A Lisina Para Acne Funciona? A resposta pode surpreendê-lo 15 melhores tratamentos para acne de 2021 para pele impecável


0

A Lisina Para Acne Funciona? A resposta pode surpreender você

Acne é uma condição prevalente que pode se tornar teimosa para alguns. E no desespero para fazê-lo desaparecer, não é de surpreender que muitas vezes recorramos às redes sociais, amigos e conhecidos em busca de soluções. Muitas vezes esquecemos que o que funcionou para eles pode não funcionar para todos! Um desses remédios são os suplementos de lisina.

Atualmente, não há prova científica de que os suplementos de lisina possam controlar a acne. No entanto, existem algumas maneiras pelas quais a lisina pode beneficiar sua pele. Este artigo vai mais fundo para revelar a verdade por trás do uso generalizado de lisina para acne. Continue lendo para descobrir!

Neste artigo

O que é lisina?

A lisina é um dos nove aminoácidos essenciais que o corpo humano necessita para o crescimento e a reparação dos tecidos. Embora o corpo humano produza alguns aminoácidos, ele não pode produzir lisina. Portanto, devemos consumir lisina na dieta ou como suplementos.

Está disponível como suplementos de L-lisina, que é um composto biologicamente ativo da lisina (1). Alimentos como quinua, lentilha, tempeh, sementes de abóbora, soja e pistache são ricas fontes de lisina.

A Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos não aprovou o uso medicinal da lisina. No entanto, continua a ser um remédio popular na medicina alternativa.

Se você tem acne que não parece desaparecer, não importa o que você faça, é provável que tenha encontrado a lisina como um possível tratamento para a acne. Continue lendo para saber se a lisina é boa para a acne.

A lisina pode ajudar a controlar a acne?

Não há comprovação científica que apóie a eficácia da lisina no controle e tratamento da acne. No entanto, vários blogueiros de beleza e YouTubers afirmam que o uso de lisina pode ajudar com vários problemas de pele, incluindo problemas de acne.

Os aminoácidos são cruciais para manter a função celular. Você precisa deles para que a síntese de proteínas dê suporte aos músculos e células. A lisina é um dos aminoácidos e é crucial para sua saúde geral, e também pode beneficiar sua pele de várias maneiras.

Como a lisina pode beneficiar sua pele?

A lisina desempenha um papel vital na promoção da saúde geral e na melhoria da pele dos humanos. Aqui estão algumas vantagens de usar este aminoácido essencial:

1. Previne sinais de envelhecimento

A lisina é o bloco de construção do colágeno – uma proteína que fornece suporte estrutural para nossos ossos, tecidos conjuntivos, pele e músculos. O colágeno desempenha um papel fundamental na prevenção de rugas, pele seca e fraturas ósseas (2). Ele atua como um agente de ligação para a pele e ajuda a cicatrizar feridas mais rapidamente.

Nossos corpos produzem menor quantidade de colágeno com a idade, e nossa pele começa a perder sua firmeza e elasticidade. Como resultado, nossa pele se torna menos capaz de se renovar e se reparar, levando ao aparecimento gradual de rugas. O consumo de quantidades adequadas de lisina pode ajudar a manter os sinais de envelhecimento sob controle.

2. Pode promover a cicatrização de feridas

A síntese de colágeno é crucial para a cicatrização de feridas, pois fornece força ao tecido em cicatrização (3). A lisina estimula a produção de colágeno, o que pode acelerar o processo de cicatrização de feridas.

3. Ajuda no tratamento de herpes labial

A lisina é uma terapia alternativa popular para o tratamento de herpes labial e bolhas de febre causadas pelo vírus herpes simplex tipo-1 (HSV-1). O vírus desencadeia o desenvolvimento de herpes labial em pessoas com o sistema imunológico comprometido. Pode reduzir a ocorrência, gravidade e tempo de cicatrização do herpes labial recorrente (4).

Você pode não encontrar a lisina como ingrediente em muitos suplementos. No entanto, ele está disponível separadamente. Não é aconselhável tomar qualquer suplemento sem consultar um médico, pois pode piorar sua condição e levar a outras complicações de saúde.

No entanto, a lisina dietética pode não ter um impacto prejudicial à saúde. A próxima seção explica a quantidade de lisina que seu corpo pode precisar para um funcionamento adequado.

De quanta lisina você precisa?

A RDI (ingestão alimentar recomendada) estimada para lisina é (5), (6):

  • Bebês (idade 3-4 meses): 103 mg / kg por dia
  • Crianças (2 anos de idade): 64 mg / kg por dia
  • Crianças (10-12 anos): 44 mg / kg por dia
  • Adultos: 12 mg / kg por dia

No entanto, não há informações sobre a necessidade de aminoácidos para mulheres grávidas e lactantes.

Antes de começar a tomar suplementos de lisina, faça pesquisas para entender suas implicações. Consulte um médico primeiro. Aqui estão algumas maneiras de usar a lisina para a saúde da pele.

3 maneiras eficazes de usar lisina para a pele

1. Como parte de uma dieta equilibrada

O que comemos tem um grande impacto na saúde da nossa pele. Uma das melhores maneiras de incluir a lisina em sua dieta é por meio de alimentos ricos nesse aminoácido essencial. Carne vermelha, peixe e laticínios são fontes ricas em lisina (1).

No entanto, não há necessidade de se preocupar se você evitar produtos de origem animal por motivos de saúde ou éticos. Existem muitos alimentos vegetais que podem fornecer quantidades adequadas de lisina. Aqui estão alguns:

Frutas e vegetais

  • Damascos
  • Mangas
  • Beterraba
  • Abacate
  • Peras
  • Tomates
  • Alho-poró
  • Batatas
  • Beringela
  • Todos os tipos de pimentão

Leguminosas

  • Todos os tipos de produtos à base de soja, como leite de soja, tempeh e tofu
  • Feijão vermelho
  • Feijões pretos
  • feijões da Marinha
  • Grão de bico
  • Edamame
  • Grãos de fava
  • Feijões Adzuki
  • Feijão-de-lima
  • Todos os tipos de lentilhas

Nozes e sementes

  • Sementes de abóbora
  • Nozes de macadâmia
  • pistachios
  • Castanha de caju
  • Pinhões
  • castanha-do-pará
  • sementes de Sesamo
  • Sementes de chia
  • Amêndoas
  • Sementes de cânhamo

Grãos

  • Quinoa
  • Trigo sarraceno
  • Amaranto

3. Suplementos de lisina

A lisina está disponível na forma de comprimidos e pós e como parte de formulações à base de plantas. No entanto, evite auto-suplementar. Se você deseja tomar um suplemento de lisina, consulte o seu médico para orientação profissional.

Lembre-se de que os suplementos de lisina não estão sujeitos ao monitoramento do FDA, então considere fornecedores certificados pela NSF se você decidir comprar algum.

4. Pomadas de lisina tópicos

Cremes e pomadas de lisina podem ser usados ​​para aplicação tópica na pele. Esses cremes são formulados principalmente para curar os sintomas de herpes labial causados ​​pelo vírus HSV-1.

A aplicação de cremes de lisina pode acelerar a cicatrização e eliminar a queimação, coceira, sensibilidade e bolhas causadas por herpes labial.

Embora a lisina dietética possa não afetar sua saúde, uma ingestão não regulamentada de suplementos de lisina pode causar efeitos colaterais graves.

A lisina tem algum efeito colateral?

1. Reações alérgicas

A ingestão excessiva de suplementos de lisina pode causar reações alérgicas como inchaço ao redor dos lábios e da língua e dificuldade em respirar.

2. Interações com medicamentos

A menos que seja recomendado por um médico, você não deve tomar suplementos de lisina com medicamentos prescritos, especialmente antibióticos.

3. Uso durante a gravidez

As mulheres grávidas são aconselhadas a não tomar lisina, pois não há evidências suficientes sobre como a lisina pode afetar mulheres grávidas e seus fetos. As mães que amamentam também devem evitar tomar lisina sem perguntar ao médico.

4. Risco de envenenamento por metal pesado

O FDA não monitora suplementos de lisina. Como resultado, os suplementos formulados por fabricantes não regulamentados apresentam o risco de contaminação por metais pesados. Tomar esses suplementos contaminados afetará negativamente sua saúde.

Dado que a ingestão regular de suplementos de lisina acarreta o risco de efeitos colaterais negativos, é seguro tomar lisina com frequência? Leia mais para descobrir.

Quantas vezes você pode tomar lisina?

Não tome suplementos de lisina sem supervisão médica. Se você estiver tomando lisina sob o conselho do seu médico, siga religiosamente suas diretrizes de dosagem e frequência.

Reflexões finais

A lisina não é um medicamento prescrito para acne e não há nenhuma evidência que comprove sua eficácia. A popularidade da lisina para acne pode ser atribuída aos vídeos “funcionou para mim” e às informações que circulam nas redes sociais. Embora este aminoácido seja essencial para muitas funções vitais para a saúde do corpo e da pele, o controle da acne definitivamente não é um deles. Evite tomar suplementos de lisina ou usar cremes tópicos de lisina sem consultar um médico.

perguntas frequentes

A lisina dá a você uma pele clara?

Não há nenhuma prova científica afirmando que a lisina pode fornecer uma pele clara e sem acne.

Qual é o melhor suplemento para acne?

Nunca tome suplementos sem a supervisão de um médico, pois o excesso de vitaminas e nutrientes específicos pode afetar sua saúde.

Qual vitamina é melhor para acne hormonal?

As vitaminas B e a vitamina D podem ajudar a controlar a acne hormonal apenas se você tiver deficiência dessas vitaminas.

Fontes

Os artigos no StyleCraze são apoiados por informações verificadas de artigos de pesquisa acadêmica e revisada por pares, organizações de renome, instituições de pesquisa e associações médicas para garantir precisão e relevância. Confira nossa política editorial para mais detalhes.

  1. Lisina https://pubchem.ncbi.nlm.nih.gov/compound/Lysine
  2. Modificações pós-tradução de lisina de colágeno https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3499978/
  3. Fatores que afetam a cicatrização de feridas https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2903966/
  4. Sucesso da terapia com L-lisina na infecção de herpes simplex freqüentemente recorrente. Tratamento e profilaxia https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/3115841/
  5. Proteína e Aminoácidos https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK234922/
  6. Estimativas das necessidades de aminoácidos https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK234922/table/ttt00008/?report=objectonly

Artigos Recomendados

  • Preenchimentos dérmicos para cicatrizes de acne: tudo o que você precisa saber
  • O alho ajuda a acne? O que a ciência diz?
  • Melhores protetores solares para pele com tendência à acne – 13 principais de 2021
  • 15 melhores tratamentos para acne de 2021 para pele impecável

Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Ana Valle

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format