5 exercícios que facilitam as articulações que me ajudam a permanecer ativo durante as minhas piores crises de artrite psoriática


0

Luis Velasco / Stocksy United

Um surto de artrite psoriática (APs) às vezes pode ser suficiente para me fazer querer rastejar para a cama e esquecer de ir para a academia. Mas acho que sempre sou melhor quando sou capaz de lidar com a inflamação e as dores nas articulações de maneira inteligente.

Ao considerar os melhores exercícios para a dor da artrite psoriática, o foco é menos o exercício específico do que as características do exercício e como ele pode maximizar o desempenho articular, ao mesmo tempo que minimiza a dor articular na área afetada.

Minha dor de artrite psoriática percorre meu corpo com bastante frequência, o que dificulta o estabelecimento de uma rotina de exercícios físicos rígidos e rápidos. Entendendo que tenho que trabalhar com meu corpo, ao invés de contra ele, foi a chave para me manter ativo mesmo durante as piores erupções.

Na verdade, de acordo com Christopher F. Raynor, MD, um cirurgião ortopédico da University of Ottawa Sports Medicine, os exercícios ideais podem e devem mudar com base na sua dor atual. No entanto, toda rotina deve incluir movimentos que ajudem a desenvolver e manter uma amplitude completa de movimento da articulação em particular que está sendo exercitada (especialmente se isso tende a causar problemas).

Além disso, os exercícios devem promover e manter a força adequada dos músculos que circundam a articulação afetada, de modo que, quando você tiver um surto, a área ao redor possa ajudar a compensar a dor e facilitar os movimentos regulares.

“Os exercícios devem permitir o desenvolvimento de força em toda a amplitude de movimento da articulação para maximizar a mobilidade da articulação”, diz Raynor. “Em articulações que suportam peso, como joelhos, quadris e tornozelos, os exercícios devem minimizar a quantidade de impacto utilizada.”

“Isso não quer dizer que os exercícios de impacto devam ser evitados completamente, mas sim que deve-se tomar cuidado para evitar impactos desnecessários no cenário de lesões pré-existentes ou alterações degenerativas”, acrescenta.

Descobri que a chave é adaptar meus exercícios às necessidades do meu corpo – mesmo que em alguns dias eu prefira correr do que apenas praticar exercícios de força ou ioga.

Fazer muito de uma vez pode ser contraproducente, ao passo que lidar com a minha dor com esses exercícios que ajudam nas articulações resultou em crises menos dolorosas e em uma rotina de exercícios muito mais abrangente.

Ioga quando todo o meu corpo está rígido

As primeiras horas do dia são sempre difíceis quando você tem dores nas articulações, mas descobri que uma rotina de alongamento consistente é uma das maneiras mais fáceis (mais livres de dor) de soltar as articulações rígidas sem colocar muita pressão sobre elas .

Recentemente, comecei a fazer uma prática de ioga matinal de 5 minutos assim que acordo para ajudar a eliminar minha dor nas articulações da manhã o mais rápido possível, e isso faz maravilhas.

A ioga pode ser um ótimo exercício para qualquer pessoa com problemas nas articulações, pois ajuda a promover mais flexibilidade enquanto fortalece suavemente os músculos de todo o corpo. A Arthritis Foundation também incentiva as pessoas com dores nas articulações a praticar ioga regularmente, pois está comprovado que diminui o estresse em pessoas com dores crônicas.

Costumo procurar aulas que visam reduzir a inflamação geral, como ioga quente, mas evito qualquer coisa que envolva posturas extenuantes com foco no equilíbrio que possam colocar estresse desnecessário nas articulações.

Mat Pilates quando meus tornozelos estão dilatados

Assim como a ioga, o Pilates pode aumentar força muscular e melhora a flexibilidade, mas sem colocar pressão nas articulações ou causar desconforto.

Eu adoro fazer uma aula de Pilates no solo quando meus tornozelos e dedos do pé estão dilatados, mas ainda estou desejando um treino mais intenso. Eu normalmente sigo uma aula online de baixo impacto (minha favorita é BBFIT de Bailey Brown), mas há muitas aulas de Pilates de baixo impacto disponíveis na maioria das academias locais se você preferir um senso de comunidade.

Sua academia local pode não anunciar que as aulas são adequadas para APs, mas eles saberão quais aulas ou fluxos serão menos desafiadores para articulações sensíveis.

HIIT de pé quando minhas mãos não me deixam fazer ioga

Por envolver cardio intenso, o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) não será sua melhor aposta se você tiver dores regulares nos tornozelos ou joelhos. Mas é uma ótima maneira de sair do chão e dar uma pausa nas mãos e nos cotovelos.

Muitos exercícios HIIT podem ser feitos totalmente em pé, sem usar as mãos, mas você deve estar atento a qualquer salto ou corrida repetitiva se tiver alguma inflamação nos joelhos ou tornozelos. Eu sempre uso sapatos com suporte adicional e pulo qualquer salto excessivo, mesmo que meus tornozelos estejam bem naquele dia.

Pedalar quando meus cotovelos e ombros estão doloridos

O ciclismo pode proporcionar um excelente treino sem colocar muita pressão nas articulações, especialmente se você investir em shorts de ciclismo acolchoados.

Gosto de puxar minha bicicleta ergométrica sempre que meus cotovelos ou ombros estão inflamados. Também é uma ótima opção para dar aos seus pés e tornozelos uma folga dos exercícios de suporte de carga.

O único problema com o ciclismo é que é importante não exagerar, pois isso pode causar ainda mais danos do que quando você começou. Vá devagar e não treine demais – mesmo se estiver indo em um ritmo lento.

Dor abdominal e queda no desempenho são possíveis sinais de overtraining. Descobri que uma boa regra geral é manter treinos de 45 minutos no máximo 3 vezes por semana.

Rolamento de espuma para alívio geral

Eu adoro espuma rolar depois de um treino particularmente suado, mas também é ótimo praticar durante um surto de artrite psoriática para um alívio imediato da tensão e mobilidade limitada.

“Talvez a melhor coisa que o rolo de espuma faça para os músculos seja liberá-los para fazer seu trabalho”, explica Joy Puleo, PMA-CPT, fundadora da Body Wise Connection, uma organização sem fins lucrativos que ajuda mulheres com dor crônica a restaurar a autoconsciência física por meio de Movimentos baseados em Pilates.

“Ao liberar os tecidos amarrados ou rígidos, os músculos e tecidos circundantes ao redor das articulações têm acesso a uma maior amplitude de movimento”, diz Puleo.

Como explica Puleo, os músculos são circundados e sustentados por um tecido conjuntivo denominado fáscia. Esse tecido é parte da teia tridimensional que ajuda a nos manter unidos.

Quando esse tecido perde sua elasticidade ou fica rígido ou tenso, os músculos dentro dele são afetados. Quando o tecido conjuntivo fica preso, apertado ou rígido, nutrientes importantes, hidratação, fluxo sanguíneo e circulação podem ser restringidos.

De acordo com Puleo, o rolamento é uma forma ativa de quebrar parte da rigidez mecânica do tecido conjuntivo, o que pode ajudar a aumentar a circulação, aumentar a hidratação e nutrição dos tecidos, liberar a tensão, aumentar a propriocepção e a amplitude de movimento articular e ajudar a reduzir a dor no corpo.

O takeaway

Quer se trate de um treino de HIIT de corpo inteiro ou simplesmente permitindo que meu corpo se incline para os benefícios de alguns minutos de espuma suave ou ioga durante um surto particularmente forte, reservando um tempo para mover-se em qualquer capacidade que minhas articulações permitam. uma nova sensação de controle sobre minha doença.

Também me ajudou a promover uma relação mais saudável com a boa forma, o que não apenas ajuda a reduzir a dor e a inflamação, mas também faz maravilhas pela minha saúde mental e bem-estar geral.


Kaitlyn McInnis é uma escritora de viagens internacionais e estilo de vida que mora em Montreal, Quebec. Seu trabalho apareceu na Travel + Leisure, Forbes, The Points Guy, Tatler Asia e em muitas outras publicações comerciais e de consumo em todo o mundo. Normalmente, você pode encontrá-la lendo ou escrevendo no saguão de um hotel ou no Instagram.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format