada aos mexicanos, que eram estereotipados como pessoas que usavam cannabis com frequência.

O governo dos EUA usou o termo “maconha” na propaganda anti-cannabis para cimentar a associação entre a cannabis e os imigrantes mexicanos. Esta propaganda anti-cannabis espalhou uma grande quantidade de mitos em torno da cannabis enquanto perpetuava estereótipos racistas.

Na década de 1930, essa propaganda persistiu e contribuiu fortemente para que a cannabis se tornasse ilegal.

Até hoje, há um grande debate sobre o que devemos chamar de “maconha”.

Por estar ligada à propaganda racista e anti-cannabis, “maconha” é uma palavra que muitas pessoas na indústria não usam mais, preferindo simplesmente usar a palavra “cannabis”.

Isso pode ser confuso, porque o Cannabis espécie também inclui o cânhamo.

Usos

Embora as sementes de cannabis essencialmente não contenham canabinóides, os canabinóides são encontrados em concentrações mais elevadas nas flores, folhas e caules de cannabis.

Aqueles que procuram experimentar os efeitos benéficos da cannabis, muitas vezes recorrem à flor de cannabis, que pode ser fumada ou extraída em tinturas e comestíveis.

As cepas de cannabis com alto teor de THC podem produzir uma alta e podem ser usadas para fins médicos, como controle da dor. As cepas com baixo teor de THC, mas com alto teor de outros canabinóides, como o canabidiol (CBD), também podem produzir efeitos benéficos, mas não o deixam chapado.

O cânhamo, ou cannabis com menos de 0,3 por cento de THC, também pode ser cultivado para criar outros tipos de produtos, incluindo:

  • papel
  • roupas
  • têxteis
  • alimentação animal
  • plástico
  • produtos alimentares, como sementes de cânhamo, leite de cânhamo, proteína em pó de cânhamo ou óleo de cânhamo

Como o cânhamo cresce mais rápido do que as árvores e outras culturas, é considerado uma forma mais sustentável de fazer produtos como papel e têxteis.

A semente de cânhamo é bastante nutritiva, pois é uma proteína completa que também é rica em fibras.

Legalidade

Além do conteúdo de THC, há outra diferença entre o cânhamo e a maconha: a legalidade.

O Farm Bill 2018 tornou legal o cultivo de cânhamo, ou cannabis contendo menos de 0,3 por cento de THC, em todos os Estados Unidos. Também tornou os produtos de CBD derivados do cânhamo legalmente federais.

A maconha, ou cannabis contendo mais de 0,3 por cento de THC, não é federalmente legal.

As leis estaduais variam. Em alguns estados, ele pode ser usado para fins médicos e recreativos. Em outros estados, ele só pode ser usado clinicamente. E em alguns estados, ainda é totalmente ilegal.

CBD

O canabidiol (CBD) é um canabinóide que se tornou cada vez mais popular desde que o cânhamo foi legalizado federalmente. Muitas pessoas usam produtos com CBD porque dizem que o CBD traz vários benefícios à saúde.

O CBD é encontrado em alguma quantidade em todas as plantas de cannabis. Isso significa que pode ser derivado do cânhamo ou da maconha.

No entanto, os produtos de CBD só são federalmente legais se forem derivados do cânhamo e contiverem menos de 0,3% de THC.

Leve embora

Plantas de cânhamo e plantas de maconha são ambas da mesma espécie.

Legalmente, o cânhamo é definido como uma planta de cannabis que contém 0,3 por cento ou menos de THC, enquanto a maconha é uma planta de cannabis que contém mais de 0,3 por cento de THC.

O CBD pode ser derivado de plantas de maconha e cânhamo.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format