A síndrome do piriforme é real e você pode fazer o teste?


0

Imagens Ika84 / Getty

A síndrome do piriforme é uma condição incomum em que o músculo piriforme exerce pressão sobre o nervo ciático. O sintoma característico é uma dor aguda, dolorida ou em queimação nas nádegas e na parte posterior da perna.

Mas a síndrome do piriforme permanece um diagnóstico controverso. Alguns pesquisadores até questionaram se ela existe.

Atualmente, não há testes universalmente aceitos para diagnosticar a síndrome do piriforme. Muitas outras condições podem causar sintomas quase idênticos e podem ser facilmente confundidas com a síndrome do piriforme.

Continue lendo para saber por que a síndrome do piriforme permanece controversa e quais testes seu médico provavelmente usará para diagnosticá-la.

O que causa a síndrome do piriforme?

O piriforme é um músculo pequeno e achatado que se liga ao sacro e à parte superior do fêmur. É um de um punhado de pequenos músculos que giram externamente seu fêmur. É encontrado abaixo do músculo glúteo máximo e passa sobre o nervo ciático.

O nervo ciático é o maior nervo do corpo. Permite mover e sentir muitas partes das pernas.

O nervo ciático se origina na medula espinhal inferior, no nível das vértebras L4 a S3. Seus ramos alcançam a planta dos pés.

Em teoria, a inflamação ou hipertrofia (aumento do tamanho) do músculo piriforme pode exercer pressão sobre o nervo ciático e interromper a função do nervo.

Teste para síndrome do piriforme

A pesquisa sobre a melhor forma de diagnosticar a síndrome do piriforme continua em andamento.

Há atualmente nenhum teste cientificamente apoiado para diagnosticar a síndrome do piriforme.

Os profissionais de saúde costumam fazer o diagnóstico examinando seu histórico médico e usando uma série de testes físicos para descartar doenças como ciática, entorse lombar ou lesão de disco.

Pesquisa descobriu que pessoas que se pensava ter experiência com a síndrome do piriforme aumento da ternura no músculo piriforme do lado lesionado, em comparação com o lado não lesionado.

Se o seu médico acredita que a síndrome do piriforme pode ser a causa de sua dor, ele provavelmente palpitará seu músculo piriforme em busca de sensibilidade.

Testes físicos

Seu médico pode realizar testes físicos para ver se o alongamento ou ativação dos músculos piriformes causa dor.

Se eles descobrirem que seu piriforme está sensível ao toque e você relatar dor na região glútea profunda nos quatro testes a seguir, eles podem suspeitar da síndrome do piriforme.

Teste justo

FAIR é uma sigla que significa flexão, adução e rotação interna.

Durante o teste, você deitará de lado com a perna machucada para cima. O testador estabilizará seu quadril com uma mão e trará o joelho em direção ao peito enquanto o move em direção à linha média do corpo.

Ao mesmo tempo, eles giram a parte inferior da perna para longe da linha média do corpo para colocar o músculo piriforme sob tensão.

Manobra de beatty

Você deitará de lado com a perna afetada para cima e os joelhos dobrados. Você será instruído a levantar a parte superior da coxa para ver se o movimento causa dor nas nádegas.

Teste de manobra de ritmo

Você se sentará em um ângulo de 90 graus em seus quadris e joelhos. O testador colocará as mãos na parte externa da parte inferior das pernas, e você será instruído a empurrar para as mãos dele.

Manobra Freiberg

Você vai se deitar de costas com as pernas retas. O testador pegará seu fêmur e o rolará para dentro. Eles então perguntarão se você sente dor na região glútea profunda.

Técnicas de imagem

UMA Estudo de 2020 descobriram que a ultrassonografia poderia ser um método alternativo de diagnóstico para a síndrome do piriforme.

A pesquisa mostrou que os pacientes com suspeita de síndrome do piriforme tinham um piriforme e nervo ciático aumentados no lado lesionado, em comparação com o lado assintomático e com voluntários saudáveis. Um ultrassom, portanto, pode detectar isso.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para apoiar essas descobertas.

Outras técnicas de imagem como ressonância magnética, tomografia computadorizada e exames de EMG também podem ajudar a descartar outras condições que causam sintomas semelhantes.

Diferenças entre a síndrome do piriforme e o teste de protuberância do disco lombar

Tanto a síndrome do piriforme quanto a protuberância do disco lombar inferior geralmente são diagnosticadas pela eliminação de outras possíveis causas de dor.

O mais comum A causa da ciática é um disco protuberante. A dor costuma piorar quando você flexiona, torce ou dobra a coluna lombar, e seu médico provavelmente fará testes para movimentar sua coluna dessa maneira.

O teste da perna reta é comumente usado para testar a ciática. Se você tem dor lombar e / ou nas pernas quando sua perna é flexionada entre 30 e 70 graus, você pode ter ciática causada por um disco protuberante

É improvável que as técnicas de imagem sejam usadas nos estágios iniciais do diagnóstico de ciática. No entanto, a ressonância magnética pode ser usada se a dor não for resolvida com o tratamento conservador após 6 a 8 semanas.

Sinais e sintomas da síndrome do piriforme

Os sintomas da síndrome do piriforme são semelhantes aos sintomas de uma protuberância do disco lombar inferior, bem como a muitas outras condições. A semelhança dos sintomas pode dificultar a localização da origem do problema pelo profissional de saúde.

Os sintomas incluem:

  • dormência, ou sensação de alfinetes e agulhas, na parte de trás de sua perna
  • dor crônica em torno de seu quadril e nádegas
  • dor ao sair da cama
  • incapacidade de se sentar por um período prolongado
  • dor nas nádegas que piora quando você move os quadris

Controvérsia em torno da síndrome do piriforme

A síndrome do piriforme ainda é um diagnóstico controverso entre os profissionais de saúde e alguns pesquisadores questionam totalmente sua existência.

Um número de testes físicos são usados ​​para diagnosticá-lo, mas a precisão desses testes é contestada, e mais pesquisas são necessárias para comprovar seu uso.

A ideia de que a dor ciática pode ser causada pela síndrome do piriforme foi descrita pela primeira vez na literatura científica em 1928. Em 1947, um pesquisador chamado DR Robinson usou pela primeira vez o termo “síndrome do piriforme”.

Desde então, os critérios diagnósticos originais de Robinson foram contestados e refutados.

Pesquisa apoiando a síndrome do piriforme

Em um recente Estudo de 2020, os pesquisadores descobriram que as pessoas que relataram dor atribuída à síndrome do piriforme têm músculos piriformes aumentados e nervos ciáticos mais grossos no lado lesionado. Esse achado sugere que a síndrome do piriforme é real.

No entanto, são necessárias mais pesquisas para entender melhor muitos aspectos da doença, como sua prevalência e como diagnosticá-la melhor.

Possíveis explicações alternativas

A síndrome do piriforme é descrita como uma condição que causa compressão do nervo ciático. No entanto, também foi levantada a hipótese de que a dor na perna posterior pode ser causada por outro nervo independente chamado de nervo cutâneo femoral posterior.

Síndrome glútea profunda

Síndrome glútea profunda refere-se a qualquer tipo de compressão do nervo ciático e inclui a síndrome do piriforme como um subtipo.

É plausível que alguns casos diagnosticados de síndrome do piriforme sejam, na verdade, outros tipos de síndrome glútea profunda causada por outros músculos, como obturador interno, gemelo ou quadrado femoral.

Remover

A síndrome do piriforme é um diagnóstico controverso de dor nas nádegas e na parte posterior da perna. Evidências recentes sugerem que a síndrome do piriforme é real. Mas não está claro o quão comum é e não há nenhum teste universalmente aceito para diagnosticá-lo.

Normalmente, o seu médico irá diagnosticar a síndrome do piriforme eliminando outras condições possíveis. Evidências recentes sugerem que o ultrassom pode ter potencial para diagnosticar a síndrome do piriforme, mas são necessárias mais pesquisas.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format