10 maneiras pelas quais cantar beneficia sua saúde


0

Um grupo de pessoas cantando juntas em um ambiente ao ar livre.
FG Trade / Getty Images

As pessoas adoram cantar. Quer consigam cantar ou não, as pessoas parecem compreender que há algo positivo – algo saudável – no ato de elevar a voz na música.

Na verdade, há evidências científicas sólidas para provar que cantar é, de fato, bom para o corpo e a mente.

Neste artigo, examinaremos mais de perto como o canto pode beneficiar sua saúde física e mental e como usar a assinatura como forma de terapia

Quais são os benefícios de cantar?

Décadas de pesquisa mostraram que cantar individualmente e em grupos é bom para você em muitos níveis.

Aqui, de acordo com a ciência, estão os 10 principais benefícios de elevar sua voz na música.

1. Alivia o estresse

Cantar parece aliviar o estresse. Um estudo de 2017 mediu a quantidade de cortisol, o hormônio do estresse, na saliva dos participantes antes e depois de cantarem.

Os pesquisadores desse estudo descobriram que a quantidade de cortisol era menor depois de cantar, uma indicação de que as pessoas se sentiam mais relaxadas depois de entoar uma música.

Eles também descobriram que cantar reduz os níveis de estresse, estejam os participantes cantando em grupo ou sozinhos.

Porém, há um pequeno problema: o cortisol só desce se você estiver cantando em um lugar que não o deixe ansioso. Um estudo semelhante de 2015 testou os níveis de cortisol salivar após uma apresentação de canto, descobrindo que os níveis de cortisol aumentaram neste cenário.

2. Estimula a resposta imunológica

Existem algumas evidências de que cantar pode estimular seu sistema imunológico e ajudá-lo a combater doenças.

UMA Estudo de 2004 comparou os efeitos de cantar com os efeitos de simplesmente ouvir música. Em duas sessões separadas, os sujeitos da pesquisa cantaram ou ouviram música.

Aqueles que cantavam apresentavam níveis mais altos de imunoglobulina A, um anticorpo que seu corpo secreta para ajudar a evitar infecções. Ouvir música (sem cantar junto) reduziu os hormônios do estresse, mas não estimulou o sistema imunológico do corpo.

3. Aumenta o limiar de dor

Quando você canta em um grupo, seja um grande coro ou um grupo menor, o ato de cantar coletivamente faz com que seu corpo libere endorfinas. Esse hormônio pode ajudar a promover sentimentos positivos e até mesmo mudar sua percepção da dor.

Um estudo de 2012 descobriu que cantar, tocar bateria e dançar em um grupo desencadeia a liberação de hormônios que aumentam sua tolerância à dor de uma forma diferente de ouvir música.

Os pesquisadores observam que os sentimentos de conexão social, mais do que a música em si, parecem estar por trás do aumento da tolerância à dor.

4. Pode melhorar o ronco

O canto regular pode mudar a maneira como você respira, mesmo quando não está cantando. Pesquisadores em um estudo de 2008 entrevistaram os cônjuges dos membros do coral, junto com os cônjuges de pessoas que não cantam.

Os pesquisadores descobriram que significativamente menos membros do coro roncavam. Isso os levou a recomendar o canto regular como um tratamento potencial para o ronco.

Estudos também mostraram que pessoas que tocam instrumentos de sopro também roncam menos do que a população em geral.

Essas descobertas levaram alguns especialistas a sugerir que cantar e tocar instrumentos de sopro pode ser útil para pessoas com apnéia obstrutiva do sono (AOS).

5. Melhora a função pulmonar

Como o canto envolve respiração profunda e o uso controlado dos músculos do sistema respiratório, pode ser benéfico para certas condições pulmonares e respiratórias.

Estudos têm mostrado que as técnicas de respiração usadas para cantar podem oferecer benefícios para pessoas com as seguintes condições:

  • distúrbio pulmonar obstrutivo crônico (DPOC)
  • asma
  • fibrose cística
  • Câncer
  • esclerose múltipla
  • tetraplegia

Embora o canto não trate ou cure nenhuma dessas doenças, você pode se beneficiar ao ganhar força nos músculos respiratórios.

Cantar também aumenta a quantidade de oxigênio no sangue, mostram as pesquisas. Além dos benefícios pulmonares, os cantores também apresentam melhora do humor e um maior senso de conexão social.

6. Desenvolve um sentimento de pertença e conexão

Quando você canta junto com outras pessoas, é provável que sinta o mesmo tipo de camaradagem e vínculo que os jogadores de equipes esportivas experimentam.

Em um Estudo de 2014 envolvendo 11.258 crianças em idade escolar, os pesquisadores descobriram que as crianças em um programa de canto e engajamento musical desenvolveram um forte senso de comunidade e inclusão social.

Em um estudo de 2016 envolvendo 375 participantes adultos, os pesquisadores descobriram que pessoas que cantaram juntas em um grupo relataram uma maior sensação de bem-estar e conexão significativa do que pessoas que cantaram sozinhas.

Um dos neuroquímicos liberados quando as pessoas se sentem unidas é a oxitocina, também conhecida como hormônio do amor.

O canto espontâneo e improvisado faz com que seu corpo libere esse hormônio da sensação de bem-estar, que pode ajudar a aumentar a sensação de conexão e inclusão.

7. Melhora a memória em pessoas com demência

Pessoas com doença de Alzheimer e outros tipos de demência sofrem uma perda gradual de memória. Estudos mostraram que pessoas com essas condições eram capazes de lembrar as letras das músicas com mais facilidade do que outras palavras.

Em um canto estude pela Fundação de Alzheimer, os participantes disseram que era “bom ser capaz de se lembrar de algo”.

No entanto, os cantores descobriram que se lembravam de mais do que apenas as letras. Para alguns, cantar canções familiares de repente trouxe de volta memórias de vida que haviam esquecido também.

Os pesquisadores descobriram que cantar canções aprendidas em uma idade mais jovem causou um retorno espontâneo de detalhes autobiográficos para muitas pessoas.

8. Ajuda no luto

Cantar em grupo não ajuda apenas com a dor física; também pode ajudar com a dor emocional que você sente depois de perder alguém que ama.

Em um estudo de 2019 realizado entre pessoas que lidam com o luto, os pesquisadores descobriram que para aqueles que cantavam em um coral, os sintomas de depressão não pioravam com o tempo e sua sensação de bem-estar permaneceu estável.

Na verdade, os cantores do coral sentiram uma melhora gradual em sua autoestima durante e após o estudo de 12 semanas. Aqueles no grupo controle que não participaram da intervenção de canto não relataram esse benefício.

Os pesquisadores concluíram que o canto em grupo pode ser uma boa opção para pessoas que precisam de apoio adicional durante um período de luto.

9. Melhora a saúde mental e o humor

Um estudo de 2018 feito no Reino Unido avaliou 20 pessoas em um programa de canto conhecido como projeto Sing Your Heart Out. Os participantes incluíram pessoas com problemas de saúde mental, bem como o público em geral.

Os pesquisadores descobriram que os participantes relataram melhorias em sua saúde mental, humor, sensação de bem-estar e sentimento de pertencimento como resultado dessas oficinas de canto.

10. Ajuda a melhorar as habilidades de fala

Décadas atrás, os cientistas começaram a pesquisar os efeitos do canto entre pessoas que têm dificuldade para falar devido a uma condição neurológica.

Até a presente data, pesquisadores descobriram que cantar melhora a habilidade de falar para pessoas com:

  • autismo
  • Mal de Parkinson
  • afasia após um derrame

  • engasgando

Cantar estimula várias áreas do cérebro ao mesmo tempo. Isso pode permitir que pessoas com deficiência em uma parte do cérebro se comuniquem usando outras áreas do cérebro.

Cantar também pode prolongar os sons de cada palavra, o que pode tornar mais fácil pronunciá-los.

Cantar também torna mais fácil incorporar batidas de mão, um método que pode ajudar as pessoas a manter ritmos de fala que, de outra forma, seriam desafiadores.

Você consegue cantar com segurança na era do COVID-19?

Como o SARS-CoV-2, o coronavírus que causa o COVID-19, é conhecido por se espalhar através de partículas respiratórias, as autoridades de saúde pública alertaram contra eventos em que as pessoas cantam coletivamente.

Pesquisadores atualmente aconselham os organizadores a manter os ensaios curtos, pequenos e, idealmente, remotos. Eventos maiores e mais longos provavelmente serão problemáticos por enquanto.

O uso de máscaras, locais ao ar livre e distanciamento físico pode ajudar, mas não é uma garantia de que o vírus que causa o COVID-19 não se espalhará quando as pessoas se encontrarem para cantar pessoalmente.

A pesquisa sobre este fenômeno relativamente novo está sendo continuamente atualizada.

Healthline

Outros tipos de musicoterapia

Desde os tempos antigos, filósofos, médicos, artistas e terapeutas encorajaram o uso da música por seus muitos benefícios à saúde.

Além de cantar, outras formas de musicoterapia podem incluir:

  • tocando um instrumento
  • dançando musica
  • ouvindo música

Essas formas de música ou terapia de som demonstraram melhorar a saúde física e mental de várias maneiras. Você não precisa ser bom em cantar, dançar ou tocar música para colher os benefícios, que incluem:

  • níveis de estresse mais baixos
  • diminuição da dor
  • humor melhorado
  • menos fadiga
  • maior conexão social

Como incorporar canto ou musicoterapia em sua vida

Não tem certeza de como começar? Aqui estão algumas maneiras de aquecer:

  • Faça um passeio sinuoso – apenas você, a estrada e o rádio.
  • Pule no chuveiro, onde a acústica é superior, e cante todas as suas músicas favoritas.
  • Cante com seus filhos. Você vai criar memórias que todos podem apreciar.
  • Experimente um festival de música. Alguns oferecem canções em grupo como parte da programação do evento.
  • Procure um coro, coro ou círculo musical local e descubra quando você pode entrar.
  • Se você quiser cantar com mais confiança antes de entrar em um grupo, reserve uma ou duas aulas com um instrutor de canto.
  • Para aulas de canto gratuitas, verifique as várias sessões de treinamento no YouTube.
  • Se você estiver interessado em musicoterapia para ajudá-lo a lidar com uma condição de saúde ou a se recuperar de um trauma, procure um musicoterapeuta certificado perto de você.

O takeaway

A pesquisa mostrou que cantar pode ser bom para você em muitos níveis. Pode ajudar a diminuir o estresse, aumentar a imunidade e a função pulmonar, melhorar a memória, melhorar a saúde mental e ajudá-lo a lidar com a dor física e emocional.

Uma das melhores coisas de cantar é que você não precisa ser bom nisso para colher os frutos. Você pode cantar sozinho no chuveiro ou ouvir suas músicas favoritas no rádio. Ou você pode ingressar em um coral ou grupo de canto para obter ainda mais benefícios, como conexão e sentimento de pertencimento.


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win

0 Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format