A ansiedade pode causar dor de garganta?


0

Uma enfermeira sente a dor de garganta de uma jovem paciente.

Quando você está se sentindo ansioso, pode perceber que sua garganta dói. Você também pode sentir um aperto, um nó na garganta ou ter dificuldade para engolir.

Embora possamos pensar na ansiedade como um problema de saúde mental ou emocional, ela pode, na verdade, afetar seu corpo de várias maneiras. A dor de garganta é apenas um dos muitos sintomas físicos potenciais.

Vamos examinar mais de perto como a ansiedade pode afetar sua garganta, dicas para evitar que ela aconteça e quando você pode querer consultar um médico.

Qual é a conexão entre ansiedade e sintomas de garganta?

Quando você está sob estresse ou se sentindo ansioso, seu corpo reage liberando adrenalina e cortisol na corrente sanguínea. Além de aumentar a frequência cardíaca e a pressão arterial, a liberação desses hormônios pode levar a uma variedade de respostas físicas, como:

  • respiração rápida e superficial
  • respirando pela boca
  • hiperventilação
  • tosse ansiosa
  • tensão muscular

Isso, por sua vez, pode levar a:

  • dor de garganta
  • garganta seca
  • aperto
  • sensação de queimação na garganta

Quando você está se sentindo tenso ou ansioso, os hormônios do estresse em seu corpo também podem causar os seguintes tipos de problemas de garganta:

Disfonia por tensão muscular

A disfonia por tensão muscular é um problema de coordenação que envolve os músculos e os padrões respiratórios associados à voz. Quando você está estressado, os músculos que controlam sua caixa vocal podem ficar tensos. Isso pode causar rouquidão, uma voz estridente ou a necessidade de forçar sua voz para ser ouvido.

Disfagia

A disfagia é um distúrbio da deglutição que pode ser exacerbado pela ansiedade. Uma perspectiva recente, multicêntrica estude descobriram que a ansiedade visceral é um dos mais fortes preditores da gravidade da disfagia.

Sensação de Globus

Se você tem um nó na garganta, mas não há nada lá, isso é chamado de sensação de globo. Geralmente não é doloroso, mas pode piorar com ansiedade e estresse.

Pesquisas mostram que eventos estressantes da vida geralmente precedem o início dos sintomas. Alguns estudos descobriram que até 96% dos pacientes com sensação de globus relataram piora dos sintomas durante períodos altamente emocionais.

Outros fatores contribuintes

Se acontecer de você ter uma condição que afete sua garganta, como alergias, amigdalite, resfriado comum, refluxo ácido ou DRGE, a ansiedade pode piorar sua dor de garganta e outros sintomas de garganta.

Como saber se a sua dor de garganta é devido à ansiedade ou outra coisa

Se a sua dor de garganta for devido à ansiedade, é provável que ela piore quando você sentir um estresse emocional intenso. Conforme você faz a transição para um estado mais calmo, sua garganta dolorida ou apertada provavelmente começará a aliviar.

Aqui estão alguns outros sinais de que sua dor de garganta pode ser devido à ansiedade:

  • respirando pela boca
  • hiperventilação
  • músculos tensos
  • tosse ansiosa

Sua dor de garganta pode não estar relacionada à ansiedade se continuar a doer quando você se sentir mais calmo. Além disso, pode não ser devido à ansiedade se você tiver sintomas como:

  • amígdalas inchadas
  • congestão nasal
  • uma tosse molhada
  • febre
  • náusea, vômito

  • dores no corpo e dores
  • dor de cabeça
  • fadiga

Como acalmar sua ansiedade

Em momentos de alto estresse, existem medidas que você pode tomar para acalmar sua ansiedade:

  • Concentre-se em respirar lenta e profundamente. Inspire pelo nariz e deixe seus pulmões se encherem completamente. Expire lentamente pela boca. Você pode fazer isso em qualquer lugar a qualquer momento. Se possível, pode ser útil encontrar um lugar tranquilo e confortável para sentar e fechar os olhos enquanto respira profundamente.
  • Dar um passeio. Saia e dê um passeio, prestando atenção ao seu passo e ao seu redor, e não às coisas que o deixam ansioso.
  • Ouça ou toque música. Deixe sua música ou trilha sonora favorita levá-lo embora. Ou passe alguns minutos tocando um instrumento musical.
  • Concentre-se em uma atividade favorita. Distraia-se jogando, decifrando um quebra-cabeça, lendo, assistindo algo que o faça rir ou entregando-se ao seu passatempo favorito.
  • Converse com um amigo. Fale com um amigo ou parente. Se você não puder falar com eles pessoalmente, ligue ou mande uma mensagem.
  • Se muitas coisas estiverem vindo em sua direção ao mesmo tempo, desconecte. Poupe algum tempo desligando o telefone e outros gadgets. Mesmo 15 minutos de silêncio podem ser suficientes para ajudá-lo a se desestressar e se sentir mais calmo.
  • Registre seus pensamentos. Em momentos de estresse ou ansiedade, escrever pode ajudá-lo a classificar suas emoções.

A longo prazo, existem alguns ajustes no estilo de vida que podem ajudá-lo a controlar e reduzir os sentimentos de ansiedade e estresse:

  • Faça exercícios regularmente. Isso não significa treinar para uma maratona ou levantamento de peso na academia. Até mesmo uma caminhada rápida de 10 minutos, alguns alongamentos simples ou uma curta sessão de ioga podem ajudar a acalmar seus nervos estressados.
  • Faça uma dieta saudável e equilibrada. Tente evitar o uso de alimentos para seu conforto. Limite a ingestão de alimentos gordurosos e açucarados e concentre-se em alimentos saudáveis ​​que podem abastecê-lo com os nutrientes de que seu corpo necessita.
  • Evite álcool e tabaco. Beber álcool ou fumar um cigarro pode acalmá-lo no início, mas seus sentimentos de ansiedade podem retornar com força total assim que o efeito passar. Tornar-se dependente do álcool ou do tabaco pode aumentar o estresse e a ansiedade.
  • Reduza a cafeína. Altas doses de cafeína podem aumentar sua ansiedade e até mesmo deixá-lo nervoso. Se você se sentir ansioso depois de beber café, chá ou bebidas energéticas, considere reduzir ou optar por bebidas descafeinadas.
  • Verifique se você está dormindo o suficiente. A falta de sono pode agravar a sensação de ansiedade. Tente criar uma rotina relaxante na hora de dormir, desligue os aparelhos e aparelhos eletrônicos pelo menos uma hora antes de dormir e mantenha seu quarto fresco, escuro e silencioso.
  • Aprenda a meditar. O objetivo da meditação é substituir os pensamentos caóticos em sua mente por uma sensação de calma, concentrando-se no momento presente. Pesquisa mostrou que é uma ferramenta altamente eficaz para a redução do estresse.
  • Experimente exercícios de respiração. Fazer exercícios respiratórios específicos pode ajudar a aliviar alguns dos sintomas associados à ansiedade e ao estresse.
  • Visualize seu lugar feliz. Pintar a imagem de um lugar que o faz sentir relaxado e feliz pode ajudar a acalmar o cérebro e o corpo.
  • Mantenha conexões sociais. Pesquisa demonstrou que ter um bom suporte social pode ajudá-lo a superar momentos estressantes e reduzir o risco de ansiedade.

Como prevenir uma dor de garganta relacionada à ansiedade

Provavelmente será necessário prática, mas você pode impedir o desenvolvimento de dor de garganta. Aqui estão algumas dicas para ter em mente ao primeiro sinal de ansiedade:

  • Você está respirando pela boca? Tente controlar sua respiração inspirando longa e profundamente pelo nariz e expirando pela boca.
  • Sua boca está seca? Tome uma xícara de chá descafeinado ou um copo de água. Ou tente gargarejar com água salgada morna.
  • Seus músculos estão tensos? Experimente exercícios de respiração profunda, alongamentos, meditação ou ioga para aquietar a mente e acalmar o corpo.
  • Você está com tosse ansiosa? Experimente uma pastilha relaxante para a tosse ou uma colher de mel em um copo de água morna.

Quando ver um médico

A ansiedade ocasional devido ao estresse não é incomum e não requer uma visita ao seu médico, especialmente se você não tiver outros sintomas.

No entanto, consulte seu médico se:

  • Você freqüentemente se sente estressado demais ou pensa que está tendo ataques de ansiedade.
  • A ansiedade está interferindo em sua capacidade de funcionar ou de conduzir sua vida diária.
  • Você tem sintomas físicos que o preocupam.

Lembre-se de que é possível sentir ansiedade e dor de garganta causada por outra coisa. Se você está preocupado com sua dor de garganta e acha que pode ser devido a outra condição que não seja ansiedade, vale a pena fazer um diagnóstico para que possa iniciar o tratamento necessário.

O resultado final

A ansiedade pode causar muitos sintomas físicos, incluindo dor de garganta. Quando você se sente ansioso, seu corpo libera adrenalina e cortisol. Além de aumentar a frequência cardíaca e a pressão arterial, esses hormônios também podem fazer com que você respire rápido e superficialmente pela boca. Seus músculos também podem ficar tensos. Isso pode causar dor de garganta ou aperto na garganta.

Sua dor de garganta pode não estar relacionada à ansiedade se continuar a doer quando você se sentir mais calmo. Além disso, pode não ser devido à ansiedade se você tiver outros sintomas, como congestão nasal, febre, tosse, dores no corpo ou amígdalas inchadas.

Se você estiver preocupado com sua ansiedade ou acreditar que sua dor de garganta pode ser causada por algo totalmente diferente, consulte seu médico. A ansiedade e os sintomas de ansiedade podem ser tratados e gerenciados com eficácia.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format