6 maneiras de renovar seu cérebro


0

Os especialistas ainda precisam determinar os limites das habilidades do cérebro. Alguns acreditam que talvez nunca os compreendamos totalmente. Mas as evidências apóiam a existência de um de seus processos mais importantes: a neuroplasticidade.

“Neuroplasticidade” refere-se à capacidade do cérebro de se reestruturar ou religar quando reconhece a necessidade de adaptação. Em outras palavras, ele pode continuar se desenvolvendo e mudando ao longo da vida.

Por exemplo, se um trauma cerebral após um acidente de carro afetar sua capacidade de falar, você não perdeu necessariamente essa capacidade de forma permanente. A terapia e a reabilitação podem ajudar seu cérebro a reaprender essa habilidade, reparando caminhos antigos ou criando novos.

A neuroplasticidade também parece promissora como impulsionadora de um potencial tratamento para certas condições de saúde mental.

Especialistas acreditam os padrões de pensamentos negativos que ocorrem com a depressão, por exemplo, podem resultar de processos de neuroplasticidade interrompidos ou prejudicados. Os exercícios que promovem a neuroplasticidade positiva, então, podem ajudar a “reescrever” esses padrões para melhorar o bem-estar.

Reconfigurar seu cérebro pode parecer muito complicado, mas é absolutamente algo que você pode fazer em casa.

1. Jogue videogame

Sim, você leu certo.

O debate sobre os benefícios e riscos potenciais dos videogames pode ser bastante controverso, mas se você gosta de jogos, há boas notícias: Pesquisa sugere que esse hobby pode ter muitos benefícios cognitivos.

Os benefícios associados aos jogos incluem melhorias em:

  • coordenação motora
  • reconhecimento visual e navegação espacial
  • memória e tempo de reação
  • raciocínio, tomada de decisão e habilidades de resolução de problemas
  • resiliência
  • cooperação e participação da equipe

Resumindo, quando você joga videogame, você ensina novas habilidades ao seu cérebro. Esses efeitos podem melhorar sua jogabilidade, com certeza, mas também são transferidos para o resto da sua vida:

  • Aprender a se recuperar de falhas em um jogo pode ajudá-lo a se recuperar de contratempos.
  • Explorar diferentes soluções para uma tarefa em um jogo pode ajudar a aprimorar o pensamento criativo.

Jogos diferentes, benefícios diferentes

De acordo com um Revisão de 2019, diferentes tipos de jogos podem oferecer diversos benefícios:

  • Os jogos de aventura 3-D pareciam contribuir para melhorias na memória, solução de problemas e reconhecimento de cena.
  • Os jogos de quebra-cabeça ajudam a aumentar as habilidades de resolução de problemas, a conectividade do cérebro e a previsão espacial.
  • Jogos de ritmo, como jogos de dança ou exercícios, podem ajudar a melhorar a memória visuoespacial e a atenção.

Esses efeitos parecem começar após cerca de 16 horas de jogo. Isso não significa que você precise jogar por 16 horas de uma vez, é claro – isso não é recomendado.

Mas adicionar algumas horas de jogo semanalmente ao seu tempo de lazer pode ser uma ótima maneira de melhorar a neuroplasticidade.

2. Aprenda um novo idioma

Já pensou em estudar outro idioma? Talvez você tenha pensado que um segundo (ou terceiro) idioma poderia impulsionar suas oportunidades de carreira, ou você queria aprendê-lo apenas por diversão.

Em qualquer caso, você estaria fazendo um grande favor ao seu cérebro. Existem muitas evidências que sugerem que a aquisição de uma nova linguagem melhora a função cognitiva.

Aumente a massa cinzenta …

Em um estudo de 2012, os pesquisadores analisaram 10 estudantes de intercâmbio que eram falantes nativos de inglês e estudavam alemão na Suíça. Após 5 meses de estudo intensivo do idioma, sua proficiência em alemão aumentou – e também a densidade de massa cinzenta em seus cérebros.

A matéria cinzenta abriga muitas regiões importantes em seu cérebro, incluindo áreas associadas a:

  • língua
  • atenção
  • memória
  • emoções
  • habilidades motoras

O aumento da densidade da massa cinzenta pode melhorar sua função nessas áreas, especialmente com o envelhecimento.

Na verdade, acredita-se que o bilinguismo pode oferecer alguns benefícios de proteção contra o declínio cognitivo. Aprender uma língua em qualquer fase da vida pode ajudar a desacelerar o declínio futuro relacionado à idade, incluindo sintomas de demência.

Outro estudo de 2012 encontrou evidências para apoiar a ideia de que aprender um novo idioma aumenta a densidade da massa cinzenta e a neuroplasticidade.

Após 3 meses de estudo intensivo de um novo tópico, 14 intérpretes adultos viram aumentos na densidade da matéria cinzenta e no volume do hipocampo. O hipocampo desempenha um papel importante na recuperação da memória de longo prazo.

… e matéria branca

De acordo com Pesquisa 2017, aprender uma segunda língua na idade adulta também pode fortalecer a substância branca, o que ajuda a facilitar a conectividade do cérebro e a comunicação entre diferentes regiões do cérebro.

Estudar um novo idioma em qualquer idade pode levar a:

  • habilidades mais fortes de resolução de problemas e pensamento criativo
  • vocabulário melhorado
  • maior compreensão de leitura
  • maior capacidade de multitarefa

Você pode ter ouvido falar de programas e aplicativos online como Rosetta Stone, Babbel e Duolingo, mas também pode estudar idiomas de outras maneiras.

Vá até a livraria local de segunda mão para comprar livros ou verifique se há livros e CDs em sua biblioteca.

Seja qual for o método que você escolher, tente mantê-lo por pelo menos alguns meses, mesmo que você faça apenas 10 ou 15 minutos de estudo por dia.

3. Faça alguma música

A música tem vários benefícios para o cérebro. Pode ajudar a melhorar o seu:

  • humor
  • capacidade de aprender e lembrar novas informações
  • concentração e foco

A musicoterapia também parece ajudar a desacelerar o declínio cognitivo em adultos mais velhos.

A pesquisa de 2017 sugere que a música, especialmente quando combinada com dança, arte, jogos e exercícios, ajuda a promover a neuroplasticidade.

Pode melhorar o movimento e a coordenação e pode ajudar a fortalecer as habilidades de memória. Mas não apenas ajuda a prevenir declínio cognitivo adicional. Também pode ajudar a aliviar o estresse emocional e melhorar a qualidade de vida.

De acordo com uma revisão de 2015, o treinamento musical também tem benefícios como exercício de neuroplasticidade.

Aprender a tocar música na infância pode ajudar a proteger contra o declínio cognitivo relacionado à idade e levar a um melhor desempenho cognitivo na idade adulta, por exemplo.

Pesquisa também sugere que os músicos costumam ter:

  • melhor percepção de áudio e visual
  • maior foco e atenção
  • melhor memoria
  • melhor coordenação motora

Nunca é tarde para aprender um instrumento. Tutoriais online podem ajudá-lo a começar, especialmente se você não quiser gastar muito com as aulas.

Verifique os seus anúncios classificados locais para instrumentos usados ​​ou experimente opções baratas como um ukulele, gaita ou teclado (como um bônus adicional, muitas pessoas acham esses instrumentos muito fáceis de aprender).

Não é muito musical? Isso está ok! Até ouvir música com mais regularidade pode ajudar a aumentar a neuroplasticidade cerebral. Portanto, ative sua lista de reprodução favorita – é bom para o seu cérebro.

4. Viagem

Se você gosta de viajar, aqui está mais um motivo para sair e explorar um lugar novo: Viajar pode ajudar a aumentar a flexibilidade cognitiva, inspirar você e aumentar a criatividade.

Experimentar novos cenários e arredores também pode ajudá-lo a aprender sobre diferentes culturas e se tornar um melhor comunicador, o que pode trazer benefícios cognitivos adicionais.

Visitar novos lugares também pode ajudar a ampliar sua visão geral do mundo, o que pode ajudar a abrir sua mente e dar-lhe uma nova perspectiva sobre coisas mais próximas de casa, como objetivos de carreira, amizades ou valores pessoais.

Se você não pode sair para o mundo mais amplo agora, não se preocupe. Você ainda pode fazer uma viagem para mais perto de casa.

Tentar:

  • dando uma longa caminhada por um novo bairro
  • fazendo suas compras em outra parte da cidade
  • indo para uma caminhada
  • viagem virtual (comece com a viagem virtual da National Geographic no YouTube)

5. Exercício

A maioria das pessoas reconhece que o exercício oferece uma série de benefícios físicos:

  • músculos mais fortes
  • melhor condicionamento físico e saúde
  • melhor dormir

Mas a atividade física também fortalece seu cérebro. Os exercícios – exercícios aeróbicos em particular – podem levar a melhorias nas habilidades cognitivas, como aprendizado e memória.

De acordo com um revisão da literatura de 2018, os exercícios também ajudam a melhorar a coordenação motora fina e a conectividade cerebral, e podem proteger contra o declínio cognitivo.

Outro benefício da atividade física como exercício de neuroplasticidade? Ajuda a promover o aumento do fluxo sanguíneo e o crescimento das células cerebrais, que as pesquisas relacionam à redução dos sintomas de depressão.

Se você se exercitar com outra pessoa ou em um grupo maior, provavelmente verá alguns benefícios sociais também.

Fortes conexões sociais melhoram a qualidade de vida e o bem-estar emocional, portanto, interagir com outras pessoas com mais regularidade pode ser outra ótima maneira de melhorar a saúde do cérebro e ajudar a aliviar os sintomas de ansiedade e depressão.

As recomendações de exercícios podem variar, dependendo de sua idade, habilidade e saúde, mas é uma boa ideia fazer pelo menos um pouco de atividade todos os dias.

6. Faça arte

Criar arte pode ajudá-lo a ver o mundo de maneiras novas e exclusivas. Você pode usar a arte para classificar e expressar emoções, compartilhar experiências pessoais ou obter uma visão mais profunda das lutas pessoais, por exemplo.

Pesquisas de 2015 sugerem que formas de arte, como desenho e pintura, beneficiam diretamente seu cérebro, aumentando a criatividade e melhorando as habilidades cognitivas.

Atividades artísticas também podem ajudar a criar novos caminhos e fortalecer as conexões existentes em seu cérebro, levando a uma melhor função cognitiva geral.

Sem experiência artística? Sem problemas. Como muitas habilidades, as habilidades artísticas geralmente melhoram com o tempo e a prática.

O YouTube oferece muitos tutoriais de pintura, e sua biblioteca local (ou qualquer livraria) provavelmente terá livros sobre desenho ou esboço para pessoas de qualquer nível de habilidade.

Abraçar desfocando

Até mesmo rabiscos simples podem oferecer benefícios para o cérebro, ativando a rede de modo padrão do cérebro, que permite que seu cérebro desfoque brevemente.

Esse tempo de inatividade mental ocasional está diretamente relacionado à neuroplasticidade. Deixar seu cérebro descansar pode:

  • melhorar a criatividade
  • interromper hábitos indesejados
  • ajudá-lo a encontrar novas soluções para problemas

Então, da próxima vez que você estiver esperando por algo com as mãos vazias, pegue uma caneta e comece a rabiscar.

A arte também pode ajudar a promover o relaxamento, portanto, considere reservar um tempo para a arte em sua semana. Envolva seu parceiro e sua família também – todos se beneficiam aqui.

O resultado final

Os especialistas acreditavam que, após um determinado momento da vida, seu cérebro não poderia mais mudar ou se desenvolver mais. Agora eles sabem que isso não é verdade.

Com um pouco de tempo e paciência, você pode reconectar seu cérebro, o que pode ajudar com certos sintomas de saúde mental e proteger contra o declínio cognitivo.


Crystal Raypole já trabalhou como escritor e editor da GoodTherapy. Seus campos de interesse incluem línguas e literatura asiáticas, tradução para o japonês, culinária, ciências naturais, positividade sexual e saúde mental. Em particular, ela está empenhada em ajudar a diminuir o estigma em torno de questões de saúde mental.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format