Aproveite ao máximo o trecho do dorminhoco


0

O alongamento do dorminhoco é um exercício que melhora a amplitude de movimento e a rotação interna dos ombros. Ele tem como alvo os músculos infraespinal e redondo menor, encontrados no manguito rotador. Esses músculos fornecem estabilidade em seus ombros.

O alongamento regular do dorminhoco pode ajudar a melhorar o movimento dos ombros, permitindo que você complete atividades diárias ou atléticas com mais facilidade. Também pode ajudá-lo a desenvolver a flexibilidade e a estabilidade necessárias para evitar lesões.

Veja como aproveitar ao máximo esse trecho.

Para que é melhor

O alongamento do dorminhoco pode ajudar no tratamento de problemas no ombro, como impacto, tendinite e distensão dos tendões.

Também pode ajudá-lo a se recuperar após uma lesão ou cirurgia. Pode ajudar a aliviar a dor geral, a tensão e os desequilíbrios devido à permanência prolongada, movimentos repetitivos e atividades diárias.

Instabilidade, rigidez ou perda de rotação interna dos ombros também são problemas frequentemente encontrados em atletas que freqüentemente usam o movimento do braço, como jogadores de beisebol, tênis e voleibol.

Passos para estiramento do dorminhoco

Fique confortável e relaxado enquanto faz o alongamento do dorminhoco. Experimentar um aumento da tensão é um sinal de que você está ultrapassando seus limites ou fazendo isso incorretamente.

Mulher deitada de lado pressionando o antebraço esquerdo em direção ao chão usando a mão direita

Para fazer o alongamento do dorminhoco:

  1. Deite-se do lado afetado, com o ombro empilhado embaixo de você. Você pode usar um travesseiro embaixo da cabeça.
  2. Traga o cotovelo para fora do ombro.
  3. Dobre o braço no cotovelo para que seus dedos apontem para o teto. Mantenha o braço dobrado nessa posição L.
  4. Use a outra mão para empurrar o antebraço em direção ao chão.
  5. Pressione o mais baixo que puder confortavelmente.
  6. Você sentirá um alongamento na parte de trás do ombro, braço ou parte superior das costas.
  7. Mantenha o alongamento por 30 segundos. Faça 3-5 repetições.

Realize o alongamento do dorminhoco no mínimo 2-3 vezes por semana. Dependendo da sua condição, um fisioterapeuta pode recomendar que você faça isso com mais frequência. Continue por seis semanas ou até recuperar totalmente.

Pode ser benéfico fazer o alongamento antes e depois de um treino e antes de dormir. Você pode realizar o alongamento regularmente para manter seus resultados e evitar ferimentos.

Modificações do estiramento do dorminhoco

Pequenas modificações no alongamento do dorminhoco podem ajudar a reduzir a tensão e o desconforto. Aqui estão algumas modificações que você pode tentar.

Mude o ângulo do seu corpo

Tente girar o corpo levemente para trás. Isso pode ajudar a estabilizar a escápula e impedir o impacto. Se você estiver trabalhando com um fisioterapeuta, eles podem colocar a mão em sua omoplata para ajudar a guiar o movimento.

Use uma toalha debaixo do braço

Você pode colocar uma toalha embaixo do cotovelo ou do braço para aprofundar o alongamento na parte de trás do ombro. Esta modificação é pensada para ajudar a direcionar os músculos do ombro.

Geralmente é melhor tolerado do que fazer o alongamento na posição de sobreposição. O apoio extra da toalha ajuda a reduzir a pressão no seu ombro.

Experimente diferentes modificações e obtenha aconselhamento de um profissional de saúde ou fisioterapeuta para ver o que funciona melhor para você. Você é o seu melhor guia para o que é adequado para o seu corpo e produz os melhores resultados.

Dicas para fazer certo

Use a forma e a técnica adequadas ao fazer esse alongamento para evitar mais lesões. Vá com calma. Experimentar uma dor aumentada pode ser um sinal de que você está fazendo incorretamente ou usando muita força.

  • Alinhar. Não puxe o braço aterrado em direção ao tronco. Coloque as omoplatas na coluna, mantendo o pescoço alinhado com a coluna. Experimente encontrar a posição do ombro que funciona melhor para você.
  • Aqueça primeiro. Faça alguns alongamentos suaves para aquecer antes de fazer o alongamento do dorminhoco. Isso ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo para os músculos e a prepará-los para a ação. Termine com alguns alongamentos para esfriar o corpo.
  • Converse com um profissional experiente. Um fisioterapeuta pode ajudá-lo a decidir sobre a melhor abordagem, mostrando a técnica adequada e recomendando exercícios ou tratamentos complementares.

Existem riscos em fazer o alongamento do dorminhoco. A forma incorreta pode sobrecarregar o seu corpo, causando complicações. O alongamento deve ser confortável e nunca causar dor.

É melhor fazer muito pouco do que muito. Não se esforce muito ou muito rapidamente. Seja gentil e leve consigo mesmo, principalmente se estiver usando o alongamento para curar uma lesão.

O que a pesquisa diz

Freqüentemente, o alongamento do dorminhoco é um dos primeiros métodos recomendados para pessoas com rotação interna limitada.

A pesquisa clínica que apoia o alongamento do dorminhoco é mista.

Poderia ajudar se você já realiza atividades repetitivas

Um pequeno Estudo de 2008 dos 66 homens descobriram que o alongamento do dorminhoco era eficaz no aumento acentuado da rotação interna dos ombros e da amplitude de movimento no braço dominante dos homens que jogam beisebol. Nenhuma alteração foi mostrada na rotação externa do ombro.

Os homens foram divididos em dois grupos, aqueles que jogavam beisebol e aqueles que não haviam participado recentemente de esportes aéreos. O grupo não lançador não mostrou alterações significativas. As medidas foram realizadas antes e depois de três séries de trechos de dorme de 30 segundos.

Mais pesquisas são necessárias para confirmar e expandir as descobertas deste pequeno estudo. Os pesquisadores ainda precisam entender se o aumento da amplitude de movimento tem um efeito positivo no desempenho atlético e na prevenção de lesões.

Pode não ser tão eficaz quanto outros movimentos

Um estudo de 2007 descobriu que o alongamento cruzado do corpo é mais eficaz do que o alongamento do dorminhoco no aumento da rotação interna em pessoas com ombros tensos. Ambos os trechos apresentaram melhorias em relação ao grupo controle, que não realizou alongamentos. No entanto, apenas o grupo de estiramento cross-body mostrou melhorias significativas.

Este foi um pequeno estudo com apenas 54 pessoas, portanto os resultados são limitados. As pessoas no grupo de alongamento fizeram cinco repetições do lado afetado, mantendo o alongamento por 30 segundos. Isso foi feito uma vez por dia durante 4 semanas.

Outras dicas de mobilidade do ombro

Existem várias outras opções para aumentar a flexibilidade e a mobilidade dos ombros. Você pode fazer esses alongamentos no lugar ou junto com o alongamento do dorminhoco. Se estiver com dor intensa, é melhor descansar completamente.

Alongamento cruzado

  1. Estique o braço pelo corpo, apoiando o cotovelo.
  2. Verifique se o braço não está mais alto que o ombro.
  3. Mantenha essa posição por 30 segundos nos dois lados.
  4. Faça algumas repetições ao longo do dia.

Alongamento do pêndulo

  1. De pé, incline-se um pouco para a frente, deixando o braço afetado cair.
  2. Você pode apoiar a mão oposta em uma superfície para obter suporte.
  3. Relaxe os ombros, mantenha a coluna ereta e dobre ligeiramente os joelhos.
  4. Mova delicadamente o braço para frente e para trás.
  5. Em seguida, mova-o de um lado para o outro e em círculos nas duas direções.
  6. Faça o lado oposto.
  7. Faça 2 séries de 10 repetições para todos os movimentos.

Se você estiver se recuperando de uma lesão, tente aplicar uma almofada de aquecimento ou bolsa de gelo na área afetada por 15 minutos a cada poucas horas.

O seu médico pode recomendar que você tome um medicamento anti-inflamatório como ibuprofeno, aspirina ou naproxeno. As opções anti-inflamatórias naturais incluem cápsulas de gengibre, açafrão e óleo de peixe.

Você também pode considerar um tratamento alternativo, como massagem ou acupuntura.

O takeaway

O alongamento do dorminhoco é uma maneira de aumentar sua amplitude de movimento e aliviar a rigidez dos ombros. No entanto, pode não ser o exercício mais eficaz para você. Converse com um médico ou fisioterapeuta antes de iniciar qualquer programa de exercícios.

Sempre pratique o alongamento do dorminhoco com segurança e cuidado. Pare se sentir alguma dor ou algum dos seus sintomas piorar.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format